O que pensa Aluízio


NO PARAÍSO DA TRAMBICAGEM

Alquimia dos frigoríficos faz

frango raquítico virar peru

No vídeo acima uma ótima reportagem da Band News denuncia os frigoríficos botocudos que estão acescentando água no frango para fazer com que seu peso aumente.

O órgão regulador admite que o produto, em razão do próprio processamento industrial, possa conter não mais do que 6% de água. Mas a reportagem da Band comprova que um frangote mirrado pode se transformar num puta frango depois de ser generosamente hidratado.

 

O funcionário de um frigorítico revela à reportagem que o animal entra como frango e sai como peru.

 

Neste caso o consumidor é lesado e enganado de forma perversa. O Ministério Público avisou que vai abrir uma investigação.

 

Mas depois que o Brasil teve a desgraça de levar Lula e seus sequazes ao poder ninguém acredita em mais nada.

 

Até hoje, por exemplo, não se sabe se o leite que é vendido por aí é leite mesmo ou uma beberagem que incluí água oxigenada e soda cáustica.

 

Um fato importante a ser observado é que de repente, sem que ninguém tenha notado, não se fala mais nos famosos programas da qualidade e implantação de normas ISO nas empresas brasileiras. Está aí uma boa reportagem para essas revistas que se ocupam de endeusar empresas e empresários.

 

Algum consultor da qualidade por aí para explicar? Os comentário estão democraticamente abertos. (Caracas! dá uma vontade danada de começar a contar algumas histórias desses empresários porcalhões e mentirosos. Mas vou esperar as eleições...hehehehe).

 

Petralhas que gostam de comer frangos aguados são dispensados de comentar.



Escrito por Aluizio Amorim às 02h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 00h55
[   ] [ envie esta mensagem ]




SÓ MESMO NO BRASIL

Fique ligado. Não caia na

malandragem dos clones.

Quando você for abastecer o seu veículo num posto da Petrobras (Argh!) preste bem a atenção para a logomarca. O posto que está nesta foto aí parece que é da BR, bandeira da Petrobras.

 

Mas se você prestar bem a atenção verá que o logotipo quer dizer 13R. O número “1” está na forma de uma barra simples, colada ao número 3, seguido do “R”, o que dá a impressão que é BR. Mas não é. O logo correto é este:

Trata-se daquilo que denominam “posto clonado” e normalmente a gasolina que vendem é “batizada” com solventes e outras misturas que os botocudos preparam em suas próprias “destilarias”.

 

O engraçado é que o nome do posto é sugestivo. Traz o número 13.

 

Neste país botocudo, todo o cuidado é pouco. Brasileiro é muito inteligente apenas para arquitetar malandragens e enganar as pessoas. Os brasileiros, em sua maioria não prestam. O botocudismo é genético. Estou absolutamente convencido disso.

 

A alegre diversidade tão festejada pelos politicamente corretos fez aparecer em meio aos humanos seres botocudos.

 

Eles não apareceram apenas no Brasil, mas em todos os quadrantes da Terra. Entretanto, parece que por aqui o índice de botocudos é de quase 100%.

 

Para sua segurança, sempre que puder abasteça em postos de grandes multinacionais americanas e inglesas, como Shell, Esso e Texaco.



Escrito por Aluizio Amorim às 16h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




SAIA JUSTA

STF terá de decidir se irá

ouvir Lula sobre mensalão

Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão no STF, terá de tomar uma decisão delicada: caberá ao ministro decidir se Lula deve ou não depor sobre o escândalo que sacudiu o governo dele em 2005.

 

Deve-se a saia justa ao deputado cassado Roberto Jefferson (PTB-RJ). Acomodado no banco dos réus, Jefferson decidiu arrolar Lula como sua testemunha.

 

Vamos ver.



Escrito por Aluizio Amorim às 15h38
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 15h04
[   ] [ envie esta mensagem ]




É O LIXO OCIDENTAL

Governo aproveita insanidade

botocuda para faturar mais

O governo aproveita a violência no trânsito de veículos para enfiar a mão no bolso dos cidadãos. A primeira medida para coibir a loucura botocuda será aumentar o valor das multas.

 

Primeiro foi essa picaretagem de cursinhos Walita para conscientização dos motoristas que tiverem de renovar a carteira. Nesta aí, fatura o governo recolhendo taxas para a renovação da carteira enquanto seus amiguinhos mandam ver cobrando elevadas somas para ensinar a macacada a passar no teste.

 

Ambas as medidas não funcionam. Esses chimpanzés que atendem pela designação de brasileiros são incapazes de mascar chicletes e andar ao mesmo tempo. Agora imaginem pilotando um veículo?

 

Essa história de conscientização é bobagem. Botocudos não têm consciência. O que falta é descer o sarrafo e cassar a carteira dos infratores.

 

Não conheço detalhes das estatísticas, mas seguramente grande parte dos acidentes decorre do fato do motorista estar embriagado. Outro tanto pelo fato de dirigir em alta velocidade e cometer toda a sorte de imprudência.

 

Outro fato: não há fiscalização e nem policiamento de trânsito. Aqui em Florianópolis criaram uma Guarda Municipal que é uma vergonha. Um cabide de emprego. Os guardinhas andam todos engomadinhos, óculos escuros, usando motos e carros novinhos e não fazem porra nenhuma, a não ser lavrar autos de multa.

 

A BR-101 está em frangalhos. A duplicação, construída a pau e corda na época de FHC não teve suas obras concluídas. A coisa ficou tão perigosa que o governo petralha mandou tapar alguns buracos.

 

Não se vê policiamento nas ruas. E olha que Florianópolis, apesar de ter crescido muito nos últimos tempos, ainda é uma das menores capitais do país em população, embora o número de veículos seja assustador. O botocudo é uma espécie fanática por automóvel.

 

A propósito o jornal O Estado de São Paulo traz nesta quarta-feira um editorial em que denuncia a esculhambação do governo na área do trânsito. O título: Ataque aos bolsos dos motoristas.

 

A abordagem está corrreta. O editorialista faz um sucinto apanhado da atual legislação que já está em vigor há 10 anos, embora diversos dispositivos dessa lei jamais foram regulamentados.

 

Apesar de oportuno e apropriado o editorial do Estadão esquece de observar o Brasil entra no século XXI sem dispor de uma malha ferroviária moderna e abrangente como existe nos EUA e em toda a Europa.

 

O transporte ferroviário é a única alternativa séria para acabar com a loucura diária nas estradas brasileiras, já que retiraria boa parte do transporte de carga das rodovias. Ao mesmo tempo, o transporte coletivo de passageiros por via ferroviária também se encarregaria de aliviar o trânsito de ônibus e automóveis.

 

Acho que falar tudo isso é chover no molhado. O negócio é a gente se cuidar, sair pouco de automóvel e ver de longe o trânsito fazendo essa saudável assepsia social e contribuindo para o controle da natalidade.

 

Os botocudos vão se matando nas estradas. A natureza dá um jeito nesses andróides.

 

É. Os botocudos acabam transformando em cínicos os mais sensatos.



Escrito por Aluizio Amorim às 04h00
[   ] [ envie esta mensagem ]




HACKER PODE TER DETONADO TUDO

UFSC confirma vazamento

da lista do vestibular 2008

Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC ) confirmou no fim da tarde desta terça-feira (29) que um hacker invadiu o sistema do Núcleo de Processamento de Dados (NPD) e teve acesso a uma lista com nome, nota e classificação de todos os candidatos no concurso vestibular de 2008.

 

A instituição informou que vai acionar sua procuradoria para que a Polícia Federal inicie uma investigação sobre a invasão do sistema do NPD. O vice-reitor, Ariovaldo Bolzan, disse que as autoridades ainda não tiveram tempo para conferir cada um dos nomes na lista que vazou na internet, mas, aparentemente, as informações são verídicas.

A lista foi divulgada na noite desta segunda-feira no site de relacionamentos Orkut. O documento, publicado por um usuário anônimo na comunidade "Vestibular UFSC 2008", traz a relação detalhada — em ordem alfabética — dos mais de 30 mil candidatos que prestaram o concurso.

Segundo Ariovaldo, a UFSC não costuma publicar as informações por questões éticas, mas não há nenhum impedimento legal na divulgação desses dados. Normalmente, a universidade envia correspondência para cada candidato com seu respectivo desempenho.

 

O vice-reitor ressaltou que não há nenhuma possibilidade do concurso ser cancelado ou questionado judicialmente por causa da divulgação da lista com a classificação dos candidatos.

(...)

Cotas continuam suspensas

Por uma decisão da Justiça Federal em primeira instância, o sistema de cotas da UFSC continua suspenso. A universidade entrou com recurso no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) para tentar derrubar a liminar que determina a suspensão do sistema de cotas na universidade. O principal argumento da defesa da universidade é a autonomia que as instituições possuem. Segundo a assessoria de imprensa do TRF4, o recurso ainda não entrou no sistema.

 

No dia 18, o juiz federal Gustavo Dias de Barcellos suspendeu por liminar o sistema de reserva de vagas da UFSC e, de acordo com a decisão, a matrícula dos vestibulandos deveria seguir como critério a maior pontuação, independentemente das vagas reservadas vigentes na instituição. Candidatos cotistas aprovados temem perder a vaga.

 

Este é o primeiro processo seletivo da universidade com sistema de cotas. Das 4.095 vagas da UFSC, 20% foram destinadas para estudantes que cursaram integralmente o ensino fundamental e médio em escolas públicas e 10% para negros que estivessem na mesma condição. As 819 vagas para alunos de escolas públicas foram preenchidas e das 414 vagas destinadas para negros, 323 foram preenchidas. As demais foram remanejadas para a concorrência geral. (Leia tudo clicando BEM AQUI).

 

MEU COMENTÁRIO: ainda não entendi a razão pela qual a UFSC nunca publica esse listão com os detalhes de todos os candidatos. E confesso que não parei para pensar sobre isto, ou seja, qual a razão para o sigilo.

 

Os comentários do blog estão abertos democraticamente. Os leitores poderão comentar e/ou acrescentar informações.



Escrito por Aluizio Amorim às 22h38
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 22h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




LISTAGEM REVELA DESEMPENHO DOS CANDIDATOS NORMAIS E COTISTAS

Hacker teria vazado listão da

UFSC que inclui os cotistas

Uma suposta listagem com o desempenho dos candidatos que prestaram o Vestibular 2008 da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi divulgada na noite dessa segunda-feira no site de relacionamentos Orkut na internet.

O documento, publicado por um usuário anônimo na comunidade "Vestibular UFSC 2008", traz a relação detalhada — em ordem alfabética — dos mais de 30 mil candidatos que prestaram o concurso.

A relação, de 806 páginas, informa dados restritos à UFSC e aos candidatos, como, por exemplo, as notas por disciplina e a identificação dos candidatos aprovados ou não, inclusive com os beneficiados pelo sistema de cotas.

 

(...)

Ao todo, 30.652 inscritos disputaram 4.100 vagas em 65 opções de cursos no Vestibular 2008. Medicina foi a graduação mais disputada, com 40,75 candidatos por vaga.

A UFSC reservou 20% das vagas para candidatos que tenham cursado integralmente o ensino fundamental e médio em instituições públicas; 10% para candidatos autodeclarados negros; e cinco vagas para candidatos autodeclarados indígenas.

Desde o período anterior à realização do vestibular, a universidade tenta resolver o impasse envolvendo ações na Justiça que questionam o sistema de cotas adotado no concurso deste ano.

 

Clique AQUI para ler a matéria que está no site do Diário Catarinense e AQUI para ir diretamente ao site Rapid Share onde você poderá fazer download da listagem completa da Comissão Permanente de Vestibular (Coperve) da Universidade Federal de Santa Catarina.

 

Aparentemente a lista é original, já que obedece o padrão dos documentos da Coperve/UFSC.

 

Informação extraoficial não descarta a ação de hacker que teria invadido os arquivos do banco de dados do sistema da UFSC.



Escrito por Aluizio Amorim às 15h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




MINHA ANÁLISE

Bush: mais dinheiro nas mãos dos cidadãos para evitar recessão.

Se Democratas aprovarem,

pacote de Bush salva EUA.

Que extraordinária diferença tem um presidente norte-americano de um desses idiotas latino-americano. Os Estados Unidos são e serão para sempre um país poderoso e democrático justamente pelos valores que informam a cosmovisão do conjunto de sua gente.

 

O presidente George W. Bush fez a sua última aparição no Congresso. E o fez em final de mandato e num momento de crise econômica doméstica.

 

Tiranos comuno-fascistas em situação análoga aproveitam para lançar pacotes aumentando impostos e avançam no bolso alheio. Bush sugeriu que se coloque mais dinheiro nas mãos dos cidadãos.

 

"Para construir um futuro próspero, nós precisamos confiar às pessoas o seu próprio dinheiro, dando a elas o poder para fazer a economia crescer", afirmou Bush. O plano consiste basicamente na restituição de entre US$ 300 e US$ 600 em impostos para a maioria dos contribuintes americanos, assim como cortes de US$ 50 bilhões para as empresas.

 

Ainda que reconhecendo as dificuldades Bush mostrou-se otimista prognosticando que não haverá recessão, a menos que a maioria democrata no Congresso faça corpo mole. O presidente americano defendeu uma ação rápida dos parlamentares para aprovar as medidas de estímulo à economia, acreditando que a agilidade neste procedimento afastará o fantasma da recessão.

 

Sabe-se que o Congresso americano difere fundamentalmente daquilo que se vê por aqui e, tudo indica, votará com a devida urgência as medidas propostas. Só os idiotas latino-americanos torcerão contra. É que os bons ventos capitalísticos acabam por impulsionar as economias do mundo inteiro. Calcula-se que os Estados Unidos importam do resto mundo o equivalente a US$ 2 trilhões anuais.

 

Por aí dá para imaginar o estrago que uma leve recessão nas terras de Tio Sam é capaz de gerar em republiquetas bananeiras como o Brasil.

 

Enquanto a idiotia baba gritando palavras de ordem contra os Estados Unidos está contribuindo para eternizar a sua própria miséria. O populismo comuno-fascista só se mantém no poder mediante o triunfo da miséria.

 

É por isso que os populistas fogem do capitalismo propalando a mística de que é um sistema econômico injusto. Na verdade não é nada disso. É porque está sobejamente comprovado que só o capitalismo verdadeiro traz a prosperidade e enterra o patrimonialismo. E isto, é claro, não lhes interessa.

 

Voltando ao mundo civilizado. Bush desta feita não concentrou sua fala em apenas em torno da política internacional, embora não tenha descurado essa abordagem. Com razão fustigou o terrorismo, assinalando aspectos positivos da ação americana no Iraque. Os cretinos cucarachas e os politicamente corretos de todos gêneros haverão de continuar acusando injustamente o presidente Bush de assassino.

 

Entretanto até hoje não se viu uma só manifestação desses esquerdopatas de botequim contra o ditador Sadan Hussein e muito menos contra o maluco do Irã e ou ainda contra os homens-bomba que são atirados contra Israel.

 

Alguém já viu por exemplo uma manifestação, uma passeata, uma faixa sequer protestando contra o terrorismo patrocinado pelo fundamentalismo islâmico?  Se não fosse o presidente Bush o ditador Sadan Hussein estaria lá torturando e matando seus opositores.

 

Alguém por acaso já viu o Apedeuta fazer para os tiranos da Venezuela ou de Cuba aqueles trejeitos debochados invocando o ponto G, como fez para o Presidente Bush em sua última visita ao Brasil?

 

Ainda no que se relaciona à política externa Bush defendeu o aprofundamento das relações bilaterais com países parceiros dos EUA. Citou nominalmente os projetos de acordo com o Peru, Panamá e Coréia do Sul, em tramitação no Congresso. O Brasil ficou de fora, é lógico.

 

A maior preocupação do presidente americano, segundo o noticiário internacional de agências que está nos jornais de hoje e que deve ser lido com cuidado, dado ao fato da predominância do jornalismo politicamente correto, refere-se à Colômbia, o principal aliado dos EUA na América cucaracha.

 

Os democratas, contaminados pela ideologia botocuda e jogando para a arquibancada politicamente correta, estariam resistindo a aprovação de um acordo de livre comércio com Bogotá. Ciente dessa manobra, Bush aproveitou para fazer uma referência velada, pero no mucho, ao bufão bolivariano que os jornalistas das agências noticiosas qualificam de “líder venezuelano”.

 

Bush alfinetou: se o Congresso rejeitar a proposta, os inimigos dos Estados Unidos no continente se fortalecerão. Está certo o presidente americano. Não fosse o extenuante trabalho do líder colombiano – agora sim – presidente Uribe, os narcoguerrilheiros das FARC, agindo em conluio com o bufão da Venezuela, tendo como pano de fundo o apoio do governo Lula, já teriam cubanizado o continente.

 

Desta forma os Estados Unidos continuam sendo os artífices do desenvolvimento econômico latino-americano e, mais ainda, os fiadores e guardiães da democracia que ainda sobrevive a duras penas na América cucaracha.

 

E pensar que o Brasil, se tivesse um presidente inteligente e democrata, poderia ser o grande parceiro do gigante americano. O governo petralha refuta os americanos como parceiros em troca de comparsas como Hugo Chávez, o índio cocaleiro da Bolívia ou o ditador de Burkina Faso. Eles fazem parte do Foro de São Paulo. O objetivo dessa bandalha é eternizar-se no poder com a finalidade precípua de meter a mão no erário.

 

Os Estados Unidos, que jamais apoiaram qualquer movimento anti-democrático e livraram o mundo do nazi-fascismo, não servem para os interesses dessas quadrilhas. Bush não foi velado, foi claro na sua advertência aos congressistas: os Democratas estão alimentando os inimigos da democracia, da liberdade e do desenvolvimento econômico.

Foto: site do Estadão.



Escrito por Aluizio Amorim às 04h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 04h28
[   ] [ envie esta mensagem ]




IDIOTIA LATINO-AMERICANA

Gabrielli, da Petrossauro, na

platéia que aplaude o bufão

Queria saber o que o presidente da Petrobras, o petralha Sérgio Gabrielli está fazendo sentadinho na platéia que forma a claque para o programa televisivo e radiofônico do bufão venezuelano. Vejam o vídeo e confiram.

E a Nação pagando altos salários para esses petralhas aplaudirem um ditador ridículo que constrói o maior factóide dos últimos tempos, que é essa suposta ameaça dos Estados Unidos contra a América Latina, para tentar salvar a sua própria pele.

 

Todos sabem o drama do desabastecimento que se abate sobre a Venezuela deixando o povo furioso.

 

Trata-se de uma canalhice sem tamanho.

 

Seria ótimo se fosse verdade tal ameaça. Lamento que o mandato do grande presidente Bush esteja no seu final.



Escrito por Aluizio Amorim às 21h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




SEDUZA, BEIJE, CHEIRE, ENSINA A PUBLICAÇÃO LULÍSTICA.

Pênis é pirata de barba negra,

segundo a cartilha de Lula.

Acabei de ler lá no Reinaldo Azevedo uma grave denúncia a respeito de uma cartilha publicada pelo governo de Lula e seus sequazes e que pretende educar sexualmente os jovens, esclarecendo-os no que se relaciona aos cuidados frente ao contágio de doenças como a AIDS.

 

Mas o diabo é que a cartilha está mais para pornografia. Faz brincadeirinhas estúpidas como uma coisa séria que é a sexualidade. Recomendo a leitura do post que está lá no blog do Reinaldão, principalmente para os pais de crianças e de adolescentes.

 

Para terem uma idéia, eis parte da denúncia que está no blog do Reinaldo:

 

A cartilha sexual de Lula é destinada a jovens entre 13 (!!!) a 19 (!!!) anos, como se essa faixa etária existisse. Observem: estamos falando praticamente de uma criança e de um adulto, ambos expostos à mesma informação e, lamento dizer, estimulados a praticar sexo, inclusive entre si

- o que pode até configurar crime. Tanto uns quanto outros lerão nas cartilhas entregues por Lula coisas assim:

- O beijo é como chocolate por "aguçar todos os sentidos" e "liberar endorfinas". E tem uma vantagem: "queima calorias", ao contrário do doce.
- Há espaço na cartilha para o estudante — de 13 a 19 anos, reitero — relatar suas “ficadas”. E o governo federal ensina que ficar compreende “beijar, namorar, sair e transar”.
- O pênis com a camisinha é chamado de “O pirata de barba negra e de um olho só [que] encontra o capuz emborrachado". A associação entre pênis e pirata merece um estudo...
- O uso dos verbos no imperativo não deixa a menor dúvida: “Colocar o preservativo pode ser uma excelente brincadeira a dois. Sexo não é só penetração. Seduza, beije, cheire, experimente!".



Escrito por Aluizio Amorim às 18h26
[   ] [ envie esta mensagem ]




INFERNO DE DANTE É FICHINHA

Botocudos fanáticos por praia desconhecem fenômeno da maré

Um belo dia de sol se transforma numa cena botocuda dantesca

 

Os botocudos enlouqueceram?

 

Esta é uma cena botocuda. Em Salinas, reparem, os bares são montados em palafitas, justamente para evitar a subida maré que cresce de forma violenta nessa praia. Entretanto, os botocudos costumam invadir as praias com seus carros, como nestas fotos que estão circulando na internet. Se forem montagem - o que não parece - azares. Mas pelo menos servem para refletirmos sobre o botocudismo.

 

Compreende-se que alguns estacionam sobre as praias porque desejam proteger seu patrimônio. Têm de ficar de olho dado ao fato de que os botocudos estão sempre na espreita para roubar. Outros estacionam em cima d’água por mera idiotice.

 

Em ambos os casos trata-se de imprudência. O negócio é ir a pé ou então não ir. Aliás, praia é divertimento de botocudos. É aquele calorão, gente jogando frescobol, alguns defecando dentro d’água, hordas de delinqüentes promovendo arrastões. Na volta engarrafamentos intermináveis, motores fervendo, gente embriagada ao volante, a pele ardendo fustigada pelos resquícios do sal...

 

O inferno de Dante é fichinha. Ele teve a sorte e não ver e sequer pressentir o que aconteceria aqui no lixo ocidental. Arre!

 

Nesta tremenda esculhambação de quase 200 milhões de botocudos, acontece de tudo. Desde da existência de um Ministério da Igualdade Racial até coisas como esta cena bizarra e tragicômica.

 

Normalmente essa gente não costuma fazer seguro de seus veículos. E já se sabe que na medida em que aumenta o número de veículos diminui a capacidade de fiscalização.

 

Ao seu lado, caro leitor, trafegam motoristas sem carteira, sem documentos do carro e sem qualquer tipo de seguro, nem mesmo aquele obrigatório que cobre uma merreca.

 

E o maldito governo petralha quere obrigar as pessoas decentes que mantêm seus veículos em dia, possuem carteira de habilitação, todas as documentações e com um prontuário limpo no Detran a fazer um curso de direção defensiva.

 

Está na hora do Ministério Público acabar com a farra dessas escolinhas Walita que cobram uma grana para o cidadão fazer esses cursinhos de forma a viabilizar a renovação de sua carteira de habilitação.

 

Quem está em dia com a documentação, recolhe o IPVA anualmente, nunca se envolveu em acidentes e não teve a sua carteira apreendida em razão da pontuação máxima em infrações não pode ser coagido a repetir um exame que já prestou quando se habilitou a dirigir veículos automotores.

 

Não venham me dizer que todos são iguais. Não são.

 

Acham que sou preconceituoso. Acertaram. Tenho preconceito contra a estupidez, a vagabundagem e a ladroagem do governo. E claro, preconceito em relação aos botocudos. Argh!

 

FOGO NOS BOTOCUDOS !!!

 

VAMOS LÁ MINISTÉRIO PÚBLICO! DEFENDA-NOS!



Escrito por Aluizio Amorim às 15h37
[   ] [ envie esta mensagem ]




O DIREITO SE ENCONTRA NO MÉRITO

Academia é lugar destinado

para os que têm intelecto

Leia aqui na íntegra a entrevista que o procurador Davy Lincoln da Rocha concedeu ao jornalista Elder Ogliari, do Estadão, que que foi publicada neste domingo. Ao final eu comento.

 

O polêmico debate sobre a reserva de vagas da universidade para estudantes negros e egressos do ensino público ganhou um novo ingrediente com a liminar que o procurador da República Davy Lincoln Rocha conseguiu da Justiça Federal para suspender o sistema na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), na sexta-feira, e as opiniões fortes que ele vem emitindo desde então.

 

Na ação, Rocha sustentou que as cotas não estão previstas em lei, que a autonomia não dá às universidades o direito de legislar e que a Constituição estabelece a igualdade de direitos.

Em comentários posteriores, ele considerou o sistema de cotas uma hipocrisia que coloca pessoas despreparadas na universidade e propôs que as compensações aos negros e aos pobres sejam pagas por toda a sociedade por meio de bolsas de estudo e não cobradas de estudantes que se saíram melhor no vestibular. Afirmou, ainda, que os cotistas estarão sujeitos ao vexame na faculdade e à discriminação no mercado.

Rocha, de 48 anos, baseia-se na sua experiência para contestar as cotas. Filho de um retirante do Piauí e de uma cabocla catarinense, se considera um “vira-lata racial”.

 

Mas conta que, por esforços próprios, seu pai se formou em Letras e se tornou tradutor da missão naval dos Estados Unidos no Rio, e a mãe saiu do analfabetismo já adulta para se formar em enfermagem. Rocha só estudou em escolas públicas, é formado em Engenharia e Direito e passou em concurso para a procuradoria da República em Santa Catarina em 1998.

Nesta entrevista ao Estado, ele insiste em que o mérito deve ser o critério de acesso à academia, que “não é lugar para quem quer, mas para quem tem intelecto para freqüentá-la”.

O que o levou a mover a ação para suspender o acesso por cotas na Federal de Santa Catarina?
Recebi a representação de alunos, analisei, vi que as cotas não estavam previstas em lei. Como a Constituição estabelece a igualdade de direitos, entendi que a universidade não pode reservar vagas para alguns e impedir o acesso de outros candidatos. Há 30% de estudantes que estão sendo retirados por proibição, mesmo tendo notas para ingressar na faculdade.

No Rio Grande do Sul, juízes de primeira instância baseiam-se em decisões do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região que reconhecem o estabelecimento de cotas como direito da autonomia universitária para negar liminares a candidatos que perderam vagas para cotistas. O sr. acredita que a UFSC possa perder o recurso encaminhado à mesma corte?
O TRF da 5ª Região, do Recife, está mantendo liminares favoráveis a candidatos preteridos em Alagoas. Mas admito que dificilmente o TRF4 vá confirmar a liminar.

Nesse caso, o que pretende fazer?
Entrarei com uma ação civil pública pedindo a anulação de um concurso para juiz do TRF 4 que está em andamento e não prevê reserva de vagas para negros, egressos do ensino público e índios e um novo concurso que estabeleça cotas. O tribunal não pode ter uma política para fora e uma para dentro.

O senhor entende que as cotas não compensam injustiças históricas? Não estabelecem, mesmo que por artifício, a igualdade de direitos?
O resgate deve ser pago por toda a sociedade e não pelos 30% excluídos do processo seletivo para a universidade. A reserva de vagas é caridade com o chapéu dos outros.

Como poderia ser feito o resgate?
Um país que não consegue cumprir a determinação constitucional de prover ensino digno de primeiro e segundo graus não pode se dar ao luxo de ter universidade pública. O ideal é que o ensino fundamental seja público, de boa qualidade, e a universidade seja privada, com bolsas de estudo para alunos carentes, pagas pelo Estado, com dinheiro de todos. Isso socializaria a compensação.

O ensino superior gratuito, ao qual têm mais acesso alunos que puderam dedicar-se aos estudos, quase sempre em bons colégios particulares, não é elitista?
É elitista, sim, e por isso sou contra a universidade pública.

O sr. teria algum elogio ao sistema de cotas? Ou sugere alguma adaptação para que possa se enquadrar na legislação?
Sim. No sistema atual, o Estado poderia identificar já nos primeiros anos as crianças carentes que se destacam e dar bolsas a elas para que estudem em boas escolas particulares e cheguem ao vestibular em condições de passar por mérito.

Na sua opinião, a pretexto de corrigir distorções as cotas acabam criando outras distorções?
A universidade não é lugar para quem quer, mas para quem tem intelecto para freqüentá-la. E a capacidade intelectual não está na raça ou na condição social. O negro e o pobre não são incapazes e não devem ser apequenados pelo paternalismo. O acesso pode ser por um sistema de bolsas que contemple quem tem aptidão e não tem recursos. Do jeito que estão, as reservas condenam cotistas ao vexame na faculdade e à discriminação no mercado. No futuro, poderemos ter pessoas evitando a contratação de serviços de médicos e engenheiros cotistas.

Mais discriminação...
Essa questão das cotas está estimulando o ódio racial. Recebi e-mails com conteúdo muito ofensivo dos dois lados.

Quem é:
Davy Lincoln Rocha

Passou no concurso para procurador da República em 1998 e assumiu o posto dois anos depois em Santa Catarina. Trabalhou em Joinville atémeados de 2007, quando foi transferido para Florianópolis.

Foi fiscal de rendas do município do Rio por 10 anos e promotor em Minas e no Rio.

Formou-se em Direito e em Engenharia na UERJ.

 

MEU COMENTÁRIO: o procurador da República Davy Lincoln Rocha tem razão quando afirma que o mérito deve ser o critério de acesso à academia, que “não é lugar para quem quer, mas para quem tem intelecto para freqüentá-la”.

 

O vestibular é um concurso. Portanto, mais uma vez o procurador tem razão. Todos os concursos teriam que reservar cotas para negros, índios e egressos do ensino público.

 

Só não concordo com jornalista Elder Olgliari que escreveu esta matéria para o Estadão, quando se refere ao fato de que o assunto é polêmico. Na verdade a polêmica deriva apenas da idiotice do politicamente correto que a grande mídia e seus jornalistas se negam a denunciar e a condenar.

 

À luz do direito, a decisão do procurador Davy Lincoln Rocha é irretocável. Não existe direito alternativo ou direito achado na rua.

 

Ações afirmativas cabem em sociedades onde há a discriminação racial. Não no Brasil, um país caracterizado, de forma dominante, pela miscigenação, fato que por si só põe por terra a necessidade de se reivindicar “igualdade racial”.

 

O que está ocorrendo no Brasil é a deletéria ação politicamente correta que, antes de promover a igualdade, estimula o ódio.



Escrito por Aluizio Amorim às 11h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




POLITICAMENTE CORRETOS RESISTEM

Aparentemente normal. O diabo são as sinapses botocudas.

Cientistas investigarão o que

há no cérebro dos botocudos

Cientistas de duas grandes universidades do Rio Grande do Sul estão investigando o que se passa na cabeça de um ser humano que é capaz de tirar a vida de outro.

 

Eles pretendem verificar se atos de extrema violência e barbárie são cometidos por mentes que nascem doentias, ou se são pessoas que adoecem com os traumas da vida, com a violência em casa e na ruas.


Os pesquisadores estão usando exames de alta tecnologia para mapear o cérebro de um grupo de jovens, todos envolvidos em ações violentas. "O objetivo é conhecer um pouco melhor como a estrutura cerebral pode, eventualmente, estar envolvida nesses processos que geram violência", diz Jaderson Costa, pesquisador da Pontifícia Universidade Católica (PUC) gaúcha.

A reação da comunidade científica, no entanto, foi imediata. "Estamos tratando de pessoas, adolescentes. Não são ratos, não são macacos", protesta Ana Luiza de Souza Castro, psicóloga do juizado de menores do Rio Grande do Sul.

 

Sociólogos, educadores, advogados também assinaram um manifesto, em que afirmam que a pesquisa mascara o que chamam de "velhas práticas de extermínio e exclusão".

Os idealizadores do estudo se defendem: "é lamentável, porque nós não estamos fazendo nada a mais do que ampliar a informação sobre o assunto. Quer dizer, a quem interessa proibir isso?", pergunta Omar Terra, secretário de saúde gaúcho. (Leia tudo AQUI e veja também vídeo do Fantástico).

 

MEU COMENTÁRIO: imaginem se os politicamente corretos e a turma dos “direitos humanos” vão deixar que os cientistas examinem esses botocudos assassinos? O assunto foi matéria do Fantástico deste domingo. E deve render.

 

O que acontece de estupidez no Brasil já começa a chamar a atenção dos cientistas. Afinal, por que um indivíduo se torna botocudo? E por que o Brasil tem tantos botocudos? Em que escala do evolucionismo darwiniano se encontram os botocudos? Afinal, como funciona o cérebro de um botocudo?

 

Vejam, são inúmeras as interrogações. Os cientistas estão corretos. Quem sabe a ciência possa, mais adiante, descobrir uma vacina anti-botocudismo?

 

Está na hora de por uma paradeiro definitivo na violência que grassa pelo Brasil. A ciência e a tecnologia podem ajudar, é claro.

 

A ossada do velho Lombroso deu remexidinha na tumba...hehehe...



Escrito por Aluizio Amorim às 03h48
[   ] [ envie esta mensagem ]




ECOCHATISMO CRIACIONISTA

O Brasil a um passo de virar

Estado Teocrático Botocudo

Ficar falando que a ministra do ecochatismo Marina Silva é favor do criacionismo, é uma coisa. Entretanto, o vídeo acima é a prova. Trata-se de um acinte dessa Ministra exigir que a ciência acolha os postulados da fé.

Já revelei em várias ocasiões aqui neste blog que eu sou ateu. Entretanto, nós ateus não estamos preocupados em tentar demover uma pessoa de sua fé. Quem quiser delirar, que delire. O ateísmo não envageliza, não faz pregação. Nós ateus simplesmente não cremos numa divindade e, claro, jamais iremos aceitar essa história idiota de criacionismo.

 

Nós ateus acreditamos nas possibilidades do conhecimento baseado na ciência. A ciência pode formular hipóteses, mas estas sempre haverão de radicar na dúvida, na incerteza e, portanto, sujeitas à verificação da prova.

 

Ao contrário, a fé se baseia na certeza e reivindica que nada poderá questionar o dogma. O conteúdo central da fé é a certeza e esta traz consigo o germe deletério do fanatismo. Todo fanático só é fanático pelo fato de basear todas as suas ações na certeza.

 

A Ministra pode ter a sua fé, rezar e cantar na sua igreja. Entretanto, não pode fazer proselitismo religioso e criacionista enquanto (epa!) detentora de cargo ministerial de um Estado laico.

 

A menos que pela mão dos ecochatos, de militantes politicamente corretos e de padrecos de passeata o Brasil esteja sendo transformado num Estado Teocrático Botocudo.

 

Aliás, dia desses o Apedeuta já se referiu à reunião com seus ministros como a Santa Ceia...hummm...

 

Descobri este vídeo lá no blog do Marcelo Leite, jornalista divulgador da ciência e colunista da Folha de São Paulo. Trata-se de uma entrevista que a Ministra Marina Silva concedeu ao blog Porque Jovens Adventistas É O Q há, mantido pela igreja Adventista.

 

O post de Marcelo está correto, só não precisava censurar Richard Dawkins. Trata-se de cacoete de jornalista da grande mídia, sempre tentando dizer que é isento e coisa e tal, que ouve o outro lado.

 

Marina Silva está mais para pastora da Assembléia de Deus do que para Ministra. Arre! Aqui neste blog a ordem baseia-se no lema que já é conhecido da blogofera: Fogo nos botocudos!



Escrito por Aluizio Amorim às 01h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 23h17
[   ] [ envie esta mensagem ]




FACTÓIDE BOLIVARIANO

General alerta Colômbia para

ignorar provocação chavista

O desastrado governo do bufão comuno-fascista já está fazendo água. Pesquisas de opinião mostram agora que a turma da bolsa-esmola bolivariana está mudando de lado depois que viu desaparecer os alimentos das prateleiras dos mercados estatais. Calcula-se de cerca de 60% da população venezuelana responsabiliza Chávez pelo desabastecimento.

 

Por isso o caudilho ridículo tenta virar o jogo criando um factóide, ao insinuar que a Colômbia, aliada aos Estados Unidos, estaria conspirando contra o seu governo. É a velha tática de arranjar um inimigo para tentar obter apoio da população. O filme é velho e já foi passado na Alemanha nazista e na Itália fascista.

 

Neste sábado, o general Raúl Baduel, ex-ministro da Defesa da Venezuela, aconselhou o governo da Colômbia a ignorar os ataques do presidente venezuelano, Hugo Chávez.

 

O conselho foi dado um dia depois de o líder venezuelano acusar Bogotá de planejar, com os EUA, uma “agressão militar” contra Caracas. “Suplico que o povo colombiano ignore essa verborragia desrespeitosa, mantendo seu esforço para a paz”, afirmou Baduel ao jornal colombiano El Tiempo.

 

A grande mídia brasileira parece que até agora não se interessou em verificar as informações que circulam na internet dando conta de movimentação de tropas na fronteira entre a Colômbia e a Venezuela.



Escrito por Aluizio Amorim às 04h43
[   ] [ envie esta mensagem ]




O CINEMA DO BLOG

Laços, um curta vencedor

O curta metragem brasileiro Laços foi ganhador do Project Direct, "um desafio cinematográfico para diretores com algo a dizer." Dos mais de 4080 filmes inscritos, foram selecionados 20 finalistas pelo cineasta Jason Reitman e um painel de especialistas da indústria cinematográfica.

 

A comunidade do YouTube votou nos seus favoritos. O filme Laços foi o vencedor. Clicando aqui você vai diretamente à página do Project Direct e também poderá ver os colocados em segundo e terceiro lugar.

 

A dica foi do meu amigo jornalista, escritor e tradutor carioca, Alexandre Raposo, que atualmente vive aqui em Florianópolis. Valeu Alexandre.  



Escrito por Aluizio Amorim às 03h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




BOBEOU, DANÇOU!

“Excluídos” compartilham a

carteira do Senador Suplicy

O senador Eduardo Suplicy (PT) pode ter sido vítima de ladrões que atacaram pessoas presentes à missa da Sé - o petista deu falta de uma carteira com cerca de 200 euros, US$ 500 e R$ 30 e carteira de habilitação quando iria pagar cafés na padaria em frente à catedral. Somado, o prejuízo do senador chega a cerca de R$ 1.500. Além disso, a polícia registrou dois furtos na missa.

 

Suplicy, que estava com moeda estrangeira por ter chegado de uma viagem ao Oriente Médio, registrou boletim de ocorrência por extravio de documentos horas depois. O senador, que acompanhava a missa ao lado do secretário de Estado Ronaldo Marzagão (Segurança Pública), havia tirado R$ 10 da carteira durante a coleta de doações na Sé.

 

- Só fui perceber na padaria, na hora de pagar o café. Vou rezar para São Longuinho - disse o senador, referindo-se ao santo que tem a fama de ajudar a encontrar objetos perdidos.

 

MEU COMENTÁRIO: esta matéria está no site do JB. Mas o jornal cometeu um equívoco. O Senador Suplicy (argh!) não foi vítima de ladrões, mas teve apenas sua carteira compartilhada pelos “excluídos”.

 

Que negócio é este de registrar queixa contra essa gente sofrida, excluída pelo capitalismo selvagem, hein, Senador?



Escrito por Aluizio Amorim às 17h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BLOG NA BALADA

Um bom programa para a

noite deste sábado na Ilha

A simpática e bonita promoter Carin Dell’Antonio, que agita a noite de Florianópolis, organizou para este sábado no Ópera, um sarau (epa!), que tem tudo para ser agradável e divertido. Principalmente por que a música está por conta de dois conhecidos e competentes músicos ilhéus: Zequinha no piano acústico e teclados e Samuka, no baixo. Os dois, além de tocar, cantam em surpreendentes arranjos para duas vozes.

 

O repertório inclui consagrados standards americanos, como Misty, Night and Day, I’ve Got You Under my Skin, Laura, New York, New York e clássicos da bossa nova e da MPB.

 

Uma boa alternativa na noite deste sábado em Florianópolis, para aqueles que, como eu, detestam o modismo de péssimo mau gosto, designado por DJ.

 

DJs são aqueles que não tocam porra nenhuma, apenas manipulam engenhocas eletrônicas que emitem grunhidos e fazem muito barulho. No máximo reproduzem os abomináveis remixes. Argh!

 

O Ópera é um bar que tem um amplo anexo com pista de dança. Fica na av. Beira Mar Norte e dispõe de estacionamento com manobrista.

 

Alô, Alô, gatas civilizadas, carinhosas e bonitas. Prometo que vou dar uma passada por lá.



Escrito por Aluizio Amorim às 16h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




UMA NAÇÃO APODRECIDA

O método dos ladrões

para saquear o Estado

A revista Veja que está indo às bancas neste sábado traz uma reportagem especial dissecando o escândalo dos Correios. A revista teve acesso ao relatório final das investigações da Polícia Federal.

 

Conclui-se que o Brasil é uma Nação apodrecida. Digo a Nação porque a sociedade inteira é cúmplice da canalhice que designam como “política”.

 

A revista Veja continua sendo a única publicação séria da grande mídia brasileira. A única que resta, já que os jornais se dedicam uma patética louvaminha diária àquilo que reputam como “governo”. É Presidente Lula pra cá; Presidente Lula pra lá; é o implante de cabelos de Zé Dirceu e outras idiotices do gênero, sem falar nos articulistas que acreditam que Fidel Castro, Chávez et caterva são os líderes libertários da América Latina e as FARC são integradas por “guerrilheiros insurgentes”.

 

No Brasil, depois da ascensão do PT ao poder, jornalismo de verdade só no final de cada semana.

 

Eis o trecho inicial da ampla reportagem de Veja. É leitura obrigatória:

 

Em maio de 2005, VEJA publicou uma reportagem revelando o monstro que se cria quando se misturam no mesmo ambiente interesses públicos, privados e políticos. Um diretor da ECT (Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos) foi flagrado em uma gravação de vídeo recebendo propina e narrando em detalhes o funcionamento de uma estrutura clandestina de arrecadação de dinheiro.

 

As imagens correram o mundo e provocaram o maior escândalo político desde o impeachment do presidente Fernando Collor. O Congresso instaurou uma comissão parlamentar de inquérito e, a partir dela, desvendou-se uma enorme rede de corrupção envolvendo gente graúda do governo, parlamentares e empresários.

 

O esquema, batizado de mensalão, arrecadava dinheiro em empresas públicas para subornar deputados. Quarenta pessoas estão sendo processadas por crimes de corrupção e formação de quadrilha.

 

Agora, quase três anos depois, a Polícia Federal concluiu a investigação sobre a gênese do escândalo. Os Correios eram exatamente aquilo que as imagens mostraram – um covil usado pelos políticos para desviar dinheiro público mediante a indicação de pessoas para ocupar cargos estratégicos. Funcionava nos moldes de uma organização criminosa, com chefes, escalões de comando, contabilidade própria, ameaças, extorsões e pagamentos de propina.

 

VEJA teve acesso ao relatório final da Polícia Federal sobre o caso. O documento revela o poder de destruição de uma das piores pragas da política brasileira: o loteamento de cargos. Em 130 páginas, a Polícia Federal disseca, a partir dos Correios, a maneira como os políticos tomam de assalto empresas públicas para satisfazer interesses pessoais e partidários.

 

O relatório ajuda a entender por que deputados e senadores, independentemente de credo ou ideologia, vivem numa guerrilha permanente para indicar seus afilhados para cargos no governo federal, estadual ou municipal. Fica evidente que a meta a ser perseguida é o binômio poder e dinheiro – principalmente dinheiro, que compra o poder.

 

Maurício Marinho, o funcionário filmado recebendo propina, foi escolhido para ocupar o cargo pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), uma das catorze agremiações aliadas ao governo.

 

Por sua mesa, em três anos, transitou boa parte dos negócios realizados pela companhia. A polícia, com a ajuda de auditores, constatou que os contratos assinados por Marinho e outros diretores dos Correios, em sua maioria, foram "cavilosamente fraudados".

 

Há casos de licitações dirigidas, compras sem necessidade, conluio entre empresas e superfaturamento em índices inacreditáveis de 400%. Tudo isso envolvendo mais 8 bilhões de reais em recursos. Parte desse dinheiro, segundo a polícia, foi desviada dos cofres públicos para os bolsos dos corruptos e alimentou campanhas políticas.

 

As suspeitas sobre as verdadeiras motivações dos políticos em busca de cargos públicos sempre existiram no imaginário dos eleitores, mas essa é a primeira vez que ela se materializa de forma tão evidente. Os partidos estão no centro do que a polícia chama de "esquema criminoso" dos Correios. Dois deles foram apontados no relatório da polícia: o PTB e o PT, mas não está descartada a possibilidade do envolvimento de outras organizações, como o PMDB. (Assinante lê tudo clicando aqui).



Escrito por Aluizio Amorim às 03h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




SEM LIMITE

Duas imagens da bactéria Mycoplasma Genitalium no microscópio

Ciência dá passo importante

para criar a vida artificial

Cientistas americanos anunciaram ter dado um grande passo rumo à criação da primeira forma de vida artificial. Em estudo publicado nesta sexta-feira na prestigiosa revista científica Science, o biólogo Craig Venter revela que conseguiu reproduzir, de forma sintética, o DNA de uma bactéria.

 

Depois de cinco anos de pesquisas, sua equipe acredita ter chegado ao penúltimo estágio da ‘fabricação" de um ser vivo artificial. O último seria reproduzir não apenas o DNA, mas o organismo inteiro.

 

Esta matéria está no site da revista Veja. Clique AQUI para ler tudo. (Foto: site Veja).

 

MEU COMENTÁRIO: A pesquisa dos cientistas americanos permite imediata ligação com o filme de ficção científica Blade Runner, de 1982:

 

O filme que descreve um futuro em que a humanidade inicia a colonização espacial, para o que cria seres geneticamente alterados - replicantes - utilizados em tarefas pesadas, perigosas ou degradantes nas novas colônias.

 

Fabricados pela Tyrell Corporation como sendo "mais humanos que os humanos", os modelos Nexus-6 são fisicamente idênticos aos humanos, mas são mais fortes e ágeis. Devido a problemas de instabilidade emocional e reduzida empatia, os replicantes são sujeitos a um desenvolvimento agressivo, pelo que o seu período de vida é limitado a quatro anos.

 

De minha parte, não tenho dúvidas a respeito da possibilidade de criação de andróides em laboratório num futuro não muito distante, dado ao fato da velocidade do desenvolvimento tecnológico. Até porque qualquer exercício de futurologia na atualidade não pode ter um alcance além de 10 ou 15 anos.

 

Compreendendo, no entanto, que é difícil para a maioria das pessoas aceitar isso. Mas nunca é demais lembrar que para a ciência não há qualquer limite ou anteparo. O que regula seu avanço é a capacidade do cérebro humano. Por isso a ciência sempre ilumina um uma parte minúscula da realidade.

 

A descoberta do computador e, em especial, as possibilidades da inteligência artificial introduzem uma variável importante e que poderá imprimir maior velocidade à pesquisa científica.

 

Bom, todas essas premonições poderão tornar-se realidade caso o nosso planeta não desapareça antes. Não por falta de cuidado ecológico ou o que valha, mas pela própria natureza do cosmo. Há um turbilhão de asteróides e outros corpos celestes se agitando sem parar no cosmo.

 

Tudo está em permanente e incessante movimento. E tudo flui para o incomensurável devir. Eita!



Escrito por Aluizio Amorim às 02h37
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 02h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




A PRINCIPAL CARACTERÍSTICA DO FANATISMO É A AUSÊNCIA DO HUMOR

Governo petralha censura

marchinha “Bolsa-Família”

A marchinha carnavalesca “Bolsa-Família”, do brasiliense Vasco Vasconcelos, interpretada pelo cantor pernambucano Almir Rouche, embora tenha sido um sucesso no 31° Baile do Bloco Siri na Lata, em Recife, acabou censurada no II Concurso de Marchinhas Carnavalescas, divulgado pelo Fantástico e patrocinado pela Petrobras e Ministério da Cultura.

Embora deteste o carnaval, uma festa primitiva, idiota e anti-higiênica, não se pode concordar com a censura.

 

Isto indica de forma clara como é a democracia do PT, pautada pela intolerância e o fanatismo. O que admira é a Rede Globo divulgar um concurso sob o crivo da censura petralha.



Escrito por Aluizio Amorim às 10h48
[   ] [ envie esta mensagem ]




SANTA CEIA

Lula confessa que passa um

ano sem falar com ministros

Este vídeo mostra trecho da fala de Lula na “Santa Ceia”, quando ele afirma que passa mais de um ano sem reunir e dialogar com seu ministério. A ausência de interlocução entre o governante e seu staff é característica das monarquias absolutistas e de regimes comuno-populistas onde o mandatário pode tudo.



Escrito por Aluizio Amorim às 10h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




FÉ DEMAIS

Pastor da Assembléia de Deus

faz pregações no Ministério

Um pastor da Assembléia de Deus, mesma igreja freqüentada pela ministra Marina Silva, integra os quadros do Ministério do Meio Ambiente (MMA) desde Agosto de 2005.

 

Ele já usou a estrutura do órgão público para auxiliar na organização de ao menos um evento religioso, em 2007. E, segundo fontes ouvidas no ministério, não foi a única vez.

 

Ele também dirige cultos evangélicos nas salas destinadas ao serviço público federal, freqüentados por servidores de todos os escalões. (Leia mais clicando aqui e aqui).



Escrito por Aluizio Amorim às 02h54
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 17h50
[   ] [ envie esta mensagem ]




MÁFIA DOS CONCURSOS

Concursado só poderá ser

chamado daqui a 127 anos

O Ministério Público precisa tomar providências para acabar com essa máfia dos concursos públicos.

 

Antes, elaborados com o único propósito de regulamentar o preenchimento das vagas em cargos oficiais, paulatinamente foram deturpados, transformando-se muitas vezes em um empreendimento lucrativo, graças ao recolhimento das taxas de inscrições pagas por milhões de brasileiros que tentam sair da longa e dolorosa fila do desemprego.

 

Para que se tenha uma idéia da realidade por trás dos concursos públicos, podemos exemplificar com o concurso feito em 2007 pela CHESF (Companhia Hidroelétrica do São Francisco), que teve quase 900 mil inscritos. Desses esperançosos candidatos, cerca de 350 mil foram aprovados, e passaram a esperar o chamado da empresa.

 

O problema é que como a CHESF tem 5.500 funcionários, mesmo que se admita a absurda hipótese de que anualmente haja a substituição de 50% do quadro funcional, o último colocado na lista de aprovados só seria chamado dentro de 127 anos.

 

(Do site do jornalista pernambucano Júlio Ferreira)



Escrito por Aluizio Amorim às 17h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




NOS CONFINS DO UNIVERSO

Alô, Alô, marciano. Aqui quem fala é da Terra. Mas fique por aí...

Suposto marciano botocudo

abanou para os terráqueos

Toni Bulhões, o jornalista brasileiro que vive na Alemanha e que mantém o site ABK Net (link permanente na coluna Troca Links) sempre atento e furão, já comentava no início da madrugada de hoje esta foto incrível do planeta Marte que sugere a presença de um marciano abanando com a mão direita.

 

Pela morfologia do suposto marciano tudo estaria a indicar que se fosse real seria um andróide botocudo. Argh!

 

Nem mesmo o vetusto diário londrino Times escapou à tentação de especular a respeito da foto, embora sugerindo que o suposto marciano não passe de uma ilusão de ótica, pois deve tratar-se apenas de um rochedo com forma humana.

 

Ufólogos do mundo todo ficaram enlouquecidos, enquanto eu, cético até dizer chega, descartei na hora tal possibilidade. E mais. Torço para que tudo não passe de ilusão. Já pensaram outros planetas povoados de andróides botocudos? Já chega a Terra, não acham?

 

ATENÇÃO: clicando AQUI você poderá ver a foto da Nasa em alta resolução e tentar encontrar o suposto marciano. Ele está no canto esquerdo da fotografia. Sabem que ele lembra, ligeiramente, Obama, o candidato botocudo à presidência dos EUA?



Escrito por Aluizio Amorim às 16h50
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BLOG GASTRONÔMICO: FOME ZERO!

A Chef Sandra, ao centro, coordena os preparativos do almoço

 

Quatro Estações: absoluto.

 

Como o Brasil e, agora, o mundo sabem, Florianópolis virou destino turístico obrigatório. Em qualquer lugar que se vá “neste país”, desde o motorista de táxi até a camareira do hotel, todos desejam um dia morar em Florianópolis.

 

É aquilo que aconteceu tempos atrás com Curitiba. Mas como a capital paranaense não tem 42 praias e estupenda beleza a coisa deu uma parada. Agora é Florianópolis. Todos querem por que querem vir para cá.

 

E o que tem de tão especial nesta Ilha? Praias. Apenas praias. Os serviços são péssimos. Os hotéis horrorosos e os restaurantes se podem contar nos dedos aqueles que prestam. E mesmo nesses considerados bons, o serviço é um lixo.

 

É que a mão-de-obra a Ilha é “arrenegada”, como admitem os próprios manezinhos no seu dialeto. Além disso, é pouco afeita à obediência das regras, digamos assim, de civilidade.

 

Ainda bem que existem as exceções. Uma delas é o Restaurante Quatro Estações, recentemente inaugurado sob o comando da competente chef de cuisine Sandra Stuart que também é proprietária da casa.

 

Isto é uma garantia de padrão de qualidade já que dono de restaurante que depender o chef de cozinha está ralado, pois eles costumam se transformar numa espécie de todo-poderoso.

 

Alguém haverá de indagar. E Sandra não é uma manezinha? É. Mas de uma linhagem diferente. Enquanto a maioria dos ilhéus descende de portugueses açorianos, Sandra procede de um vetusto clã que se perde nos desvãos da história da velha Inglaterra.

 

De lá vieram os ancestrais de seu pai, o meu amigo empresário Orivaldo Stuart, enquanto pelo lado materno a Alemanha fala alto, pois a mãe de Sandra, Dona Giovana, descende de alemães e nasceu em Brusque, uma das regiões de predominante colonização germânica de Santa Catarina.

 

Giovana também é exímia na arte culinária e comete com absoluta precisão o indefectível “marreco com repolho roxo”, prato obrigatório nas  mesas das cidades mais civilizadas de Santa Catarina, isto é, de colonização alemã. Sorry, mas esta é a verdade.

 

Antes de descobrir sua inequívoca vocação para a arte gastronômica Sandra formou-se em Serviço Social e chegou a atuar na área, mas resolveu abraçar apenas a campanha Fome Zero criando o Quatro Estações.

 

Ironias à parte, o certo é que o Quatro Estações é daqueles empreendimentos que nasceram para dar certo. O local é excepcional. Fica dentro do Espaço Primavera Garden, na rodovia SC 401 que dá acesso às praias do Norte da Ilha.

 

De concepção arquitetônica despojada, mas elegante, as paredes do prédio são todas de vidro, permitindo que se descortinem flores e folhagens desse grande centro comercial de plantas e jardinagem que é o Primavera Garden.

 

Dispõe de excelente ar condicionado e a cozinha, com equipamentos de altíssimo padrão, fica no segundo pavimento, o que garante que você sairá do jeito que entrou no recinto, isto é, sem cheiro de comida nas roupas e no cabelo.

 

O restaurante é no estilo self-service de qualidade top. Paga-se pelo que se consome em quilo. O cardápio é variadíssimo com produtos de alta qualidade e rigorosamente selecionados.

 

Destaque para os pescados. Peixe botocudo não entra no cardápio. Um dia se pode degustar um bacalhau à portuguesa, no outro um generoso congrio rosa e no outro uma legítima pescadinha perna de moça, Uau!

 

As carnes incluem filet mignon, picanha fatiada, alcacatra e ainda aves, como frango, chester e o marreco recheado. E ainda há os frutos do mar que incluem camarão, lula, polvo e siri. Ah! Ia esquecendo a comida árabe capaz de fazer babar o mais empedernido taliban.

 

O buffet de saladas é generoso e diversificado. Enfim, há sempre algo a desafiar os mais exigentes paladares. E, se depois disso tudo ainda houver espaço no porão, mande ver uma das três ou quatro sobremesas oferecidas.

 

Normalmente as dispenso, ainda que atormentado pela gula, e me debruço no balcão do cafezinho para degustar um espresso curto, denso e cremoso, muito bem tirado pelo barista Marcelo, proprietário do Petit Café em parceria com a casa.

 

Aqui outro detalhe. Marcelo utiliza os grãos de alta qualidade do Café Dutra, de Minas Gerais, que recentemente recebeu o selo mais cobiçado pelos produtores de café, que é aquele conferido pela Brazil Speciality Coffee Association (BSCA).

 

Ufa! Ainda bem que ao lado do Quatro Estações há uma sofisticada academia de ginástica e quatro canchas de tênis.

 

O restaurante abre todos os dias da semana para o almoço, incluindo sábados e domingos. Também oferece os serviços de criação de cardápio, catering, locação de louças e acessórios, bartendering e staff de garçons de auxiliares profissionais que irão garantir o sucesso de sua festa. Foto by Aluizio Amorim, feita com telefone celular.

 

Endereço: Rodovia SC 401, Km 4, tels.: (48) 3335-0039 e 9104-4400 email: sandra_stuart@hotmail.com - aproveite e consulte pelo telefone o cardápio de hoje!



Escrito por Aluizio Amorim às 01h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




NO OLHO DA RUA

DEM promove limpeza e faz

Lobinho abandonar legenda

O Democratas está mesmo fazendo uma bem sucedida limpeza no partido. Isto é um caso raríssimo na política brasileira. A bandalha do PT, que se arroga a condição de vestal da ética – nunca antes neste país – jamais promoveu um expurgo.

 

Todos os mensaleiros e carregadores de dólares na cueca, churrasqueiros, e compradores de dossiê fajuto, permanecem impávidos no partido e mamando no governo. O mesmo se diga a respeito do PMDB e, por fim, do PSDB que não puniu os envolvidos no caixa 2 mineiro.

 

O Lobinho travesso, filho do velho Lobão, decidiu pegar o boné e avisou que abandonará o DEM.

 

Falem o que quiserem. Mas o DEM é o primeiro partido político brasileiro – que eu esteja lembrado – a expurgar um filiado por acusação de corrupção e bandalheiras afins. Isto é muito bom. Segue a notícia que está no site do Estadão:

 

Pressionado pela cúpula do DEM, o senador Edison Lobão Filho (MA) comunicou nesta quarta-feira, 23, ao líder do partido no Senado, Agripino Maia (RN), que vai abandonar a legenda. "Será melhor para ele, melhor para o partido", disse Agripino. Alvo de investigações do Ministério Público em um milionário caso de sonegação fiscal, Lobão Filho tornou-se um incômodo para o partido, principalmente, depois que seu pai, Edison Lobão (PMDB-MA), de quem é suplente no Senado, assumiu o ministério de Minas e Energia.  

 

"Não queremos um senador da base do governo no DEM. Houve, mesmo, pressão para que ele saísse", disse o presidente do DEM, deputado Rodrigo Maia (RJ). "Disse a ele que era uma incoerência política a permanência dele no partido", afirmou Agripino.

 

Segundo Agripino, o DEM não vai reclamar o mandato de Edison Lobão Filho no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em outubro passado, o tribunal decidiu que senadores, prefeitos e governadores - eleitos pelo sistema majoritário - que mudaram de partido após 16 de outubro de 2007 estão sujeitos à perda de mandato se mudarem de partido.

 

Para a cúpula do DEM, Lobão Filho disse que estará em Brasília na próxima segunda-feira. O suplente de senador, segundo informações da família, estava até o início desta semana de férias, nos Estados Unidos.

 

Ele tem prazo de 60 dias para assumir a cadeira e mais 30 dias de prorrogação - desde que justifique motivos para a prorrogação.



Escrito por Aluizio Amorim às 23h15
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 17h30
[   ] [ envie esta mensagem ]




Tsunami econômico

 

Paulo Castellari Filho (*)

 

Nestas primeiras semanas do ano que está começando as autoridades brasileiras foram à televisão em inúmeras oportunidades para tentar tranqüilizar a população negando o perigo de um surto de febre amarela, afirmando que não haverá apagão de energia elétrica e, finalmente, para jurar de pés juntos que o Brasil está suficientemente seguro contra a crise americana.

 

No que respeita à economia, quem comprou ações da Petrobras acima de R$ 80,00 sob os efeitos do Tupy parece ter uma idéia muito diferente de tudo o que afirmam as autoriades, não é Sr. Henrique Meirelles?

 

A bolsa antecipa movimentos da economia real, ela constrói o humor da economia. Não é à toa que todo o dia do ano se fala dela na televisão, embora não mais que 3% da população entenda o conteúdo do que dizem os analistas de mercado.

 

Não é preciso ser esperto para saber que as coisas andam mal no governo Lula. Entretanto, esta funesta realidade é abafada e não aparece no noticiário da grande mídia. E o governo lulístico, contumaz gastador de dinheiro público, nem se preocupa em molhar a mão dos jornalistas já que a maioria é petralha de carteirinha.

 

Mas a realidade econômica vai calar esses mentirosos. Diversos acontecimentos ameaçam a estabilidade econômica mundial. Todos de alto teor explosivo.

 

-  Déficits gêmeos americanos. Os americanos gastaram mais do que tinham por décadas, construíram uma divida inimaginável para o brasileiro comum. Isso requer desvalorização do dólar para interromper a gastança. Isto é, fazer o povo americano empobrecer. Uma coisa leva a outra e o consumo lá vai cair e não tem conversa. Falta de consumo quer dizer recessão.

 

- Inflação nos preços dos alimentos, deflação nos produtos industrializados. A China tem muita gente, o planeta tem muita gente. Todo mundo precisa de alimentos e eles vão se tornar cada vez mais caros. A China tem muitas indústrias competitivas e com o fator mão de obra contando a seu favor, lá se paga salário de fome. Um complexo industrial enorme e superprodução. Na hora que os chineses verem que suas exportações começam a declinar e iniciem o processo de queima de estoques e produção, os industriais brasileiros verão o que é bom para tosse. Televisores chineses serão oferecidos a $ 100,00 mangos nas lojas. Vai ser a maior deflação que o mundo já viu em produtos industrializados, muitos países quebrarão a cara e o Brasil pode ser o primeiro.

 

- O preço do petróleo não vai cair até 2010, quando os EUA, Europa e Japão começarem a vender os carros elétricos para a população a fim de trocar a base energética dos transportes terrestres movidos a combustível fóssil. A Petrobrás receberá um duro golpe em 2011. A recessão econômica mundial, levando-se em conta os valores envolvidos, deverá durar mais do que um ano. Dizer que o Brasil não será atingido é no mínimo uma piada de mau gosto. As reservas brasileiras não durarão nem meio ano frente ao desencaixe monetário que irá acontecer. Muito dinheiro vai sumir de forma mágica, incluindo nossas reservas.

 

O tsunami econômico está chegando, não há como escapar dele.

 

(*) Paulo Castellari Filho é expert em mercado e bolsa de valores e analista colaborador deste blog. Atua em São Paulo.



Escrito por Aluizio Amorim às 13h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 12h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




CRISE GLOBAL FAZ TREMER FUNDAMENTOS PETRALHAS

A bolha podre e a militância

do jornalismo esquerdopata

Pelo raciocínio da editora executiva da Folha de São Paulo, as coisas deveriam ser feitas mais ou menos assim: se na democracia existem vagabundos, achacadores e picaretas de todos os matizes, acabe-se com a democracia.

 

O texto que segue abaixo, após este prólogo, intitulado “Defender o capitalismo”, é um libelo contra o capitalismo e teríamos que acabar com ele também pelo fato de que dele se valem, igualmente, os vagabundos, achacadores e picaretas de todos os matizes e até mesmo “mocinhos engomados”. Pelo jeito, Eleonora de Lucena, que assina este artigo na Folha de hoje, prefere petralhas amarrotados. Questão de gosto.

 

Eleonora usufrui de energia elétrica, computador, provavelmente tem seu automóvel, utiliza medicamentos quando é acometida por alguma moléstia, viaja de avião, enfim, utiliza todo o conforto gerado pela prosperidade advinda do capitalismo? Ou estou enganado? Ou tudo o que há de bom no mundo veio da ex-URSS, de Cuba ou a China?

 

No afã de safar-se da enrascada que se avizinha, valentes como Eleonora já colocaram as unhas de fora e saíram atirando, destilando seu antiamericanismo e defendendo o que é mesmo? O fim do capitalismo?...hahahaha...

 

Pois os Estados terão sim que resolver a parada injetando dinheiro no mercado para minimizar os efeitos deletérios da bolha podre subprime. Quer o quê Eleonora? A queda da Bastilha?

 

Pois eu, Leonora, estou torcendo para que esses “mocinhos engomados” tenham feito um estrago maior do que se imagina.

 

De minha parte o que eu desejo ardentemente (epa!) é ver o circo e os botocudos pegarem fogo! ...hehehehe...

 

Eis o texto dessa valente editorialista, típica praticante do jornalismo politicamente correto, que ouve sempre o outro lado, que edita artigos de botocudos como Emir Sader, João Pedro Stédile et caterva (argh!).

 

Eis o texto de Eleonora:

 

MOCINHOS engomados e arrogantes colhem seus robustos bônus. Suas apostas foram catapultadas pela arquitetura de geração fácil de riqueza. Tiveram o incentivo dos chefes dos bancos e o beneplácito das autoproclamadas agências de risco. Como numa singela pirâmide, ou uma corrente de felicidade, anabolizaram cifras, inflaram créditos e prometeram aos incautos as maravilhas do luxo e da segurança.


Embrulhadas em números gostosos, as projeções esconderam um mundo oco. Enrolaram cidadãos, empresas, governos. Os acrobatas garantiram seus ganhos e agora assistem ao castelo desmoronar. Sincronizados, engavetaram os libelos pelo livre mercado. Com o rabo entre as pernas, clamam por socorro do arquiinimigo Estado.


Já foi dito que uma das funções do Estado moderno é defender o capitalismo de ações dos capitalistas. É precisamente o que acontece agora. O Estado -que organiza e agencia os interesses dos grupos dominantes -é chamado a agir assim nas crises. Afinal, é preciso que alguém assuma o controle da situação. Que possa atuar para além dos bônus anuais, do curto prazo, dos ganhos dos rentistas.

 
Senão, no limite, o próprio modelo pode ser corroído pela avidez desenfreada da busca por lucros privados. Assim, quando as perdas dos grandes se agigantam, é hora de o poder se reorganizar. Nesse momento, governos são instados a criar uma enorme rede de proteção aos capitalistas: dinheiro público barato para tapar rombos, perdões de dívida, cortes de impostos.


Rapidamente é turbinado o mecanismo de socialização das perdas, após mais um ciclo exitoso de privatização de ganhos. É preciso resgatar o sistema financeiro.


Afinal, com suas diatribes, ele ameaça levar de roldão as famílias, as fábricas, as lojas -o pânico passa a rondar as economias. Não existe cordão sanitário ao redor das finanças globais. Estados Unidos, China, Japão, Europa e Brasil estão expostos à mesma tormenta.

 
O dia de ontem foi um exemplo disso. Uma prova de que o mercado quer mais. Mais dinheiro do Estado para pagar a sua conta e manter a ordem das coisas. Os bancos centrais vão ter que despejar mais dólares em socorro do mercado. Os bancos privados vão buscar mais apoio nos fundos estatais. Os EUA já articulam uma regra de calotes e um alívio para impostos.


Passada a tempestade, serão propostas medidas de regulação das finanças, de controle sobre a ação dos fundos agressivos, de transparência para as agências de risco. É possível que os próximos capítulos sejam menos audaciosos para os mercados. Até uma nova geração de mocinhos. E sem estigma: eles são apenas peças mais visíveis dessa engrenagem chamada capitalismo.



Escrito por Aluizio Amorim às 05h21
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 05h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




ENFIM

Justiça Federal suspende o

sistema de cotas da UFSC

A Justiça Federal de Santa Catarina suspendeu o sistema de cotas instituído pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina) e determinou que as vagas do vestibular de 2008 sejam preenchidas por ordem de classificação dos candidatos.

 

A decisão liminar foi deferida pelo juiz Gustavo Dias de Barcellos, após ação civil pública proposta pelo Ministério Público Federal.

 

Com a decisão, a qual cabe recurso, todo candidato que alcançou pontuação mínima exigida para classificação em cada curso terá direito a se matricular e a freqüentar as aulas. (Leia tudo sobre a decisão da Justiça Federal de Santa Catarina).



Escrito por Aluizio Amorim às 04h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 20h28
[   ] [ envie esta mensagem ]




GASOLINA MAIS CARA QUE NO PRIMEIRO MUNDO

Estado petralha gigante faz

a desgraça dos brasileiros

O brasileiro paga mais pela gasolina que os motoristas americanos, europeus ou japoneses. Um levantamento feito no Chile pelo setor automotivo indicou que o combustível tem pesado mais no bolso dos consumidores dos países emergentes que dos países ricos.

Com a alta histórica nos preços do barril do petróleo, governos, produtores e investidores monitoram com atenção os impactos do valor do combustível nas economias. Durante o Fórum Econômico Mundial, que começa amanhã em Davos (Suíça), o tema do custo da energia será um dos pontos centrais dos debates.

O temor de muitos em Davos é de que a alta no valor do barril acabe gerando pressão inflacionária em outras áreas e elevando o custo de produção.


Segundo a Associação de Automobilistas do Chile, um litro de gasolina no Brasil equivale a 0,13% da renda média de uma pessoa por mês. No Chile, por exemplo, a taxa chega a 0,18%, contra 0,24% na Turquia.

Já nos Estados Unidos, um litro de gasolina representa 0,02% da renda individual em um mês. Na Itália, por exemplo, a taxa é de 0,05%, contra 0,06% na Grécia, 0,06% na Espanha e apenas 0,04% no Japão, país importador de petróleo.

Parte do problema seria o volume de impostos cobrados sobre o combustível. Só no Chile o imposto representa 40% do valor cobrado pela gasolina. (Do site do Estadão).

 

MEU COMENTÁRIO: enquanto permanecer o patrimonialismo e o gigantismo estatal teremos que trabalhar apenas para pagar as mordomias desses desgraçados, vagabundos e ladrões.

 

O sujeito no Brasil nasce para ser infeliz a vida inteira porque tem que alimentar essa corja agarrada nas tetas do Estado.

 

Além dos burocratas profissionais é obrigado a alimentar também banqueiros e empresários vagabundos que não podem prescindir do Estado. É por isso que apóiam qualquer governo.

 

Com Lula no poder esta situação está chegando a um perigoso limite, dada a ânsia de poder pelos petralhas. Eles dependem exclusivamente do aumento do Estado e, para isso, têm de extorquir a população via aumento dos preços da gasolina, da energia elétrica e de todos os impostos possíveis e taxas possíveis.

 

Defender empresas estatais é a maior insanidade que pode haver na face da terra.

 

Veja-se este exemplo da gasolina. País onde impera a idiotia o Estado é gigantesco e as coisas ficam piores. Se a massa é carnavalesca, pior ainda.

 

A única esperança que resta é que essa crise internacional prospere e arrase com esses países tipo Brasil e toda a horda de botocudos cucarachas.

 

A partir daí, quem sabe, quem sabe, essa manada de idiotas é capaz de acordar.



Escrito por Aluizio Amorim às 14h21
[   ] [ envie esta mensagem ]




DELENDA LIXO OCIDENTAL

Brasil poderá ser arrasado

com a crise internacional

Enquanto permaneceu o período de bonança da economia internacional as taxas juros no Brasil foram timidamente diminuídas. Na verdade, baixaram pouquíssimo enquanto os banqueiros faturaram como nunca antes neste país.

 

Com a crise advinda com a explosão da bolha podre subprime as taxas de juros brasileiras, as maiores do mundo, subirão ainda mais.

 

A conta será paga mais uma vez pelos assalariados, principalmente a classe média que vem sendo castigada desde que a bandalha do PT chegou ao poder.

 

Tomara que essa bolha podre estoure inteira em cima do Brasil e destrua de uma vez esse lixo ocidental, essa coisa imunda e nojenta chamada Brasil.

 

Vão ver só o que são "fundamentos sólidos" da economia...hehehehe...



Escrito por Aluizio Amorim às 13h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 13h48
[   ] [ envie esta mensagem ]




MAIS UM ESCÂNDALO

Governo Lula gasta R$ 1,2 mi

por dia com viagens e diárias

O governo gastou R$ 478 milhões com pagamento de diárias a funcionários públicos, assessores e ministros no ano passado. O valor corresponde a um acumulado, nos últimos quatro anos, de R$ 1,7 bilhão, de acordo com o Portal da Transparência, site oficial do próprio governo.

 

Nesse período, o desembolso médio atingiu R$ 1,2 milhão por dia para financiar hotéis, alimentação e deslocamento urbano de seus funcionários e autoridades. O valor não inclui passagens aéreas. (Leia mais).

 

MEU COMENTÁRIO:  como se vê não há nenhum motivo para aumentar mais nem um centavo de impostos. O que se faz necessário é o governo parar de gastar. É claro que com essa farra não sobra nada para investimentos.

 

Está aí mais uma prova de que o aumento recente de impostos decretado por Lula é vergonhoso. OSupremo Tribunal Federal tem o dever de julgar procedentes as ações propostas pelo partido Democratas contra a voracidade fiscal do governo petralha.



Escrito por Aluizio Amorim às 12h51
[   ] [ envie esta mensagem ]




APEDEUTA É REPUDIADO

Oposição cubana acusa Lula

de fazer jogo dos opressores

O engenheiro Oswaldo Payá, um dos mais destacados opositores ao regime de Fidel Castro em Cuba, diz que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva escolheu ficar ao lado dos opressores e não do povo cubano na visita que fez ao país esta semana, quando se encontrou somente com integrantes do governo.


Payá, líder do Movimento Cristão de Liberação, que defende o direito de todos os cubanos se candidatarem às eleições e a liberdade de expressão no país, diz que Lula, ao apoiar Fidel Castro, nega aos cubanos o direito aos valores democráticos que defende no Brasil. (Leia a entrevista completa).

 

N.B.: aproveite o embalo e leia também: Apesar de Fidel, capitalismo chega às ruas de Cuba.



Escrito por Aluizio Amorim às 19h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 13h06
[   ] [ envie esta mensagem ]




É POR ISSO QUE O GOVERNO PRECISA DA CPMF

Matilde Ribeiro: gastos de R$ 171.500,00 no cartão corporativo.

Matilde, da Igualdade Racial,

e o uso dos cartões crédito.

Isto é o que a revista Veja descobriu sobre o uso dos famigerados “cartões de crédito corporativos”, pagos, claro, com o dinheiro dos contribuintes. Mas não é só a valente lutadora pela igualdade racial que utiliza esse mimo. Toda a nomenklatura petista palaciana tem direito ao uso desses cartões. Eis a matéria de Veja que está indo às bancas neste sábado:

 

A assistente social Matilde Ribeiro é uma das ministras mais longevas do governo Lula. Ela comanda a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial desde março de 2003.

 

Apesar de estar há tanto tempo no cargo, o que ela faz em Brasília ainda é um mistério. Recentemente, abriu-se uma chance de preencher essa lacuna. É possível traçar um retrato detalhado das ações e dos hábitos da ministra com base na fatura do seu cartão de crédito corporativo.

 

O uso desse tipo de benefício é concedido aos funcionários que ocupam os cargos mais altos da Esplanada e do Palácio do Planalto. Serve para que eles paguem algumas despesas decorrentes do exercício da função.

 

No fim do mês, a conta é enviada ao Tesouro. Estaria tudo certo se o cartão fosse usado com critério, mas tem sempre aqueles que exageram. Matilde está entre eles.

 

Fechadas as contas de 2007, descobriu-se que ela torrou 171.500 reais no cartão pago pelos contribuintes. Foi de longe a ministra mais perdulária da Esplanada. Em média, foram 14.300 reais por mês, mais do que seu salário, que é de 10.700 reais. Isso, sim, é que é emenda no orçamento.

 

Matilde jura que só usou o cartão corporativo para pagar despesas de viagens oficiais. De fato, ela viaja tanto que poderia assumir o Ministério do Turismo. No ano passado, pagou 67 contas em hotéis – média de 5,5 contas por mês. É rara a semana em que ela não se hospeda em algum estabelecimento.

 

Seu favorito é o confortável Pestana, um cinco-estrelas que enfeita a Praia de Copacabana. Ela esteve por lá 22 vezes no ano passado, ao custo total de 10.000 reais. A ministra também gosta de usar o cartão para pagar contas em bares, choperias, quiosques, restaurantes, rotisseries e até padarias.

 

No Rio de Janeiro, ela adora o restaurante Nova Capela, conhecido reduto da boemia carioca, e o bar Amarelinho, que se orgulha de servir o chope mais gelado da cidade.

 

 Em São Paulo, Matilde é assídua na padaria Bella Paulista, que fica aberta 24 horas por dia e é freqüentada pelos notívagos paulistanos. Nas refeições, ninguém pode acusá-la de abandonar a bandeira da igualdade racial: ela usou seu cartão dez vezes em restaurantes italianos, nove em árabes e três em japoneses.

 

A maior parte dos gastos do cartão de crédito corporativo da ministra, no entanto, se refere a aluguel de veículos. Ela tem um carro oficial em Brasília e, quando viaja, não se arrisca a ficar a pé.

 

Assim que desembarca em uma cidade, saca o seu cartão oficial e, zás, aluga um automóvel do seu gosto. Em 2007, ela usou nada menos que 126.000 reais com essa finalidade. Curiosamente, se decidisse alugar um Vectra, o veículo mais caro oferecido pela sua locadora habitual, a Localiza, gastaria 116.000 reais por ano.

 

Que tipo de carro será que a ministra aluga? Matilde utilizou o cartão de crédito do governo até para fazer compras em free shop. Em 29 de outubro, gastou 460 reais em um desses estabelecimentos.

 

Questionada por VEJA, a ministra disse que, na ocasião, usou o cartão pago com dinheiro público "por engano" e que "o valor já foi ressarcido à União".

 

Ela passou pelo free shop na volta de uma de suas muitas viagens ao exterior. Em 2007, Matilde visitou Estados Unidos, Cuba, Quênia, Burkina Faso, Congo e África do Sul. Na semana passada, estava no Senegal. Quem sabe até o fim deste ano ela não descola também um cartão de crédito internacional?

(Foto: Agência Brasil).



Escrito por Aluizio Amorim às 04h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 12h37
[   ] [ envie esta mensagem ]




NELSON MOTTA

A nova cabeleira do Zezé

 

Nelson Motta é uma exceção dentre os cronistas da grande mídia, na esmagadora maioria contumazes aduladores do Apedeuta. Atualmente é o melhor, ao lado do consagrado Diogo Mainardi. Corre o risco, por isso mesmo, de ser também execrado pelo petralhismo.

 

No entanto, aqui no blog, tem o seu lugar garantido e por isso transcrevo a sua coluna da Folha de São Paulo desta sexta-feira:

 

Uma das mais legítimas aspirações do ser humano é se tornar mais belo, aos seus próprios olhos e diante das fêmeas e dos machos da espécie. Zé Dirceu é humano, tem pleno direito de querer ficar mais bonito e, como homem de esquerda, sempre acreditou que os fios justificam os meios.


O Brasil não é só o país da piada pronta do Zé Simão, também está virando o da metáfora pronta. Como essa, político-capilar, estrelada por Dirceu, tirando fios de cabelo da nuca e reimplantando-os na vasta e brilhante testa.


O velho guerreiro vai voltar à cena com o seu velho topete. Zé Dirceu sempre foi topetudo, e se orgulhava de ser chamado de "Alain Delon dos pobres".

 

Até como galã, Dirceu já mostrava uma opção preferencial pelos pobres, embora suas fãs fossem as jovens universitárias das elites brancas: a nobre calça e a cabeleira rebelde se completavam.


Na guerra do mensalão, Dirceu se descabelou. Na solidão de sua sala no Planalto, arrancava os cabelos em fúria e desespero, até finalmente cair em desgraça, semicareca e acusado de ser o chefe de uma quadrilha que cometeu crimes cabeludos contra a democracia. Sua voz e seu sotaque continuaram os mesmos, mas os seus cabelos... E Dirceu ainda teve o topete de dizer que não sabia de nada.


Ao resgatar remotos cabelinhos rebeldes da nuca histórica e reimplantá-los na devastada testa pós-queda, Dirceu sinaliza para a militância que é hora de tomar as ruas e arrepiar, fazer onda, encrespar. Alisar e amaciar, jamais.

 

E denuncia que o mito de que, "na hora do aperto, é dos carecas que elas gostam mais" é armação da direita disfarçada de marchinha de Carnaval.


E o "corta o cabelo dele!" da "Cabeleira do Zezé" é uma palavra de ordem fascistóide da imprensa golpista.



Escrito por Aluizio Amorim às 03h46
[   ] [ envie esta mensagem ]




PREPAREM AS LAMPARINAS E ESTACAS DE MADEIRA

Pensando bem, com essa cara de vampiro botocudo, Lobão seguramente está mais para a escuridão. (Afanei esta foto lá do blog do Jamildo).



Escrito por Aluizio Amorim às 16h43
[   ] [ envie esta mensagem ]




E OS PETRALHAS AINDA QUEREM MAIS

Arrecadação do governo

ultrapassa R$ 600 bilhões

A arrecadação de impostos e contribuições federais, o que inclui também as receitas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), além das "demais receitas" (concessão e "royalties" de petróleo, entre outros), bateu novo recorde no ano passado ao totalizar R$ 602,7 bilhões, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (17) pela Receita Federal. Contra 2006, o crescimento real, isto é, descontada a inflação, foi de expressivos 11,09%.

 

Em seu último ano de vigência, a Contribuição Provisória Sobre Movimentação Financeira (CPMF) arrecadou R$ 37,2 bilhões.

 

Descontados esses recursos, ainda segundo informações da Receita Federal, a arrecadação teria crescido R$ 24,1 bilhões. Os números já foram todos corrigidos pela inflação, metodologia considerada mais correta pela Receita Federal. (Do site G1).

 

MEU COMENTÁRIO: atenção senhores Ministros do Supremo Tribunal Federal. Está aí mais um motivo para que sejam julgadas procedentes as ações propostas pelo DEM contra o odioso aumento de impostos decretado por Lula.

 

Ao TCU, cabe aos seus auditores ficarem de olhos bem abertos.

 

Sobra dinheiro. Mas os petralhas comem tudo e só guardam um restinho para comprar votos nos grotões. Claro, há outra parte sugada pelos vagabundos do PMDB, os fiadores do poder petralha.



Escrito por Aluizio Amorim às 16h35
[   ] [ envie esta mensagem ]




AS MARAVILHAS QUE NINGUÉM VÊ

A realidade e as análises

das editorias de economia

Enquanto a economia real vai de mal a pior os economistas, sim sempre eles, continuam festejando um crescimento fantástico do Brasil. Com a maior cara-de-pau dizem o seguinte:

 

"Mesmo que a economia não cresça, ainda assim o PIB se expandirá em 2,4%", diz. "Não deixa de ser efeito estatístico."

 

“O crescimento no Brasil segue em ritmo acelerado. Segundo o IBGE, as vendas no varejo cresceram 1,6%, em novembro, e 12%, na taxa anualizada. O crédito se expande a taxas acima de 30%, os salários estão em alta, o governo vai conceder aumento do salário mínimo, a indústria trabalha a pleno vapor e os juros caíram em 2007.”

 

Que maravilha, não é? Vamos a um pequeno exemplo, tomando apenas uma categoria de trabalhadores.

 

Pelo menos aqui em Florianópolis é só dar um volta nos shoppings e no comércio em geral e perguntar para os comerciários como estão as coisas e como foram as vendas de natal.

 

A resposta, com perdão da má palavra, invariavelmente será: uma merda. Esse milagre mágico do crescimento só nos cáculos do IBGE totalmente apetralhado. A verdade é que os salários estão praticamente congelados e existe uma inflação reprimida, maquiada, que não reflete a verdade.

 

Há ajuste adoidado de preços que vão desde os planos de saúde até o pacote de pipoca do cinema. O reajuste dos salários não chega a 5%.

 

Um comerciário em Florianópolis ganha o piso da categoria, algo em torno de R$ 500,00. As empresas dão a eles 1% de comissão sobre as vendas.

 

Se o comerciário vender R$ 100.000,00 no mês – o que não é nada fácil – ganha R$ 1 mil de comissão. Entretanto, este R$ 1 mil não soma com o piso. Seu salário no final do mês será R$ 1 mil! Caso não venda nada, receberá o apenas o piso.

 

Nos shoppings da cidade os comerciários sequer podem fazer um lanche. Já testemunhei alguns comerciários comprando no velho esquema da “caderneta” para pagar no final do mês. E isto não acontece num shopping da periferia, mas no Iguatemi, que é o supra-sumo, freqüentado pela classe média e alta. Imaginem o resto.

 

Qualquer universitário que se forma sabe que quando chegar ao mercado de trabalho lhe oferecerão um salário merreca. Tirante os empregos no Judiciário, Legislativo e Executivo, o resto é o resto. Quem ganha um pouquinho mais entrega boa parte para o governo através do imposto de renda sacado diretamente de sua folha de pagamento.

 

É por isso que não dá para entender como a Folha de São Paulo pode permitir que seja veiculada uma matéria que não corresponde à realidade. É mentira. Os brasileiros – perdoem-me mais uma vez – estão na merda, pendurados em empréstimos, prestações a juros absurdos e vagam pelas ruas apenas com o vale-transporte no bolso.

 

Só para mostrar o quanto este país é uma mixórdia, lojas do McDonald, um estabelecimento popular nos países desenvolvidos, são freqüentadas pelas classes médias e altas.

 

Dá para morrer de rir, se não fosse trágico, quando se lê o que dizem os economistas e os jornalistas penas alugadas, que se limitam a reproduzir as afirmações dos lobistas a serviço dos tubarões da indústria e dos banqueiros insaciáveis ou, ainda, a soldo do governo petralha.

 

E notem. Com o controle da CUT, não há um só movimento grevista e de protesto envolvendo categorias de trabalhadores fora de órgão governamentais. Se a bolha podre subprime respingar por aqui o pau vai comer. Ah, vai sim.

 

Reproduzo parte da coluna Mercado Aberto da Folha de hoje. Reparem:

 

Mesmo com a forte desaceleração da economia nos Estados Unidos, o Brasil ainda deve crescer 4,8% em 2008. No ano passado, a expansão deve ter ficado em 5,4%, segundo projeções do Goldman Sachs, uma das instituições menos atingidas com a crise.


Essa previsão para o Brasil foi feita com base em uma aposta de os Estados Unidos crescerem 2,2% em 2007 e 0,8% neste ano. O Goldman Sachs prevê que a taxa básica de juro nos EUA feche o ano em 2,5%. Atualmente, encontra-se em 4,25%.


Segundo Paulo Leme, diretor para países emergentes do Goldman Sachs, uma boa parte dessa previsão de crescimento para o Brasil em 2008 se deve ao fato de o país já iniciar o ano em ritmo forte de expansão.


O país já tem garantida uma expansão para este ano de 2,4%, que é o chamado "carry over", o efeito estatístico do crescimento de um ano para o outro.


"Mesmo que a economia não cresça, ainda assim o PIB se expandirá em 2,4%", diz. "Não deixa de ser efeito estatístico."


O crescimento no Brasil segue em ritmo acelerado. Segundo o IBGE, as vendas no varejo cresceram 1,6%, em novembro, e 12%, na taxa anualizada. O crédito se expande a taxas acima de 30%, os salários estão em alta, o governo vai conceder aumento do salário mínimo, a indústria trabalha a pleno vapor e os juros caíram em 2007.


Tudo isso ajuda o mercado interno, que tem sido o grande responsável pelos altos índices de crescimento da economia.


A má notícia, no entanto, segundo Paulo Leme, é que a taxa de inflação continua em alta. O economista acha que o maior risco para o Brasil não é o cenário externo, e sim o interno, em razão do aumento da inflação.


"A inflação está aumentando o risco de uma elevação dos juros", diz Leme.


O Goldman Sachs trabalha com a probabilidade de 40% de aumento dos juros neste ano, mas a tendência é que esse número aumente. O país cresce a um ritmo mais acelerado em relação ao período quando foi traçado esse cenário.


De qualquer forma, Leme acredita que o Brasil está atualmente bem posicionado para enfrentar a crise de desaceleração econômica nos Estados Unidos. A seu ver, poderia, no entanto, estar em melhor situação, caso tivesse priorizado o corte de gastos e feito algumas reformas, mesmo pequenas, que poderiam ter contribuído bastante para o processo de estabilização da economia.


"Dez tiros de estilingue bem pensados poderiam ter um efeito muito maior do que uma bomba atômica em matéria de reformas", diz Leme.



Escrito por Aluizio Amorim às 05h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




HISTORÍOLA ÀS AVESSAS

Chapeuzinho Vermelho

manda ver com o Lobão

Há muito tempo que denunciO aqui no blog a condescendência da grande mídia com aquilo que é respeitante aos atos do governo petralha.

 

Vocês podem ter notado que tenho reproduzido alguns editoriais como este que segue após este prólogo e que está na Folha de São Paulo desta quinta-feira, para assinalar que só nos últimos tempos os jornais decidiram, finalmente, tomar uma posição e denunciar à opinião pública o fisiologismo do governo Lula e trambiques correlatos.

 

E parece até que o editorialista da Folha anda dando uma espiada aqui no blog. Mais abaixo reproduzo a matéria de Veja com um comentário aludindo ao fato de que Lobão, totalmente analfabeto em questões de energia, chegou a confessar, logo após sua indicação para o cargo, que havia começado a ler sobre o assunto. O post é de sábado passado.

 

Embora com certo atraso a Folha de hoje, ainda que pegando leve com relação a todo esse fisiologismo abjeto exercido numa área crítica da administração federal, pratica o bom jornalismo, dizendo o que tem de ser dito.

 

Está certa a direção da Folha. Chega de fazer festa em torno dessa história ridícula de “presidente operário”. Falta apenas a essa importante empresa jornalística meter no olho da rua os jornalistas chapeuzinhos vermelhos que infestam a sua redação.

 

Aqui no blog não tem meias palavras. É fogo nos botocudos! Eis o editorial:

 

Dificilmente alguém terá ascendido ao cargo de ministro de Estado numa situação de tão precário prestígio quanto o senador Edison Lobão, do PMDB maranhense. Ainda que não seja do feitio desta Folha incorrer em prejulgamentos de natureza pessoal, é patente que faltam ao indicado para o Ministério de Minas e Energia qualificações técnicas para o cargo.

 

Falar em "qualificações técnicas" soa até como eufemismo, diante do que o próprio Lobão já admitiu. "Estou me informando", disse placidamente o político peemedebista, "sobre energia elétrica, sobre hidrelétrica, sobre gás, sobre petróleo."

 

Muitas noites em claro seriam necessárias, entretanto, para completar as leituras que pudessem habilitá-lo a tomar decisões em área tão vital; e não há garantias de que um apagão não as interrompa antes do tempo.

 

Enquanto setores técnicos do governo divergem sobre os riscos de falta de energia, Lobão cuida de abrigar-se de uma excessiva exposição aos calores do debate. "Nem sequer pus o pé na soleira do ministério e já estão me debitando coisas que possam acontecer no futuro."

 

Faça chuva ou faça sol, o fato é que "a soleira" das Minas e Energia foi franqueada sem cerimônias nem rodeios. Um observador afeito a jogos de palavras não deixaria de ver, na entrada de Lobão, mais um sinal de que as edificações da Esplanada dos Ministérios se assemelham mais e mais àquelas cabanas de palha e de madeira construídas pelos porquinhos da historieta, incapazes de resistir à voracidade dos interesses fisiológicos de toda espécie.

 

Se for imprópria a menção a um clássico infantil, cabe recordar a fábula supostamente moralizante que o presidente Lula empenhou-se em contar certa vez. Discutia-se a composição de sua equipe ministerial. "Com saúde e educação não se brinca": eram tranqüilizadoras as pretensões da assertiva presidencial. Revelaram-se contudo proféticas, no que diz respeito à nomeação nas Minas e Energia.

 

O ministério foi oferecido a Edison Lobão num ato de vassalagem ao PMDB sarneyzista. Da feudalização do Executivo, passa-se, no Senado, a contingências igualmente alheias à lógica política republicana. Reserva-se a Edison Lobão Filho a vaga de Lobão Sênior na Câmara Alta.


Sucessão legítima: ainda que sem trajetória política própria, Edinho, como é chamado, foi eleito -conforme as regras, notoriamente criticáveis, do sistema em vigor.

 

Todavia já surgem, e novamente não é o caso de julgá-las antes de uma investigação definitiva, denúncias contra ele. Nem sequer teria apetite pelo cargo, assevera o pai. Cogite-se então do suplente do suplente, Remi Ribeiro -e suas dificuldades com o Tribunal de Contas da União começam a bater às portas do noticiário.

 

Coisas do mundo encantado de Brasília. A história prossegue. Cabe acompanhá-la de olhos abertos -mesmo em caso de falta de luz.



Escrito por Aluizio Amorim às 03h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 01h32
[   ] [ envie esta mensagem ]




VERGONHOSO

Lula é amigo de Fidel, Chávez

e dos vagabundos terroristas

Chávez, o bufão venezuelano é amigo de Fidel Castro. Lula é amigo de ambos e nesta terça-feira deixou-se fotografar ao lado do caudilho cubano e a ele endereçou loas. Chávez, Fidel e Lula apóiam as FARC, até porque o Apedeuta enviou o sargento Top Top Garcia como protagonista de uma jogada do bufão bolivariano naquele episódio de libertação de reféns.

 

Lula age como se fosse dono do Brasil. Pouco lhe importa que os cidadãos honrados e decentes deplorem o narcoterrorismo das FARC, o reinado absolutista de Fidel Castro e a fanfarronice bolivariana do botocudo-mor da América Latina.

 

Lula não tem qualquer respeito por ninguém, nenhum apreço pela democracia, pela lei e pela ordem.

 

Se alguém acha que estou exagerando, leia a matéria que segue após este prólogo e que está na revista Veja desta semana e que revela o que são as famigeradas FARC. Chávez reivindica que sejam reconhecidas como um grupo insurgente. Os EUA e a União Européia qualificam o bando de terroristas. Até agora Lula adota uma posição dúbia que, na verdade, é de condescendência com os narcoterroristas.

 

Se Lula e seus sequazes fossem civilizados jamais teriam como amigos vagabundos como Fidel Castro, Chávez, Morales e os bandoleiros das FARC.

 

Indagado pelos jornalistas sobre como classificaria as FARC, o Apedeuta saiu pela tangente, destilando aquela verborragia que lhe é peculiar mas não traiu seus amigos terroristas. Preferiu trair o Brasil. (Clique neste link e confira a matéria. Note que o Estadão agora já não denomina os facínoras de "guerrilheiros", mas apenas de "grupo". Por que não "grupo terrorista", se esta é a verdade? Vamos lá Estadão! Dê o nome aos bois!)

 

O pesadelo terminou finalmente para as colombianas Clara Rojas e Consuelo González. Na quinta-feira passada, elas foram libertadas pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o grupo narcoterrorista que as mantinha aprisionadas havia seis anos, sob privações terríveis, em campos de concentração no meio da selva.

 

O gesto dos terroristas, uma espécie de presente com o objetivo de promover um aliado, o presidente Hugo Chávez, da Venezuela, é uma gota d’água num oceano de horror. Estima-se que outros 774 reféns permaneçam em mãos de seus algozes.

 

O relato doloroso das condições do cativeiro, feito por Consuelo, permite conhecer os detalhes de como os reféns, pessoas de todas as idades, incluindo crianças, são tratados por seus seqüestradores. O cenário é horripilante: "Os homens passam o dia inteiro presos pelo pescoço com correntes, com as quais tomam banho e fazem qualquer outra atividade, e, à noite, são amarrados às árvores existentes ao lado de cada cama".

 

Consuelo contou que as prisioneiras têm graves problemas de saúde, sem nenhuma possibilidade de receber atendimento médico. Ex-senadora de 57 anos, ela foi seqüestrada pelos terroristas em setembro de 2001. Além dos sofrimentos físicos aos quais foi submetida, passou pela tortura moral de ser impedida de comparecer ao enterro do marido, morto por um infarto um ano depois do seqüestro.

 

O sofrimento de Clara Rojas inclui um seqüestro dentro do seqüestro: seu bebê, nascido no cativeiro, foi arrancado à força de seus braços quando tinha 8 meses, e ela nunca mais o viu. Hoje com 44 anos, Clara foi seqüestrada em fevereiro de 2002 junto com Ingrid Betancourt, de quem era assessora na campanha pela Presidência da República.

 

Clara engravidou de um de seus seqüestradores em 2003. O parto equivaleu a uma sessão de tortura. A cesariana foi realizada com uma faca de cozinha por três terroristas numa barraca no meio da selva. Era tal a brutalidade dos parteiros improvisados que acabaram por quebrar o bracinho do recém-nascido. "Fiquei quarenta dias me recuperando, sem sair da cama, sem me mover", contou Clara.

 

Sabe-se agora que Emmanuel foi entregue pelos terroristas a um simpatizante, que, por sua vez, o deixou em um orfanato, onde só foi localizado pelo governo colombiano no mês passado. A libertação de Clara e Consuelo ocorreu dez dias depois do fracasso de uma operação de resgate combinada entre Hugo Chávez e as Farc.

 

Até o presidente venezuelano foi enganado pelos seqüestradores colombianos. Na última hora, os terroristas desistiram de entregar os reféns como estava combinado. O motivo: eles não conseguiram localizar Emmanuel, que tinham prometido soltar junto com a mãe.

 

O desfecho foi um fiasco para Chávez, que tinha armado um circo de propaganda que incluía a presença constrangedora de Marco Aurélio Garcia, assessor do presidente Lula. Para compensarem a rasteira no amigo venezuelano, as Farc terminaram por libertar discretamente as duas seqüestradas. Não há sombra de preocupação humanitária na libertação das duas mulheres.

 

Seria até ingenuidade imaginar a possibilidade de um gesto de respeito pelos direitos humanos num grupo cujo sustento depende de seqüestros, extorsão e tráfico de drogas. Os objetivos dos terroristas são pragmáticos. Primeiro, querem fortalecer a imagem internacional de Chávez.

 

Segundo, aumentar a pressão sobre o presidente colombiano Álvaro Uribe, para que seu governo reduza as operações militares contra a guerrilha, sob ameaça de não ocorrerem novas libertações. Terceiro, dar força à campanha cujo objetivo é conseguir o reconhecimento internacional das Farc como parte beligerante legítima numa guerra civil. Chávez chegou a defender esse disparate em discurso da semana passada.

 

Tanto os Estados Unidos como a União Européia qualificam as Farc de organização terrorista. Não há realmente outra classificação para um grupo armado cujo objetivo é estabelecer na Colômbia uma inédita ditadura narcocomunista. Para negociarem o destino de outros cativos, as Farc exigem do governo colombiano a concessão prévia de uma área desmilitarizada onde os terroristas possam operar livremente.

 

A facilidade com que Clara e Consuelo foram entregues ao presidente da Venezuela demonstra que não existem maiores dificuldades operacionais na libertação de reféns. Quarenta e quatro reféns são identificados pelas Farc como de "valor político". Isto é, estão lá à espera de uma troca de prisioneiros com o governo.

 

Os mais de 700 reféns restantes estão aguardando o pagamento de resgate em dinheiro. Enquanto isso não ocorre, são utilizados como escudos humanos para evitar ataques do Exército colombiano. É esse tipo de organização de facínoras que pretende ser reconhecido pelo mundo como um agente político legítimo.



Escrito por Aluizio Amorim às 04h29
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 02h52
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




Click for Florianopolis, Brazil Forecast

Ateus.net – O Portal do Ateísmo

OBRIGADO PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!


""""

>E-MAIL DO BLOG

COMENTE! DIGA O QUE VOCÊ PENSA!

 



Meu perfil
BRASIL, Sul, FLORIANOPOLIS, Homem, English, Spanish, Política, Música, livros

HISTÓRICO & ARQUIVOS
  16/04/2008 a 30/04/2008
  01/04/2008 a 15/04/2008
  16/03/2008 a 31/03/2008
  01/03/2008 a 15/03/2008
  16/02/2008 a 29/02/2008
  01/02/2008 a 15/02/2008
  16/01/2008 a 31/01/2008
  01/01/2008 a 15/01/2008
  16/12/2007 a 31/12/2007
  01/12/2007 a 15/12/2007
  16/11/2007 a 30/11/2007
  01/11/2007 a 15/11/2007
  16/10/2007 a 31/10/2007
  01/10/2007 a 15/10/2007
  16/09/2007 a 30/09/2007
  01/09/2007 a 15/09/2007
  16/08/2007 a 31/08/2007
  01/08/2007 a 15/08/2007
  16/07/2007 a 31/07/2007
  01/07/2007 a 15/07/2007
  16/06/2007 a 30/06/2007
  01/06/2007 a 15/06/2007
  16/05/2007 a 31/05/2007
  01/05/2007 a 15/05/2007
  16/04/2007 a 30/04/2007
  01/04/2007 a 15/04/2007
  16/03/2007 a 31/03/2007
  01/03/2007 a 15/03/2007
  16/02/2007 a 28/02/2007
  01/02/2007 a 15/02/2007
  16/01/2007 a 31/01/2007
  01/01/2007 a 15/01/2007
  16/12/2006 a 31/12/2006
  01/12/2006 a 15/12/2006
  16/11/2006 a 30/11/2006
  01/11/2006 a 15/11/2006
  16/10/2006 a 31/10/2006
  01/10/2006 a 15/10/2006
  16/09/2006 a 30/09/2006
  01/09/2006 a 15/09/2006
  16/08/2006 a 31/08/2006
  01/08/2006 a 15/08/2006
  16/07/2006 a 31/07/2006
  01/07/2006 a 15/07/2006
  16/06/2006 a 30/06/2006
  01/06/2006 a 15/06/2006
  16/05/2006 a 31/05/2006
  01/05/2006 a 15/05/2006
  16/04/2006 a 30/04/2006
  01/04/2006 a 15/04/2006
  16/03/2006 a 31/03/2006
  01/03/2006 a 15/03/2006
  16/02/2006 a 28/02/2006
  01/02/2006 a 15/02/2006
  16/01/2006 a 31/01/2006
  01/01/2006 a 15/01/2006
  16/12/2005 a 31/12/2005
  01/12/2005 a 15/12/2005
  16/11/2005 a 30/11/2005
  01/11/2005 a 15/11/2005
  16/10/2005 a 31/10/2005
  01/10/2005 a 15/10/2005
  16/09/2005 a 30/09/2005


TROCA-LINKS
  ABKnet
  A Marvada Pinga
  Aparte (Passarim)
  arkimedes
  Flanela Paulistana
  Blog Cultural Textos & Contextos
  Blog da Magui
  Stefano di Pastena - jóias com arte
  Blog do Reinaldo Azevedo
  Blog do Tambosi
  Bonassoli
  Camarada Arcanjo
  Carl Amorim
  Coturno Noturno
  Código Aberto
  Amigos de Bike
  Crítica (Visite, vale a pena)
  Da Indignação à Ação
  Deutsche Welle Brasil
  Dom Quixote
  Escrevinhações
  Elaine Borges
  Esquadrinhando
  Ex-petista
  Freeman
  Ação Humana
  Geosapiens (Portugal)
  Guanta Lamera!!!
  Gusta
  Jorge Nobre
  Jus sperniandi
  Loja de idéias (Portugal)
  MaGenCo
  Minuto Político
  Nariz Gelado
  Novas (Vera)
  Outras Letras
  Pau da Barraca
  Pérolas
  ph ácido
  Polyphrenia
  Política para Políticos
  "...por isso não provoque"
  Postura Ativa (Stella)
  Projeto Ockham
  República
  Resistência
  Rua da judiaria (EUA/Portugal)
  Serjão comenta do céu
  Shirlei Horta
  SikSite
  Soube?
  Sponholz
  The Beatles Brasil (tudo sobre a banda)
  Tunico
  União e Ação
  Ultraperiférico (de Portugal)
  Clássicos do cinema
  The Coffee Traveler (Para quem é aficcionado em café)
  Edgar Nascimento (músico amigo) - site com informações e crítica musical
  Monitor das fraudes
  Holocausto-shoah.
  Libellus (By Ana Brambilla)
  Blog do Nathal (análise de mercado, bolsas, etc...)
  Praça darmas
  Pensadores brasileiros
  Fodcast do Persegonha
  Malditos patos
Votação
  Dê uma nota para meu blog


Leia este blog no seu celular

Locations of visitors to this page

Diretorio 100% brasileiro



Subscribe with Bloglines

blogaqui?

Você aprova o governo Lula?
Não
Sim
Votar
resultado parcial...

eXTReMe Tracker

www.g1.com.br


My blog is worth $31,049.70.
How much is your blog worth?