O que pensa Aluízio


O ALERTA DOS DEMOCRATAS

Bornhausen alertou para o projeto comuno-populista do petismo

O Democratas em SC concorrerá em quase l00% dos municípios

Bornhausen denuncia manobra

de Lula para ter o 3º mandato

Ao falar no encontro dos Democratas desta segunda-feira (31) em Florianópolis, o ex-senador Jorge Bornhausen voltou a alertar para a tentativa de um processo populista em curso no Brasil e a campanha eleitoral antecipada que Lula faz, viajando para assinar convênios - meros atos administrativos - que deveriam ser assinados nos gabinetes.

 

 “O presidente constrange a inteligência dos brasileiros – afirmou Bornhausen - quando conta de telefonema que dificilmente teria feito ao presidente dos Estados Unidos, ao considerar Hugo Chaves um pacifista, elogiar Severino Cavalcanti e ao “endeusar’ Renan Calheiros. Prepara-se um terceiro mandato - deixa-nos, pelo menos, esta dúvida”, avisou.

 

Vieram a Florianópolis para esse encontro, o presidente do partido, deputado federal Rodrigo Maia, o senador Demóstenes Torres (Goiás), o deputado federal e líder na Câmara, Antônio Carlos Magalhães Neto, e o deputado federal Ronaldo Caiado (Goiás) e se reuniram, numa espécie de seminário, com lideranças democratas catarinenses, envolvendo cerca de 150 políticos, entre deputados estaduais, federais e pré-candidatos a Prefeito nas eleições municipais deste ano.

 

Para o presidente estadual da sigla, senador Raimundo Colombo, também “está claro que Lula busca o terceiro mandato. “Ele usa a máquina para provocar a oposição, baixa o nível para alimentar o jogo de fazer o sucessor”.

 

O presidente nacional do DEM, Rodrigo Maia, reforçou que há a ameaça de plebiscito. “A gente espera que essa idéia não avance. Seria um retrocesso na evolução da sociedade brasileira”, disse.

 

Maia, que consulta o TSE, para ver se o presidente pode, “em eventos fantasmas, tratar de política eleitoral, em vez de questões que competem à presidência da República”. Explicou ainda sobre a a utilização da sigla em sua forma reduzida:: “A diminuição da sigla - para D25 - é para popularizar o número do partido. A sigla DEM continuará valendo, já que caiu bem no gosto popular”.



Escrito por Aluizio Amorim às 20h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




PENSE E LOGO VOCÊ NÃO EXISTE

 

Aquele pontinho dentro do círculo azul é a Terra. Vc já pensou?

O pálido pontinho azul perdido

no espaço. Quem somos nós?

Na foto acima você pode ver O Pálido Ponto Azul (Pale Blue Dot) a  famosa fotografia da terra feita pela Voyager 1 que inspirou e deu título a um livro de Carl Sagan, considerado por muitos o maior divulgador da ciência que o mundo já conheceu.

A imagem foi tomada pela Voyager 1 em 6 de julho de 1990. A Terra aparece como um minúsculo ponto, distante cerca de 6 bilhões quilômetros, no meio de um raio solar, no destaque assinalado por um círculo em azul.

 

Na escala cósmica a Terra e os seres humanos, além de tudo que ela contém, são completamente irrelevantes. Não representam sequer um grão de areia.

 

Para um hipotético observador postado a uma distância um pouco maior do que 6.4 bilhões de quilômetros a Terra desaparece.

 

Costumo chamar a atenção para o fato algumas verdades que emergem da ciência. Por exemplo, se você quiser saber o que é o “nada”, uma proposição filosófica de extrema complexidade, basta que você olhe num espelho. O que você vê? Nada. Na escala planetária você não existe.

 

Exercite um pouco o seu pensamento e imagine daí, o microcosmo. Você dedilha as teclas do seu computador. Em cada toque experimenta a dureza do material plástico.

 

Cada um desses pequenos botões que você pressiona parece estático, mas a teoria da física atômica prova que o material plástico é composto de moléculas e estas de átomos e há um núcleo do átomo ao redor do qual estão girando os elétrons. E ainda existem, depois deles, partículas menores ainda. Tudo se movimenta de forma permanente, sem cessar um segundo.

 

Você tira os olhos da tela do seu computador e olha pela janela e tem a sensação que acima de você existe um céu e que a Terra está aí para sempre e é enorme. A humanidade, da qual você faz parte reputa como importantíssima. Tão importante que já teve peregrinando na Galiléia o representante de um criador chamado Deus. E que você acredita em tudo isso e mais, que foi criado à imagem e semelhança do Todo Poderoso.

 

Suponho que 99,9% da humanidade desconhecem essas informações científicas. Não é possível conceber que essas criaturas possam cometer tantos desatinos, tantas iniqüidades, exibir tanta soberba e exercitar o despotismo e a crueldade. Como também não é possível compreender que essas criaturas possam imaginar que tenham algum controle sobre o destino da Terra.

 

Você viu a foto do planetinha acima, aquele pontinho miúdo e irrelevante. Suponho que tenha lido esta pequena reflexão. Agora veja o vídeo legendado, de ótima qualidade de imagem e som. Caso não rode bem aqui no blog, de dois cliques e vá direto para o site do YouTube.

 

Descobri o vídeo lá no excelente blog do Democratas. Embora esse partido seja execrado por todos aqueles que se intitulam esquerdistas, revolucionários e humanistas, com  a pretensão de serem os portadores da verdade, é exatamente os Democratas a única agremiação política razoavelmente organizada que utiliza as ferramentas da internet e a tecnologia.

 

Além disso mantém um blog atualizado, defende o estado de direito democrático e vai além das questiúnculas políticas do dia-a-dia, trazendo ao debate importantes temas, como o enfocado neste vídeo: O Pálido Ponto Azul.

 

Se este planeta é apenas um pálido pontinho azul nos confins do cosmo, quem somos nós?



Escrito por Aluizio Amorim às 15h47
[   ] [ envie esta mensagem ]




ESCÂNDALO DO DOSSIÊ

Até o site do TCU desmente

a versão de Dilma Rousseff

Não resistiu muito tempo a versão dada pela ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, para o levantamento dos gastos do ex-presidente FHC. A própria página do Tribunal de Contas da União revela que os acórdãos mencionados pela petista não determinam – e muito menos recomendam – a recuperação de dados da administração tucana. Pelo contrário, o tribunal cobrou maior controle das despesas com cartão corporativo no governo Lula.

Três auditorias [numeradas como 1.783, 230 e 470] apontaram falhas no gabinete da Presidência, como o uso exagerado dos cartões para saques em dinheiro ou aquisições. As decisões foram aprovadas pelo plenário do tribunal, respectivamente, em 2004, 2006 e 2007. Todos podem ser conferidos no site www.tcu.gov.br, segundo informa Diego Casagrande.



Escrito por Aluizio Amorim às 14h26
[   ] [ envie esta mensagem ]




O EXCELENTE HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 14h19
[   ] [ envie esta mensagem ]




NO CALDEIRÃO DA SUCESSÃO: PT SEM CHANCES.

José Serra e o seu mosquetão anti-botocudo vai mandando ver

Pesquisa revela favoritismo

arrasador de Serra para 2010

A pesquisa que está na Folha de São Paulo de hoje explica as razões para a verdadeira guerra que se trava entre o governo e a oposição.

 

Sem ter conseguido um candidato competitivo de seus próprios quadros para suceder Lula, os petralhas estão desesperados. Comento em post mais abaixo a realidade amarga para o petismo que foi a detonação da candidatura de Dilma Rousseff, a qual se tinha transformado numa espécie de tábua de salvação petralha.

 

Com o escândalo do dossiê contra FHC a tábua virou um pau podre a boiar sobre o lodaçal de escândalos em que chafurda o governo petista. Não há ninguém saído do PT com cacife eleitoral e estofo capaz de repetir a façanha de Lula.

 

A pesquisa também indica que o esquema Aécio-PT não decola de jeito nenhum. Os dados do momento insinuam que chegou a vez de José Serra e os fatos pregressos também mostram que quando existe uma tendência favorável muito forte em apoio a um candidato é muito difícil haver retrocesso.

 

Note-se que depois de FHC e Lula o Brasil não produziu nenhuma liderança da envergadura desses dois. O próprio Congresso Nacional, que seria o a rampa de lançamento de novos líderes, atravessa uma de suas fases mais pobres em parlamentares competentes da história recente. O mesmo se diga com respeito à performance dos governadores.

 

Como não há a mínima possibilidade de um terceiro mandato para Lula, é natural a emergência da liderança de Serra que já foi Ministro, também já disputou o pleito majoritário e já foi consagrado nas urnas como prefeito de São Paulo e é atualmente o governador desse Estado gigante que influi poderosamente na esfera da política.

 

Leiam na íntegra a matéria que está na Folha de São Paulo desta segunda-feira com a pesquisa do Data Folha:

 

A dois anos e meio da eleição, o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), lidera a disputa pela Presidência com pelo menos 16 pontos de vantagem sobre o principal adversário, o deputado federal Ciro Gomes (PSB).

 

Segundo pesquisa Datafolha, Serra aparece como favorito nos três cenários em que é apresentado como o candidato do PSDB, com taxas que variam de 36% a 38% de preferência.


O PT fica em quarto lugar em seis diferentes cenários apresentados pelo instituto.


O Datafolha ouviu 4.044 pessoas de 25 a 27 de março.


Segundo a pesquisa, Ciro é hoje o mais competitivo da base do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Contra Serra, tem 20% e 21% da preferência, variando conforme o cenário.


Ciro, porém, assume a liderança, com taxas que vão de 28% a 32%, nas três vezes em que Serra é substituído pelo governador de Minas, Aécio Neves. Em dois desses cenários, Aécio fica em terceiro lugar, atrás da ex-senadora Heloísa Helena (PSOL). Em outro, está tecnicamente empatado com ela. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

Sem chance
A pesquisa mostra ainda que o PT não teria chance de permanecer na Presidência se as eleições fossem hoje. No partido, a ministra do Turismo, Marta Suplicy, é quem aparece como mais forte. Ainda assim, fica em quarto lugar, com 8%, quando Serra está no páreo. Nesse cenário, Serra tem 36%, Ciro, 20%, e Heloísa, 12%.


Mas, lembrando a popularidade de Lula, o diretor-presidente do Datafolha, Mauro Paulino, aposta numa mudança com sua entrada em campo. "O ator principal, que é o Lula, ainda não entrou no jogo. A partir do momento em que ele defender um nome do PT, esse tabuleiro tende a mudar."
Para a pesquisa, o Datafolha apresentou sete diferentes simulações. Em três delas, Serra é o nome do PSDB. Em outras três, é substituído por Aécio.


Pelo PT, são alternados os nomes de três ministros: Marta, Dilma Rousseff (Casa Civil) e Patrus Ananias (Desenvolvimento Social). Ciro e Heloísa estão em todos os cenários.


Com Dilma, Serra chega a 38% contra 20% de Ciro e 14% de Heloísa. A ministra da Casa Civil fica com 3%. Contra Patrus (1%), Serra mantém-se com 38%, e Ciro atinge 21%.


Marta chega a 11% no cenário em que Aécio substitui Serra. Nele, Ciro tem 28%, seguido de Heloísa (17%) e Aécio (14%).


Como os adversários são os mesmos, é possível comparar o desempenho de Serra ao de Aécio. Serra atinge até 23 pontos a mais que Aécio.


O Datafolha também elaborou um cenário em que os dois concorrem. Nessa hipótese -em que um deles teria deixado o PSDB- não há nome do PT. Com 34%, Serra tem larga vantagem sobre Aécio (11%).


Mesmo com diferença na composição dos cenários, é possível concluir que não houve variação significativa de Serra e Aécio desde a última pesquisa (novembro). Ambos se mantêm no mesmo patamar.



Escrito por Aluizio Amorim às 03h23
[   ] [ envie esta mensagem ]




ESCÂNDALO DO DOSSIÊ

Lula e seus sequazes revidam

com novo tipo de chantagem

Lula e seus sequazes não desistem e partem para o revide com uma nova forma de chantagear a oposição. Prometem desovar hoje no Senado uma “carreta de papéis”, que segundo eles complicam petralhas e tucanos. Continuam invocados com o FHC, como se as eventuais irregularidades do governo anterior possam expiar a ação dos ladravazes atuais.

 

Está aí. O país entregue a um bando de aloprados, profissionais em dossiês e especialistas em arquivo morto. Ao invés de governar, Lula patrocina tudo isso para esconder os seus gastos com os cartões corporativos.

 

Em abril a gente começa a pagar o imposto de renda. E veja o que eles fazem com o nosso dinheiro. Gastam à vontade usando os cartões corporativos e alegam que se trata de segredo de segurança nacional.

 

ESTÁ NA HORA DE MANDAR FOGO NOS BOTOCUDOS ! FOGO NELES !



Escrito por Aluizio Amorim às 02h34
[   ] [ envie esta mensagem ]




NA PAUTA AS ELEIÇÕES MUNICIPAIS

Lideranças Democratas hoje

em Florianópolis para debate

O Democratas realiza nesta segunda-feira (31), em Florianópolis, o evento “A força das novas idéias nas eleições municipais”, ocasião para um debate entre nomes nacionais do partido e os pré-candidatos em Santa Catarina, sobre temas que nortearam a convenção de dezembro de 2007 e a aplicação nas eleições.

 

Estarão presentes o presidente nacional do Democratas, Rodrigo Maia; o líder na Câmara, deputado Antônio Carlos Magalhães Neto; o senador Demóstenes Torres e o deputado Ronaldo Caiado estão entre os nomes nacionais que vêm ao Estado para o encontro e o debate.

 

Formulado como uma reunião de trabalho, o encontro, para cerca de 160 pessoas, será no hotel Cambirela, das 10 às 14 horas, com a participação de prefeitos candidatos à reeleição e de possíveis candidatos.

 

O programa do encontro

 

4O ex-senador Jorge Bornhausen faz a abertura;

4Senador Raimundo Colombo - tema: Municipalização

4Senador Demóstenes Torres - tema: Segurança Pública

4Deputado Rodrigo Maia - tema: Segurança Social

4Deputado Ronaldo Caiado - tema: Saúde

4Deputado Paulo Bornhausen - tema: Responsabilidade Fiscal

4O deputado ACM Neto faz o encerramento

 

Cada debatedor terá 15 minutos para apresentar seu tema. Após a apresentação de cada tema, a palavra será aberta para as perguntas e os comentários.



Escrito por Aluizio Amorim às 02h17
[   ] [ envie esta mensagem ]




NINGUÉM FALA MAIS NISTO

Em abril completará dois anos

da tragédia do Aerus Varig

Os funcionários da ativa da Varig, embora tenham amargado o desemprego, talvez, pelas condições de idade ainda puderam partir para outra.

Resta saber como estão os APOSENTADOS pelo fundo de pensão AERUS, que complementava as suas aposentadorias. Gente que cumpriu 35 anos de serviço e pagou de forma rigorosa e cara o fundo de pensão para poder manter uma vida digna depois que tivesse que parar, seja por tempo de serviço ou por algum infortúnio.

 

Como estão, por exemplo, as pensionistas dos aposentados que já faleceram?

 

O dia 12 de abril próximo assinala a data (dois anos) da Tragédia do Aerus Varig.

 

Eventuais leitores do blog beneficiários do Aerus podem utilizar os comentários do blog para informar as suas situações e o que de concreto está sendo feito.

 

Já que não ouvi mais nada sobre isso na grande mídia, este blog levanta o assunto. Afinal, é uma questão de justiça. Que é feito do Aerus? O vídeo acima resume a tragédia para centenas de famílias de aposentados do Aerus.



Escrito por Aluizio Amorim às 01h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 00h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




MINHA ANÁLISE

Dilma Rousseff acabou provando o gosto acre do próprio veneno

Dilma foi detonada pela sua

própria forma de ação política

Até as eleições de 2010 temos pela frente exatamente 31 meses, portanto, quase três anos. Imaginem se é possível, em política, segurar uma candidatura por todo esse tempo em campanha? É o que quis fazer Lula depois que a tentativa de emplacar o terceiro mandato não logrou êxito.

 

Como é sabido, nem com quase dois mandatos consecutivos, armado de uma base aliada tipo rolo compressor, desfrutando de todo o poder possível, o PT fez surgir alguém capaz de suceder Lula.

 

Um candidato à presidência da República não se consegue da noite para o dia. Por isso Lula e seus sequazes montaram um cuidadoso plano de marketing capaz de transformar Dilma Rousseff numa alternativa segura para a sucessão e decidiram dedicar esse tempo não para governar o País, mas para fazer campanha eleitoral.

 

A coisa foi meticulosamente pensada nos detalhes. O lançamento de um plano de desenvolvimento, o PAC, de um lado; e uma TV estatal de outro para garantir a farta veiculação de uma seqüência de inaugurações de obras. A outra ação paralela, que se iniciou já nos primeiro anos do governo lulista, foi a implantação de programas sociais como a bolsa-família e outras bolsas para capturar os votos dos grotões.

 

Numa outra ponta, trataram de turbinar o patrimonialismo e azeitar a máquina de fazer dinheiro dos banqueiros e mega-empresários.

 

Ao mesmo tempo, Lula e seus sequazes cuidaram de engordar as burras do Estado para o financiamento desse fantástico plano destinado a garantir a perpetuação do poder petista. Uma dessas providências foi a tentativa, por todos os meios, de aprovar a CPMF, que acabou derrotada.

 

Em rápida análise é isso que se apresentou até agora e, se Lula e o PT fazem um péssimo governo, por outro lado exibem uma competência de planejamento em marketing de fazer inveja a qualquer guru da área.

 

Entretanto, marketing em política sofre a influência de infinitas variáveis cuja interferência é difícil de prever, como mais difícil ainda é medir o seu impacto. Ora, transformar uma mulher completamente desconhecida do eleitorado brasileiro numa líder política é uma tarefa hercúlea, para não dizer impossível.

 

Lula que o diga. Ele está na praia há quase trinta anos e concorreu em três eleições majoritárias, tendo passado também pelo legislativo.

 

Se o PT é expert na montagem cuidadosa de esquemas marketeiros, mostra-se neófito e estabanado nas manhas e sutilezas da política partidária e, sobretudo, naquelas respeitantes ao âmbito do congresso. Primeiro porque a democracia do PT não é vazada nos parâmetros da democracia de vertente liberal, a qual contempla o contraditório e a alternância do poder.

 

Preside o pensamento político petista um viés demiúrgico, salvacionista e redentor que dá a direção política para o Partido: nunca antes neste país, repete Lula sem cessar em sua catilinária.

 

Esta faceta da dinâmica petista faz com que o partido viva em constante crise política, já que para alcançar as suas metas tem de se valer de expedientes escusos, como a elaboração de dossiês na intenção permanente de execrar o passado que estaria representado pela oposição.

 

Lula e seus sequazes costumam repetir, ad nauseam, que há 500 anos uma elite domina o poder no Brasil. Há, por isso, por parte de Lula uma permanente verbalização voltada a excitar o imaginário popular cujo objetivo é a vitimização do setor mais carente da sociedade. Trata-se de um discurso belicoso que açula a luta de classes: pobre contra ricos, negros contra brancos, iletrados contra letrados e vai por aí.

 

Na medida em que o tempo de mandato restante se comprime, sem a opção de um terceiro tempo para Lula, seus sequazes entraram em desespero, sentindo que sem uma liderança forte dificilmente teriam sucesso em 2010.

 

E foi aí que inventaram a candidatura de Dilma Rousseff, a quase três anos da eleição, e decidiram que a campanha haveria de começar já, botando o bloco na rua com o PAC. Imaginem quase três anos de comícios de Lula exaltando as qualidades da “Mãe do PAC?

 

Contudo as surpresas da política num regime democrático aberto não recomendam uma campanha política tão longa, justamente pela eventual interferência de variáveis inauditas, como foi o escândalo dos cartões corporativos que deu origem à CPI.

 

Foi aí que o rei ficou nu e, mais uma vez, a salvação imaginada por Lula e seus sequazes reduziu-se à construção de um dossiê execrando a figura do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, com conteúdo capaz de atemorizar a oposição e liquidar de uma vez por todas a CPI dos Cartões Corporativos.

 

O local escolhido para reunir esse insólito “gabinete de crise” encarregado de montar o dossiê foi exatamente a Casa Civil da ministra-candidata.

 

O final desse episódio chega a ser patético. Num país verdadeiramente democrático o governo inteiro teria caído. Mas hoje estou lendo que Lula e seus sequazes não desistiram do seu intento e pretendem dar uma recuada estratégica. Portanto, já devem ter partido para outra alternativa que, igualmente, prescinda do jogo democrático para lá diante implantar de vez um estado policial no Brasil.

 

Entretanto, nas minhas contas, Dilma pode enfiar a viola no saco. Foi engolida pela sua própria truculência política e antidemocrática aliás, uma característica do seu partido.

Foto de Valéria Gonçalves, da Agência Estado.



Escrito por Aluizio Amorim às 03h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 12h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




DETONADA CANDIDATURA DE DILMA

Mãe do PAC se transforma

em “madrasta do dossiê”

O historiador e analista político Marco Antonio Villa, professor da Universidade Federal de São Carlos, analisa os desdobramentos do caso do dossiê contra FHC em podcast do site do Estadão.

 

Para Villa, a candidatura de Dilma Rousseff à presidência da República foi detonada. Ela passa da confortável situação de “mãe do PAC” – a principal estratégia da campanha presidencial lulista que já está nas ruas – para assumir a condição de “madrasta do dossiê”.

A análise formulada por Marco Antônio Villa está boa. Portanto, recomendo que ouçam clicando AQUI.



Escrito por Aluizio Amorim às 02h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




NÃO HÁ MAIS COMO MANTER DILMA

Responsabilidade da ministra

Dilma Rousseff é intransferível

Enquanto o PSDB permanece em cima do muro e o próprio ex-presidente Fernando Henrique Cardoso aparece com aquela conversa mole tentando salvar Dilma Rousseff e pedindo punição para a funcionária bagrinha, o Democratas lançou uma nota oficial onde adverte que “a responsabilidade da ministra Dilma Rousseff é intransferível”.

 

E sabem o que disse FHC?  "Dilma é uma pessoa que tem luta, eu tenho respeito por ela." (Clique AQUI para ler tudo o que disse FHC).

 

Eis a íntegra da nota do Democratas:

 

CHEGA DE TOLERAR O INTOLERÁVEL

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, usou sua força e influência na República para elaborar “dossiê” com informações escolhidas a dedo com a finalidade de constranger, perseguir e difamar um dos principais líderes da Oposição no Brasil, além de obstruir o trabalho do Congresso Nacional no cumprimento de sua missão constitucional. Não se pode ignorar a gravidade do ato, tampouco aceitar que Dilma Roussef se esconda atrás de uma assessora que deve ser punida sim, mas que jamais agiria sem ordens explícitas e comando determinado de sua superiora.   
      
A responsabilidade da ministra Dilma Roussef é pessoal e intransferível. E o beneficiário de sua ação é o presidente da República, Lula da Silva. A quem interessa chantagear e intimidar deputados e senadores da Oposição para impedir que o Congresso Nacional, por meio da Comissão Parlamentar Mista dos Cartões Corporativos, investigue atos suspeitos do Poder Executivo? A quem interessa desmoralizar as CPIs para aumentar o grau de hostilidade de considerável parcela da população com o Poder Legislativo? A quem interessa tentar impor no Brasil um Estado Policial e pseudo democrático?
      
Não é possível conviver com a rotina de ilegalidades do governo Lula. Num dia é o petista “Mexerica”, alojado no Banco do Brasil, que bisbilhota as contas da Oposição, no outro é o presidente da Caixa Econômica que avança sobre as leis para atender a conveniência política do ministro da Fazenda. A exemplo de Antonio Palocci, que usou o poder do Estado para quebrar o sigilo bancário do caseiro Francenildo Costa, a ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República violou a consciência institucional que se exige das autoridades da República.
      
Chega de tolerar o intolerável. A Democracia, além de indispensável, é insubstituível. Não podemos seguir como se a democracia pudesse ser descartada a qualquer momento. Nenhum País pode viver de um só partido ou de uma só corrente política. Além de respeito às regras institucionais, é necessário reconstruir o vínculo de confiança entre os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário. Para isso, é preciso que autoridades do Estado suspeitas da prática de atos ilegais, como é o caso da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Roussef, sofram as conseqüências dos seus atos.
      
Brasília, 28 de março de 2008
            
Deputado Rodrigo Maia
Presidente da Comissão Executiva Nacional



Escrito por Aluizio Amorim às 18h34
[   ] [ envie esta mensagem ]




SPONHOLZ, COMO SEMPRE, O MELHOR !!!



Escrito por Aluizio Amorim às 18h22
[   ] [ envie esta mensagem ]




HOJE NO BLOG !!!

BOMBANDO

Promotor diz que Bancoop é uma

cooperativa de fachada

Dilma não sabia de nada. Erenice

é quem fez dossiê.

O cabuloso jornalismo isento esconde

 a defesa do petismo

Yoani, a blogueira dissidente cubana,

 fala à TV canadense.

O excelente humor do Sponholz em dose dupla



Escrito por Aluizio Amorim às 04h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




TÁ BOMBANDO! É A SEXTA-FEIRA DOS ESCÂNDALOS!

Promotor diz que Bancoop é

uma cooperativa de fachada

Eis aqui o assunto que obrigatoriamente deveria ser a manchete dos jornais desta sexta-feira e que segue após este prólogo. Não vi todos. Mas a Folha nem sequer chamou na capa. Em compensação deu como abre de página a história de Erenice, a “faz-tudo” de Dilma, que teria mandado preparar o dossiê contra FHC. Veja no post abaixo.

 

Retomando o assunto. O certo é que o noticiário desta sexta-feira é nitroglicerina pura. É escândalo em cima de escândalo. Bom, depois que Lula e seus sequazes chegaram ao poder escândalo não escandaliza mais. Nem sequer dá chamada de capa em jornal.

 

Entretanto, sempre tem um entretanto. O Promovor José Carlos Blat não quis nem saber e mandou a Procuradoria Regional Eleitoral apurar as pesadas e sérias acusações contra a cooperativa Bancoop, aquela fundada pelo grão-petralha Ricardo Berzoíni. Vejam:

 

O promotor José Carlos Blat enviou ofício nesta quinta-feira (27/3) à Procuradoria Regional Eleitoral para seja apurado crime eleitoral envolvendo a Bancoop (Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo), fundada pelo deputado federal Ricardo Berzoini (PT).

O promotor apresentou cheques e documentos de transações bancárias que, segundo ele, comprovam que a cooperativa foi criada para abastecer o caixa 2 das campanhas de 2002, mais especificamente entre 9 e 17 de outubro, e 2004 do PT (Partido dos Trabalhadores).

As supostas irregularidades são apuradas em inquérito policial que culminou, em junho de 2007, na quebra do seu sigilo bancário da cooperativa. Os cooperados reclamam ter pagado por apartamentos dos quais não receberam as chaves e escrituras e de terem sido vítimas de pressão para cobrir um rombo financeiro na cooperativa.

 

Em nota, o deputado repudiou as acusações e disse que o PT não tem conhecimento das acusações e nem foi comunicado pelo Ministério Público.

“A Bancoop é uma cooperativa de fachada que se vale dessas empresas para enriquecer seus diretores e partidos políticos”, afirma o promotor, que adianta: “O inquérito está em andamento e pode virar uma ação penal em breve”.

"Esquema criminoso"
Segundo o promotor, o “esquema criminoso” se utilizaria da criação de empresas que trabalhavam exclusivamente para a Bancoop, entre elas a Mizu Empreendimentos e a Germany Comercial e Empreiteira de Obras, todas com dirigentes ligados à cooperativa e classificadas por Blat como “laranjas” para auxiliar as doações eleitorais.

Assim, afirma o promotor, se a Bancoop não pode fazer doação eleitoral por ser cooperativa, esta transferia valores às demais para que fizessem as doações. Ainda segundo Blat, a Mizu tem sede constituída em uma residência, onde nunca funcionou uma empresa, e superfaturava os serviços, visando enriquecimento ilícito.

Para comprovar as afirmações, ele juntou ao inquérito cheques de supostos pagamentos da Mizu à Bancoop, num valor total de R$ 195 mil. “Estas [Mizu e Germany] são credoras da Bancoop. Credor não faz pagamento a devedor”, contesta o promotor
. (Leia mais).



Escrito por Aluizio Amorim às 04h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




MAIS UMA ARMAÇÃO GROSSEIRA DO PT

Dilma não sabia de nada.

Erenice é quem fez dossiê.

Estão vendo? Três intrépidos jornalistas - Leonardo Souza , Marta Salomon, Andreza Matais -, da sucursal da Folha de São Paulo em Brasilia, conseguiram um furo sensacional, que se constitui nesse texto ordinário que segue abaixo e que rendeu a manchete do jornal na sua edição desta sexta-feira. Convenhamos, mas isto é a desmoralização completa da Folha de São Paulo.

 

Há um cheiro indefectível de press release nesta reportagem. Meu faro nunca me enganou nesses quase quarenta anos de jornalismo.

 

Imaginem, essa coisa precisou de três repórteres para ser escrita...hehehe... Descobriram (descobriram? Isto é um furo?) que a ordem para a montagem de um dossiê com todas as despesas realizadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não partiu de Dilma Rousseff, mas de Erenice Alves Guerra (eita nome petralha), uma reles assessora da Ministra da Casa Civil.

 

Sim. É isto mesmo. Erenice é a mais nova “aloprada” da camarilha petralha do Planalto. É ela que a valente "guerrilheira" Dilma, vai atirar à sanha das feras.

 

Agora, imaginem Dilma Rousseff presidente da República?

 

Segue a matéria na íntegra:

 

Partiu da secretária-executiva da Casa Civil, braço direito da ministra Dilma Rousseff, a ordem para a organização de um dossiê com todas as despesas realizadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sua mulher Ruth e ministros da gestão tucana a partir de 1998.

 

O banco de dados montado a pedido de Erenice Alves Guerra é paralelo ao Suprim, o sistema oficial de controle de despesas com suprimentos de fundos do governo.


O governo nega tratar-se de um dossiê. A interlocutores Erenice se responsabiliza pela decisão de organizar processos de despesas de FHC, isentando a chefe de ter tomado a decisão. Ela é conhecida como "faz-tudo" de Dilma, sendo a funcionária mais próxima da ministra que Luiz Inácio Lula da Silva vê como presidenciável para 2010.


Quando o trabalho começou a ser feito, corriam as negociações no Congresso para investigar gastos com cartões corporativos do presidente Lula. Por pressão de governistas, as investigações recuariam ao período de governo tucano. O banco de dados avançara sobre parte do material guardado no arquivo morto, num dos prédios anexos do Planalto.


Um dos relatórios produzidos na Casa Civil, a que a Folha teve acesso, mostra que os dados foram organizados de forma diversa do Suprim (Sistema de Controle de Suprimento de Fundos), que tem os registros dos gastos do período Lula.


Com 13 páginas, o documento registra detalhes, fora da ordem cronológica, de diversos gastos, com ênfase nos feitos pela ex-primeira-dama Ruth e naqueles que envolvem bebidas e itens como lixas de unha.


Na primeira semana após o Carnaval, segundo a Folha apurou, Erenice marcou reunião no Planalto com membros da Secretaria de Administração, da Secretaria de Controle Interno da Presidência e de outras áreas da Casa Civil.


Solicitou que fossem cedidos funcionários de cada área para que se criasse uma força-tarefa encarregada de desarquivar documentos referentes aos gastos do governo anterior a partir da rubrica suprimento de fundos, que inclui cartões corporativos e contas "tipo B" (despesa justificada por nota depois de o servidor receber uma determinada verba).


A Folha apurou que Erenice justificou a empreitada aos subordinados alegando ser preciso fazer o levantamento para atender a eventuais demandas da CPI dos Cartões e destacou sua chefe-de-gabinete, Maria de La Soledad Castrillo, para coordenar os trabalhos.


Por meio de sua assessoria, Erenice negou que tivesse tido reunião com os secretários de Controle Interno e da Secretaria de Administração e Diretoria de Logística, "para discutir qualquer tipo de assunto referente a levantamento de dados de suprimento de fundos".


Mas confirmou que a Casa Civil está alimentando banco de dados com informações do suprimento de fundos entre 1998 e 2002 e admitiu que a gestão da base de dados é da Secretaria de Administração e o trabalho envolve áreas de Tecnologia da Informação, Orçamento e Finanças e Logística.


A seleção e a organização de despesas do governo FHC durou um mês e meio, até os primeiros lançamentos das despesas no Suprim -que seria o destino das informações. Com a publicação da última edição da revista "Veja", em que trechos do relatório com 13 páginas a que a Folha teve acesso ontem foram divulgados, os dados passaram a ser digitados diretamente no Suprim.


Por isso a Casa Civil afirma que as informações "vazadas" à imprensa seriam fragmentos de relatórios de gastos ainda em fase de digitação
.



Escrito por Aluizio Amorim às 04h20
[   ] [ envie esta mensagem ]




EXCLUSIVO !!!

Yoani Sanchez quando falava à televisão canadense em Havana

Yoani, a blogueira dissidente

cubana, fala à TV canadense.

Em post mais abaixo destaquei o blog Generación Y, editado por Yoani Sanchez, uma cubana dissidente que vive em Havana. Informei que seu blog tem uma impressionante audiência que vai muito além dos grandes blogs alojados nos portais da grande mídia aqui no Brasil.

 

O que afirmei agora está comprovado. A emissora de televisão americana CBC News, do Canadá fez uma entrevista especial com Yoani que vale a pena ser assistida. As perguntas são em inglês com as respostas de Yoani em espanhol em legendas em inglês. Ela tem uma excelente dicção, fala calma e pausadamente de forma elegante e articulada.

 

Eis um detalhe: Yoani, ao postular o respeito individualidade, algo banido pela ditadura castrista, não o faz sob a égide de palavras de ordem nem tampouco com ódio e rancor.

 

O site da CBC News não oferece o código para incorporar o vídeo no blog. Portanto, dê um clique AQUI para assistir toda a entrevista com som e imagens excelentes colhidas numa sossegada praça de Havana.

 

Como intuí naquele post anterior, quando falo do blog de Yoani, apesar da censura do regime comuno-fascista vislumbra-se os primeiros sinais da inevitável abertura democrática em Cuba.

Foto: site CBC News.



Escrito por Aluizio Amorim às 03h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




OBSERVATÓRIO DO BLOG

O cabuloso jornalismo isento

esconde a defesa do petismo

Vocês já ouviram falar no Fernando de Barros e Silva? É articulista da Folha de São Paulo, esse valente diário que costuma dar uma no cravo e outra na ferradura. Uma coisa assim, digamos, que faz como que a Folha acolha todos os tipos de tendências políticas, que inclui, obviamente, a estupidez botocuda. Acham que estou me referindo ao Fernando de Barros e Silva. Acertaram.

 

Na Folha do dia 24, ele escreveu um artigo intitulado “A direita e o lulismo”...hummm...quem me alertou para o indigitado artigo foi um leitor petralha com pseudônimo, claro, em comentário deixado no blog. Além de sugerir a leitura do artigo, me chamou de chato. Sinal que os petralhas gostam da Folha e, evidentemente, do seu articulista preferido: Fernando de Barros e Silva.

 

Pois bem. De partida, FBS já com comete um terrível equívoco. Mostra que ainda patina na ideologia, pois o título de seu escrito faz crer que o lulismo é a esquerda e a oposição é a direita. FSB é um desses abduzidos pela ideologia botocuda que não conseguiu mais colocar os pés na terra.

 

Mas o danado é matreiro. Uma e abusa daquilo que se convencionou denominar “imparcialidade”. Dá uma alfinetadinha no petralhismo, para cair de pau cerrado naquilo que considera “de direita”.

 

Para FBS, essa maldita direita reacionária está representada por “um articulismo de oposição francamente antinordestino e preconceituoso, coalhado de racismo e misoginia, que faz do insulto seu método e tem na truculência verbal sua marca”.

 

E isto, diz logo no começo, “está disseminado em jornais, sites, blogs, na revista”. Quem sabe na revista Veja? (ele não diz o nome da publicação). Ou neste blog? Hummm...Desembucha aí Fernando Barros e Silva. Assume logo abertamente o seu petralhismo e vai lá assessorar o Franklin Martins. Afinal, não é isso que você quer?

 

Para não dizerem depois que estou inventando histórias, eis aqui, na íntegra “A direita e o lulismo”. (Argh!):

 

A chegada de Lula ao poder seguida da ruína moral do petismo serviu de trampolim para impulsionar uma nova direita no país. É um fenômeno de expressão midiática, mais do que propriamente político.

 

Está disseminado em jornais, sites, blogs, na revista. E deve sua difusão aos falcões do colunismo que se orgulha de parecer assim, estupidamente reacionário.


Mesmo que a autopropaganda seja enganosa e oculte que até ontem o conservador empedernido de hoje comia no prato da esquerda, que é só um "parvenu", um espertalhão adaptado aos tempos -ainda assim, temos aqui uma novidade.


Essa direita emergente já formou patota. Citam uns aos outros, promovem entrevistas entre si, trocam elogios despudorados. Praticam o mais desabrido compadrio, mas proclamam a meritocracia e as virtudes da impessoalidade; são boçais, mas adoram arrotar cultura.


É uma direita ruidosa e cínica, festiva e catastrofista. Serve para entreter e consolar uma elite que se diz "classe média" e vê o país como estorvo à realização de seu infinito potencial. Seus privilégios estão sempre sob ameaça e agora a clientela de Lula veio azedar de vez suas fantasias de exclusivismo social.


Invertemos a fórmula de Umberto Eco: enquanto a direita anuncia o apocalipse, os integrados, sob as asas do lulismo, são testemunhas vivas do fiasco do pensamento de esquerda neste país. Não me lembro de ter visto antes a mídia estampar com tanta clareza os passos da regressão social de que participa.


Do lado oficial, há um ambiente paragetulista de cooptação e intimidação difusas, se não avesso, certamente hostil às liberdades de expressão e de informação.


Na outra ponta, um articulismo de oposição francamente antinordestino e preconceituoso, coalhado de racismo e misoginia, que faz do insulto seu método e tem na truculência verbal sua marca. Deve-se a ele o retorno da cultura da sarjeta e do lixo retórico, vício da imprensa nativa que remonta ao Império, mas que havia caído em desuso.



Escrito por Aluizio Amorim às 02h31
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 02h26
[   ] [ envie esta mensagem ]




BESAME MUCHO

Hummmmm...Dilma? (Foto de Ed Ferreira da Agência Estado).



Escrito por Aluizio Amorim às 16h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




AQUI UMA ANÁLISE QUE NÃO ESTÁ NA GRANDE MÍDIA

A Globo, como mostra bem este vídeo, continua com um jornalismo meia-boca. A isenção e a imparcialidade são sempre manipuladas pela patrulha esquerdista que domina as redações, subvencionada por caraminguás governamentais.

Esquerdismo pode espernear

à vontade. Será massacrado.

Está acontecendo na Argentina o que afirmei aqui em post de ontem mais abaixo. Os argentinos não costumam dar moleza e já ocorreu o segundo panelaço envolvendo a classe média de um lado, a favor do movimento dos produtores rurais e contra o governo e, de outro, os bolsa-família financiados pelo governo da família Kirchner, no estilo que bem conhecemos aqui no Brasil.

Cristina Kirchner segue o modelo populista de seu marido, de Lula, Chávez, Morales e Caldera. Entretanto, a população esclarecida da Argentina percebeu a malandragem e foi para a rua.

 

Lá as entidades das classes produtoras não ficam nessa de mandar pintar painéis com os nomes de deputados vagabundos, depois mandar retirar e receber os execrados em suas reuniões. Lá sindicatos e associações de classe dos empresários agem sem cerimônia contra o governo. Não querem nem saber se Cristina vai gostar ou não.

 

Vejam como é diferente do que ocorre no Brasil. Por enquanto a grande mídia não dá a necessária cobertura ao que ocorre no país vizinho. Deverá entrar na parada porque caminhões brasileiros carregados com mercadoria daqui para lá e vice-versa, se encontram retidos nas barreiras levantadas pelos produtores argentinos.

 

Não há um miserável jornal e só um blog, além deste aqui, que dê a devida atenção ao caso. A patrulha esquerdista que domina as redações da grande mídia continua edulcorando a história, como faz a rede Globo e não mostra a verdade, que é a divisão da população entre oposição e governistas.

 

Esses jornalistas vagabundos e picaretas não passam de penas alugadas do lulismo. Querem uma boquinha para mamar nas tetas da TV Lula. Ah...se fosse um movimento do MST estariam lá cobrindo nem que fosse às 6 da matina. Gastariam rios de tinta elogiando os arruaceiros lulistas.

 

Reparem nessa reportagem meia-boca do Jornal da Globo a insuficiência de informações. Não há uma alusão sequer a um fato que está claro: na Argentina começa a acontecer o que já era previsível há muito tempo, ou seja, os governos populistas açulam a luta de classes e a utilizam como mecanismo para se manter no poder.

 

Por algum tempo é possível manter este esquema operando a partir de discursos inflamados. Mas não por todo o tempo. Chega um momento em que a classe média, juntamente com as classes produtoras, resolve dar um basta ao populismo que arrasta o continente latino-americano para a desordem e a miséria.

 

Isto começou na Colômbia, no México e agora chega à Argentina. A Venezuela deve ser a bola da vez.

 

O esquerdismo retardatário latino-americano pode espernear o quanto quiser. Pode pagar bolsa-família, pintar e bordar. Mas o sistema econômico capitalista, com regime democrático e liberal, é um caminho sem volta e triunfará arrasando o populismo comuno-fascista.

 

A ordem sempre foi e continuará sendo: fogo nos botocudos! Nenhuma sociedade suporta o populismo por muito tempo, a não ser sob um regime de força. Mesmo assim, os tiranos serão mais adiante afastados do poder.

 

E muitas vezes a solução, lamentavelmente, é a guerra civil.

 

Não por falta de aviso.

 

N.B.: Nem ontem e nem nesta quinta-feira a Folha de São Paulo fez chamada de capa para o que ocorre no país vizinho. Entretanto, não faltaram chamadas para o encontro Lula-Chávez, nem tampouco para Dilma, a candidata presidencial de Lula. E convenhamos, com uma foto exagerada.

 

Qual a grande notícia que envolve Dilma para o destaque na capa? A manobra governista que evitou sua convocação pela CPI?

 

Esses petralhas da Folha são matreiros. Entretanto, o que era um grande jornal tem tudo para acabar como papel higiênico em latrinas dos grotões.



Escrito por Aluizio Amorim às 03h40
[   ] [ envie esta mensagem ]




YOANI AGORA É UMA CIDADÃ DO MUNDO

Yoani assina embaixo, sem pseudônimo e posta a sua fotografia 

Maiores blogs brasileiros são

titicas perto de Generación Y

Yoani Sánchez é uma cubana formada em Filología. Reside em Havana e combina sua paixão pela informática com seu trabalho na Revista Digital Consenso.

 

No ano passado descobri o blog da Yoani e escrevi um post especial sobre essa destemida cubana. Contava ela em seu blog, naquela oportunidade que, para blogar, tinha de fazer-se passar por turista. Ela domina o alemão. Usava (ou ainda usa?) os serviços de internet de um hotel para turistas. Troquei email com ela. Na resposta, desculpou-se pela demora em função da severa vigilância do governo “democrático” de Fidel e seus sequazes.

 

Valendo-se desse estratagema atualizava o blog, razão pela qual não podia escrever regularmente.

 

Depois que o charuto começou a feder como xepa de cinzeiro e metade do poder ficou com o irmão do imperador, algumas coisas podem ter mudado um pouco – pero non mucho – e Yoani está blogando mais.

 

Até quando, não sei. Sinceramente, temo pela sua vida, já que os comuno-fascistas são assassinos frios. Uns por fanatismo, característica dessa idiotia esquerdopata e, outros tantos e muitos, matam os opositores para não perder a mamata.

 

Mas o objetivo deste post, além de homenagear a bravura de Yoani, serve também para empáfia de certos blogueiros que se consideram os donos da blogosfera brasileira e estão alojados nos principais portais da grande mídia.

 

Sabem quantos comentários Yoani amealha em cada post? Muitos passam de 2 mil! Sim é isto aí. Não há um blog brasileiro que eu conheça que tenha tal performance.

 

Perto da Yoani, os blogs campeões de audiência no Brasil são arraias miúdas, para não dizer titicas. Confiram o que eu estou afirmando clicando AQUI.

 

Creio que Yoani pode se transformar na maior celebridade bloguística. Seu blog é escrito em espanhol e alemão.

 

Yoani defende a democracia e a liberdade. Estou linkando Generación Y, como já fez o meu amigo Tambosi.

 

Salve Yoani! e fogo nos botocudos!

 

De regaños y paginas “presilladas” 

Transcrevo a seguir um dos posts do Generación Y, intitulado De regaños y paginas “presilladas”, onde Yoani denuncia os “anônimos censores de nosso famélico ciberespaço”. Vejam:

 

Confieso que me ha dado por portarme mal. Me rebelo ante las órdenes, busco limones que no aparecen, exijo disculpas que nunca llegan y, gran majadería la mía, pongo mis opiniones en un Blog -con foto y nombre incluidos-. Como ven, con estos treinta y dos años –tan impertinentes- ya me viene tocando un correctivo.

 

Así que los anónimos censores de nuestro famélico ciberespacio, han querido encerrarme en el cuarto, apagarme la luz y no dejar entrar a los amigos.  Eso, convertido al lenguaje de la red, quiere decir bloquearme el sitio, filtrar mi página, en fin, “pinchar”  el Blog para que mis compatriotas no puedan leerlo.

 

Desde hace un par de días Generación Y es sólo un mensaje de error en la pantalla de muchas computadoras cubanas. Otro sitio bloqueado para los “monitoreados” internautas de la Isla.

 

Mis textos, los de los otros bloggers y periodistas digitales, han hecho que la presilla de los inquisidores haga su ridículo papel.

 

Con estas ínfulas de adolescentes rebeldes, nos hemos ganado el manotazo, el severo guiño y el regaño. Sin embargo, la reprimenda es tan inútil que da pena y tan fácil de burlar que se trueca en incentivo.



Escrito por Aluizio Amorim às 00h22
[   ] [ envie esta mensagem ]




O SEMPRE EXCELENTE HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 00h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




MUNDO BOTOCUDO

FHC faz piadinhas e diz que

não é o pai de Aécio Neves

Presidente de honra do PSDB, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso admitiu que tucanos e o DEM não estarão juntos nas eleições municipais deste ano na cidade de São Paulo.

FHC afirmou ainda que confia no governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), que tenta fechar uma aliança com PT, em Belo Horizonte, para apoiar um candidato do PSB.

 

O ex-presidente confirmou a versão dada pelo presidente do PSDB, Sérgio Guerra, de que os tucanos terão candidatura própria para a Prefeitura de São Paulo, encerrando assim a aliança com o DEM, partido do atual prefeito Gilberto Kassab. O candidato do PSDB deve ser mesmo o ex-governador Geraldo Alckmin, segundo ele.

Para FHC, o rompimento da aliança é inevitável, pois os dois partidos têm bons nomes para concorrer. Porém, isso não significa uma ruptura, de acordo com o ex-presidente.

"Agora é preciso manter uma relação harmônica com os que podem estar juntos no segundo turno", disse o ex-presidente após participar de um debate sobre agências regulatórias na Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

Para FHC, apesar da divisão no PSDB paulistano, o partido apoiará integralmente o candidato escolhido.


Sobre a possível aliança entre PSDB e PT em Belo Horizonte, FHC brincou. "Dizem que ele é namorador. Confio no Aécio e acho que ele está fazendo algo de bom para ele, para o PSDB e para Minas", disse o ex-presidente sobre o flerte entre o governador de Minas, o tucano Aécio Neves, e o prefeito da capital, o petista Fernando Pimentel.

"Não sou o pai dele", afirmou, quando questionado se aprova o namoro. (Leia mais e veja mais vídeos de FHC).

 

MEU COMENTÁRIO: Essa entrevista de Fernando Henrique é a prova inequívoca de que o PSDB é o partido mais ridículo, mais frouxo e mais condescendente com o lulismo e não se apresenta como uma alternativa.

 

Se mantivesse a aliança com o DEM em São Paulo, ficaria com a faca e o queijo nas mãos. Ao romper a aliança em decorrência dos interesses meramente pessoais de Geraldo Alckmin tem tudo para entregar São Paulo à sanha petralha.

 

No final das contas é bom que aconteça isso mesmo. Esse lixo chamado Brasil tem o governo que merece. A política botocuda se resume a tiradas de efeito e brincadeirinhas.

 

Não sei não, mas FHC já está começando a ficar gagá. Um sinal disso é que em certos momentos diz e faz as coisas certas. Em outras abre a bocarra para proferir um montão de bobagens.

 

E os petralhas deitam e rolam. Olhem o vídeo.



Escrito por Aluizio Amorim às 13h21
[   ] [ envie esta mensagem ]




FUEGO EN LOS BOTOCUDOS, HERMANOS!

Reparem o título deste vídeo da Globo. Os argentinos apenas pedem alimentos, não protestam contra a baranga Kirchner. Um zeloso (a) petralha está sempre por perto para edulcorar a mensagem.

Argentinos finalmente sentem

o fedor do populismo e agitam

Centenas de pessoas saíram nesta terça-feira, 25, às ruas de Buenos Aires batendo panelas e frigideiras contra a presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner.

A manifestação ocorreu poucas horas depois da líder argentina anunciar que não negociará com os produtores agropecuários.

 

As quatro maiores associações do setor agropecuário anunciaram nesta terça-feira que continuarão "por tempo indeterminado" a greve que já dura 15 dias.

 

O motivo da paralisação são os recentes aumentos nas retenções sobre as exportações de produtos agrícolas.

 

Em zonas centrais da capital, como nos bairros residenciais Barrio Norte e Recoleta, centenas de moradores aderiram ao "panelaço", fecharam o trânsito e gritaram palavras de ordem contra a governante, enquanto outros acompanharam o protesto de suas sacadas.

 

Batendo panelas nas ruas de Barrio Norte, Naná, de 56 anos, e Jorge, de 60, disseram à Agência Efe que o protesto é uma maneira "pacífica" de demonstrar a "inconformidade" dos argentinos com o Governo.

 

Os dois também lamentaram o fato de a presidente estar "provocando uma divisão na sociedade argentina". (Leia mais).

 

MEU COMENTÁRIO: Os argentinos podem ser acusados de tudo, menos de frouxidão. A classe média foi imediatamente às ruas contra a política populista da presidente Cristina Kirchner. E já saíram atirando. Acusam-na de tentar dividir a sociedade argentina.

 

Embora a Argentina seja um país altamente botocudo, ainda assim seu povo não engole farinha seca e vai para rua, particularmente a classe média, que não se acomoda, como também os próprios empresários que resolveram dar um chega pra lá na política tipicamente petralha-populista implementada pela baranga botocuda.

 

O panelaço é interpretado como um sinal que a população está ao lado do movimento desencadeado pelos empresários, também estes um pouco diferentes dos vagabundos daqui que lambem o saco de qualquer governo.

 

Kirchner, o maridão, já está convocando a turma da bolsa-família local para sair em apoio à Presidenta.

 

Os argentinos parecem que ouviram meu clamor: FOGO NOS BOTOCUDOS! FOGO! FOGO NELES!



Escrito por Aluizio Amorim às 03h24
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 03h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




MISTÉRIO: CORPO ESTAVA BOIANDO

Herdeiro da cerâmica Eliane

encontrado morto na Lagoa

O corpo de um publicitário foi encontrado nesta terça-feira boiando na Lagoa da Conceição, um dos pontos mais movimentados de Florianópolis, em Santa Catarina. A Polícia Civil catarinense investiga as circunstâncias da morte.

Aristorides Gaidzinski Stadler Júnior, 31 anos, era um dos herdeiros da empresa de cerâmica Eliane Pisos e Revestimentos, uma das maiores do segmento na América Latina, com sede em Criciúma, sul do Estado de Santa Catarina. Stadler era solteiro e residia em uma casa da família, na própria Lagoa, um dos lugares mais caros da capital catarinense.

A morte ainda está rodeada de mistérios e vem sendo tratada com sigilo pela Polícia Civil. Segundo o delegado Anselmo Cruz, que apura o caso, não havia sinal de violência no corpo, mas não foi descartada a hipótese de homicídio.

Populares avistaram o corpo boiando na Lagoa no final da manhã e chamaram o Corpo de Bombeiros. O delegado aguarda um laudo do Instituto Médico Legal para dar prosseguimento às investigações. (Do site Terra).



Escrito por Aluizio Amorim às 23h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




MAIS UMA DENÚNCIA ENVOLVENDO O PT

Berzoíni, PT, Bancoop e vai

por aí. Muita grana na parada.

A turma do PT agora está sendo denunciada por ter, supostamente, metido a mão na grana da cooperativa Bancoop. A denúncia foi feita nesta segunda-feira pelo jornal da Band e já está circulando amplamente pela blogosfera. Pesquei lá no blog do meu amigo Tambosi.

Clicando AQUI você pode ver no Media Player o vídeo em ótima qualidade com a reportagem completa e os depoimentos das pessoas que afirmam esperar até hoje pelos imóveis que compraram.

 

O rolo parece que é meio grande...hummmm...

Denúncia já está com barba

branca. Mídia nunca suitou.

Vejam só. No dia 22 de agosto de 2007, a mídia já veiculava denúncias graves a respeito da cooperativa Bancoop. A notícia que reproduzo como segue está lá no site G1 para quem quiser conferir. E há mais coisas. Basta clicar aqui. 

 

Interessante é que nessa época a Justiça chegou a quebrar o sigilo bancário da Bancoop mas a notícia parece ter morrido ali. Os pauteiros da grande mídia, depois que Lula e seus sequazes chegaram ao poder, decidiu não fazer mais o que no jargão de redação se chama de “suíte”, isto é, continuar noticiando e investigando os desdobramentos do assunto.

 

Parece que foi isto que a Band acabou de fazer. Bom, antes tarde do que nunca. Alguns pilares do bom jornalismo continuam de pé. Agora vai? Vamos ver...

 

Eis o que está no portal G1 do dia 22/08/2007:

 

A Justiça quebrou o sigilo bancário da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop), alvo de inquérito policial que apura supostos crimes de estelionato, apropriação indébita e formação de quadrilha. O deputado Ricardo Berzoini (PT) é fundador da entidade, que tem entre os cooperados o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

A devassa atinge todos os dados cadastrais e bancários de contas correntes, contas de poupança, fundos de investimento e fundos de ações de titularidade da Bancoop.

 

A ordem foi dada pelo Departamento de Inquéritos Policiais (Dipo). O pedido para acesso às informações bancárias da Bancoop foi feito pelo delegado Sérgio Ricardo Silva. O requerimento, integralmente acolhido pela Justiça em julho, é também subscrito pelo promotor de Justiça José Carlos Blat.



Escrito por Aluizio Amorim às 19h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




MEDICINA BOTOCUDA PODE ESCONDER DOPING

Farmacopéia botocuda: pênis de foca numa embalagem luxuosa

Chifre de veado e pênis de

foca são remédios chineses

Chifre de veado ajuda na depuração do sangue. Fungo subterrâneo serve de energético. Lagarto seco dá mais força. Óleo de sapo funciona como sonífero. A medicina tradicional chinesa faz os locais engolirem vários animais – inclusive pênis de foca -, vegetais e minerais para ter bom estado de saúde.

 

Mas tudo isso está barrado para as Olimpíadas, afinal, o temor é que tantos estimulantes naturais acabem apontando doping nos exames dos atletas. Quando a polêmica surgiu, as autoridades chinesas adotaram a costumeira tática diante das controvérsias: negaram no começo e depois deram o braço a torcer. (Leia mais sobre toda essa idiotice medicinal).

 

MEU COMENTÁRIO: está aí a milenar sabedoria chinesa. Tão sábia em termos científicos que se encontra no tempo na alquimia, enquanto no âmbito político mantém no poder uma ditadura comunista que premia os grandes capitalistas e desce o sarrafo no restante da população. Agora mesmo mata os tibetanos que protestam contra o seu poder despótico.

 

Os países democráticos têm a obrigação de se negar em participar dessa festa espúria.

 

A China é um lixo.

 

Mas o que me espanta é que o esquerdismo fica deslumbrado com o crescimento da economia chinesa dirigida sob o tacão de uma ditadura assassina, enquanto abomina países como os Estados Unidos.

 

Por que então esses esquerdistas idiotas não vão morar lá? Por que não imigram para a China? Por que não vão para lá tratar-se com a medicina sábia que ministra chifre de veado e pênis de foca para curar doenças? Não. Eles vão todos para os países desenvolvidos da Europa e para os Estados Unidos.



Escrito por Aluizio Amorim às 13h38
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 13h08
[   ] [ envie esta mensagem ]




VARIEDADES

Divulgada Programação Básica

da TV Pública. Confiram aqui.

Esta é a programação básica da TV Pública, mais conhecida como TVP – TV Petralha.

 

6:30 MST Rural - Apresentação José Rainha e João Pedro Stédile;

 

7:00 Quatro Dedos de Prosa - Frankilin Martins e Tereza Cluvinel entrevistarão diariamente o "nosso guia" Lula nem Paz nem Amor;

 

7:30 Ela fala! : Marisa Letícia comanda um programa de variedades. Hoje o tema será jardinagem: " Como fazer uma estrela vermelha no seu jardim". Quadro especial: Uso do Botox para ficar muito mais bonita sem ter que pagar a conta;

 

8:00 Turismo e Sexualidade - Com a ministra Marta Suplicy. "Como relaxar e gozar, sem fazer força";

 

9:00 Moda Brasil - Marisa Letícia - que realmente fala! - retorna, hoje com o tema "Bolsas, um acessório indispensável", abordando as bolsas-família, esmola, bandido, etc...;

 

10:00: Programa Infantil: como os “de menor” podem agir no tráfico de drogas sem ser imputados.

 

12:00 PAC man - Estrelando Guido Mantega (o pai) e Dilma ( a mãe);

 

13:00 Jornal Hoje - Cada dia uma nova reportagem ou um novo escândalo (a programação já está pronta até 2010 ). Episódio inaugural: " Ataque ao Judiciário";

 

13:30 Esporte Espetacular: como comprar coisas usando nossos impostos - quem vai bater o recorde de gastos no Cartão Corporativo;

 

14:00 A Escolinha do Professor Luizinho - Com o próprio;

 

14:30 Vale a pena ver de novo - Episódios: "O churrasqueiro da Granja do torto". Amanhã : " Espiando a conta do caseiro". Aguarde as mini-séries com José Dirceu, Delúbio Soares, Antônio Palocci, Matilde do Cartão, Orlando Silva (não é o cantor, é o comprador de tapioca);

 

15:00 Filme: "Os Três Patetas" - Com Evo Morales, Rafael Correa e Lula" - Direção: Hugo Chavez;

 

17:00 Sessão Contos de Fada: Episódio de hoje: "O Espetáculo do Crescimento" - Narração - Lulinha paz e amor;

 

19:00 Pequenas Empresas Grandes Negócios - como ficar milionário em um mandato - A incrível História do monitor de Zoológico que se tornou mega-empresário do dia para a noite - Estrelando: Lulinha;

 

19:30 "O gás acabou": Novela estrelada por Evo Morales;

 

20:00 Jornal Sensacional: Os últimos escândalos do dia...com direito a discurso de Fidel Castro;

 

21:00 Novela: "NUNCA ANTES NESTE PAÍS" – enredo baseado em inovações introduzidas pelo governo do PT: Uso de cartão corporativo, apoio às FARC, Invasão de Centros de Pesquisa, Arrombamento de postos do Incra, Bloqueio de estradas, Ocupação de Hidrelétricas;

 

22:00 Filme: "Os bons companhêros" - Com Lula, Hugo, Evo e Rafael;

 

22:30 O Companheiro Aprendiz: Um grupo de jovens companheiros luta para decidir quem vai descolar um cargo vitalício num ministério em Brasília. Comandado por Dilma, a Estela do Assalto;

 

23:00 Mini-série: "Volta ao mundo em 8 anos": As viagens maravilhosas do companheiro Lula. Cada dia um vexame em um país.

 

(Colaboração do leitor que assina Osvaldo Camargo. Valeu, Camargo!).



Escrito por Aluizio Amorim às 02h18
[   ] [ envie esta mensagem ]




ARTIGO

A ministra e os sans cullote

Nilson Borges Filho (*)

Na França pré-revolucionária a sua estrutura social era formada por três  Estados: o clero, a nobreza e o povo. Este último, denominado sans cullote, com seus impostos, sustentava a igreja e os nobres perdulários e ociosos.

 

A Revolução Francesa foi um movimento burguês, mas não teria dada a partida não fosse com a ajuda efetiva dos trabalhadores e dos camponeses. Assim, no país das grandes maisons do luxo e da moda, a revolução foi feita pelos sem calça.

 

Por essa época, mais precisamente em 1796, os sans cullote, liderados por Graco Babeuf, dão início ao movimento que ficou conhecido como a Conspiração dos Iguais.

 

Como os artigos deste comentador são lidos pelas “bases”, faz-se necessário explicar quem foi Babeuf e citar alguns dos intelectuais que exerceram uma certa influência na sua formação teórica.

 

Paradoxalmente, Babeuf exerceu a função, nada digna, de feudista, ou seja, um profissional pago pela nobreza para pesquisar nas leis antigas a existência de leis que permitissem extorquir os camponeses com a cobrança de mais impostos.

 

Influenciado pelas leituras que fizera de Rousseau, Diderot e Mably, Babeuf se converte ao jornalismo e passa a denunciar a forma desumana como a nobreza extorquia os camponeses.

 

Defensor do comunismo e do coletivismo,era um crítico da propriedade privada. Para ele, a igualdade perfeita e a felicidade comum poderiam ser alcançadas com a construção do comunismo. Com essas idéias e liderando um movimento que pregava a igualdade numa sociedade muito bem estruturada em classes sociais, Babeuf foi guilhotinado.

 

O pensador que mais influenciou Babeuf foi Gabriel Bonnott, conhecido como o Abade de Mably, que considerava o comunismo como irrealizável. Crítico do luxo excessivo e defensor da sobriedade, Mably somente admitia a política se estivesse ela subordinada à moral. Aí está o principal ensinamento transmitido por Macly ao líder da Conspiração dos Iguais.

 

Na terça-feira da Semana Santa, um comandante de uma companhia aérea, de bandeira francesa, se viu obrigado a abortar a decolagem do seu vôo porque um casal de brasileiros se negou a passar sua bagagem de mão pela revista, com o argumento de que a madame ocupava o cargo de Ministro do Turismo do governo Lula - uma autoridade, portanto – e que as regras que recaem sobre os sem calça não valem para a nobreza ministerial.

 

Os sem calça se revoltaram contra a nobre Marta Suplicy e ali mesmo, dentro da aeronave, surgiu a Conspiração dos Iguais. Não teve jeitinho brasileiro (a companhia aérea é francesa), o casal Marta Suplicy e Luiz Favre foi retirado do avião e, como os iguais, passou suas maletas Louis Vuitton pela revista da Policia Federal.

 

Antes que me esqueça, o monsieur Luiz Favre tem um blog e se sente a vontade para dar pitaco na política interna do PT e fazer análises sobre a história brasileira.

 

A bem da verdade, o ilustre cidadão, de origem argentina e cidadania francesa, sempre foi muito próximo dos brasileiros. Dos endinheirados, faz-se justiça.

 

Favre foi casado com uma das herdeiras da Construtora Andrade Gutierrez, época em que recebeu em seus domínios domésticos, na França, a filha do presidente do Brasil, quando da campanha eleitoral em que Collor baixou o nível da campanha à altura da sarjeta.

 

Não se tem notícias, pelo menos até o momento, se durante o vôo o casal de autoridades relaxou e gozou.

 

Nilson Borges Filho é doutor em Direito, professor e colaborador deste blog.



Escrito por Aluizio Amorim às 01h04
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 00h57
[   ] [ envie esta mensagem ]




CARTÕES CORPORATIVOS

Investigações só em repúblicas

sob o império da lei e da ordem

Lula da Silva negou hoje de forma enfática, durante reunião com o conselho político do governo, que o Palácio do Planalto tenha elaborado um dossiê sobre gastos sigilosos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) com cartões corporativos.

 

Segundo relatos de aliados, Lula disse que o governo não recorreu a dossiês nem em momentos mais difíceis enfrentados na sua gestão, como no escândalo do mensalão, em 2005.

 

"Isso é uma mentira. Se em 2005 o governo estava em situação de dificuldade e não fez dossiê, não seria agora que faria", disse o presidente de acordo com o relator de um dos participantes da reunião.

 

A Folha Online apurou que a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) telefonou hoje para a ex-primeira dama Ruth Cardoso, mulher de Fernando Henrique, para negar que a Casa Civil tenha elaborado o suposto dossiê. (Leia mais).

 

MEU COMENTÁRIO: E o dossiê fajuto? hein Lula?

 

Bom, com uma oposição merreca igual a essa Lula não é mais o presidente do Brasil. Ele é um imperador. Está instaurada no Brasil uma monarquia absolutista. Neste caso o rei pode tudo, inclusive gastar o quanto quiser e do jeito que bem entender.

 

Aos súditos cabe a obediência. Questionamentos só em repúblicas democráticas sob o império da lei.



Escrito por Aluizio Amorim às 00h23
[   ] [ envie esta mensagem ]




SPONHOLZ E A MOSCA DE IPANEMA



Escrito por Aluizio Amorim às 13h13
[   ] [ envie esta mensagem ]




MUNDO BOTOCUDO

Uma fantástica reportagem do

Fantástico sobre a cracolândia

Se você não viu esta reportagem apresentada neste domingo pelo Fantástico, da TV Globo, pode vê-la aqui na íntegra. Mostra que a cracolândia mudou de lugar. A prefeitura de São Paulo limpou a antiga cracolândia, mas os viciados e traficantes continuam agindo a 800 metros dali.

 

A polícia quando entra em ação é malhada pela mídia. Quando se mostra inoperante é a culpada por ela. A reportagem sutilmente execra a atual administração municipal de São Paulo. Só falta chamar o prefeito Gilberto Kassab de mentiroso.

 

A reportagem ouve uma mulher que é a coordenadora geral de uma tal Fundação Projeto Travessia (reparem só o nome dessa entidade). E o que ela diz:? “Eles fizeram uma operação para higienizar, ou seja, eles expulsaram os meninos de lá e esses meninos fizeram o quê? Foram para a rua transversal ou para outra rua", argumenta. "Hoje já está disseminado e não há mais controle", alerta.

 

Não entendi bem. Meninos? Seresumanos? Excluídos? Vítimas do capitalismo selvagem? da elite branca e preconceituosa? do reacionário prefeito Kassab? Que controle postula essa mulher? Afinal, o que ela quer dizer com isso?

 

Ouvido pela reportagem o secretário Andrea Matarazzo, de coordenação das subprefeituras de São Paulo, ajustou sua fala ao discurso politicamente correto, vendo a questão não como um caso de polícia, mas de saúde.

 

Uma especialista em drogas, por sua vez, afirma que a vida do craqueiro se esvai em um ano mais ou menos.

 

No fechamento a  reportagem conclui: “nas imagens obtidas pelo Fantástico, nem os traficantes foram presos e nem os usuários receberam qualquer assistência. Enquanto isso, dezenas de dependentes continuam a vagar como zumbis pelo centro de São Paulo, agora mesmo, em mais uma noite de pesadelo”. Tchan...tchan...tchan...tchan!

 

Estão vendo. A Rede Globo exige que os traficantes sejam presos pela pronta ação da polícia e os usuários recebam “assistência”.

 

Depois de ver essa reportagem elegi 7 alternativas sobre o que poderia ser feito. Os prezados leitores podem escolher uma das alternativas ou, ainda, propor outras.

 

Aqui neste blog, ao contrário dos portais da grande mídia e de certos blogões nela alojados, os comentários estão democraticamente abertos. Não é necessário se cadastrar. Exige-se apenas civilidade.

 

Alternativas:

 

1)     A polícia deve descer o sarrafo, agir permanentemente com forte repressão.

2)     O Prefeito Kassab deve criar uma ONG para cuidar desses meninos com amor e ternura.

3)     A esses meninos o Estado deve fornecer crack à vontade para que morram logo.

4)     Kassab deve entregar o problema para a Fundação Travessia resolver.

5)     Kassab deve chamar Xuxu para opinar sobre a melhor solução.

6)     Kassab deve render-se ao politicamente correto e entregar a rapadura para Marta Botox.

7)     Kassab deve recriar a cracolândia num local adequado e com total segurança e assistência para os botocudos. 



Escrito por Aluizio Amorim às 01h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




NAÇÃO SEMPRE FOI BOTOCUDA

Darwin acertou: os brasileiros

são miseráveis e desprezíveis.

Após 176 anos da passagem do navio inglês HMS Beagle pelo Brasil, um grupo de pesquisadores brasileiros busca as "pegadas" deixadas no país por seu passageiro mais ilustre: o naturalista Charles Robert Darwin (1809-1882), segundo informa reportagem na Folha de São Paulo deste domingo.

 

Darwin estudava para ser clérico e teve de convencer o pai a deixá-lo embarcar no Beagle e ficar quatro anos e nove meses longe de casa. Durante a viagem, escreveu um diário e um caderno de campo em que descrevia o ambiente que via. As observações culminaram na teoria da seleção natural como mecanismo da evolução.


O diário, publicado depois no livro "A Viagem do Beagle", serviria ainda de inspiração a outro jovem naturalista, o galês Alfred Russel Wallace. Ele acabou descobrindo a seleção natural de forma independente. Os trabalhos de ambos foram apresentados à Sociedade Lineana de Londres em 1858. No ano seguinte, Darwin publicou "A Origem das Espécies", um dos livros mais importantes da história da ciência.

 

Os parágrafo acima são excertos do texto da Folha que assinantes podem ler na íntegra clicando aqui.

 

Entretanto, a parte mais interessante não está nesta matéria de abertura, mas no texto subseqüente que pinça dos diários de Darwin algumas de suas impressões sobre os brasileiros e sua cultura botocuda. Aliás, isso não constitui novidade. Consta dos diários do naturalista e já foi publicado na imprensa em outras oportunidades.

 

Mas reparem que no fechamento da matéria o seu autor, Ítalo Nogueira, trata de atenuar as críticas ácidas de Darwin a respeito do botocudismo brasileiro, ouvindo uma espécie de sentença proferida por um tal de Ildeu Moreira, do Ministério da Ciência e Tecnologia, para quem Darwin era “preconceituoso”.

 

Enquanto houver essa condescendência com a estupidez e a idiotice dos brasileiros por aquelas pessoas que deveriam combatê-la, jornalistas, professores e técnicos como Ildeu, as quais se presume que tenham um mínimo de informação, o botocudismo permanecerá incólume, entranhado profundamente na cultura brasileira.

 

É muito fácil acusar de preconceituoso um cientista que deixou um dos maiores legados científicos à humanidade e que já está morto há muito tempo. Mas aqui no meu blog essa cretinice politicamente correta não passa. Se a repulsa à estupidez é preconceito, então eu também sou preconceituoso.

 

Eis a matéria assinada por Ítalo Nogueira, que está na Folha deste domingo:

 

Se a floresta tropical brasileira provocou "deleite" em Charles Darwin, o naturalista não teceu muitos elogios aos brasileiros. "Miseráveis" e "desprezíveis" foram algumas das classificações dadas por ele durante a sua temporada no país.


Logo no início, no Rio, Darwin se queixava da burocracia para conseguir a autorização para viajar pelo interior do Estado, exigida aos estrangeiros.
No dia 6 de abril, ele escreveu:

 

"Nunca é muito agradável submeter-se à insolência de homens de escritório, mas aos brasileiros, que são tão desprezíveis mentalmente quanto são miseráveis as suas pessoas, é quase intolerável. Contudo, a perspectiva de florestas selvagens zeladas por lindas aves, macacos e preguiças, lagos, roedores e aligatores fará um naturalista lamber o pó até da sola dos pés de um brasileiro".


Durante a viagem, queixa-se da falta de opções de comida na estalagem em Maricá . "À medida que a conversa prosseguia, a situação geralmente se tornava lastimável", escreveu, queixando-se das repetidas respostas "Oh, não, senhor" após pedir peixe, sopa e carne seca. "Se tivéssemos sorte, depois de esperar umas duas horas, conseguíamos aves, arroz e farinha."


Até o Carnaval baiano o incomodou. "As ameaças consistiam em sermos cruelmente atingidos por bolas de cera cheias de água (...) Achamos muito difícil manter nossa dignidade andando pelas ruas."


Durante a viagem, Darwin relata com horror as condições a que os escravos eram submetidos. Relata o caso em que um dono de fazenda, em razão de uma briga, "estava prestes a tirar todas as mulheres e crianças da companhia dos homens e vendê-las separadamente num leilão". "Não creio que tivesse ocorrido ao proprietário a idéia de desumanidade de separar trinta famílias.

 

- Ele tinha um posicionamento preconceituoso. Apesar de ser abolicionista, ele tinha uma visão aristocrata - disse Ildeu Moreira, do Ministério da Ciência e Tecnologia.



Escrito por Aluizio Amorim às 15h41
[   ] [ envie esta mensagem ]




O EXCELENTE HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 14h45
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BLOGUEIRO ESTAVA LÁ

Sorry, leitores. Mas vejam que é justo dar um tempo para o blog

 

Ricaldinho da Ilha: uma festa

para os 282 anos de Floripa.

Nesta foto o carecão é este blogueiro, ladeado pela ordem, pelas bonitas Thais Ferreira e Carla Regina. No outro extremo o meu amigo Sérgio Rocha, diretor-proprietário da R3 Eventos e Marketing.

 

O flagra aconteceu na concorrida e famosa festa Ricaldinho da Ilha, promovida anualmente pelo meu amigo jornalista Ricardinho Machado por ocasião do aniversário de Florianópolis, que neste ano assinala seus 282 anos.

 

A festa teve lugar num espaço generoso onde estão as sedes dos clubes de regata entre as pontes Hercílio Luz e Colombo Salles, justo no estreito de mar que separa a Ilha do Continente.

 

Muita música, com bandas se revezando, comida boa à vontade – especialmente caldinhos de peixe, camarão e siri. Não faltaram ostras, produto que a Ilha já exporta para o mundo todo, além de sanduíches, canapés e outras iguarias, como generosos risotos de frutos do mar.

 

Completando tudo isso um perfeito serviço de bar com cervejas geladíssimas e até espumantes caprichados. Como abstêmio pude me servir de refrigerantes e muita água mineral geladinha para calibrar o calor de mais de 30 graus com sol a pino.

 

Providencialmente, um vento nordeste maneiro encarregou-se de refrigerar o pedaço trazendo aquele cheiro de mar típico que envolve a Ilha.

 

O serviço e a organização da festa estavam impecáveis. Parabéns Ricardinho. Uma bela festa para comemorar os 282 anos de Florianópolis que, apesar dos problemas advindos com o assédio dos forasteiros ávidos por conhecer a Ilha, ainda continua sendo uma excelente cidade.

 

Se as autoridades ficarem ligadas ainda dá tempo de salvar Florianópolis.

 

No mais, foi só alegria. Gente bonita, muita animação e cordialidade. Valeu Ricardinho. Os cumprimentos do blog a você e toda à sua equipe!



Escrito por Aluizio Amorim às 21h44
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 02h42
[   ] [ envie esta mensagem ]




BANQUETE DE ABUTRES

Chantagem como arma política.

O Brasil completamente podre.

Transcrevo abaixo, após este prólogo, a parte inicial de matéria da Veja revelando mais uma das sórdidas manobras de Lula e seus sequazes. Veja foi às bancas mais cedo em decorrência do feriadão.

 

A matéria retrata parte de um “dossiê” montado dentro do Palácio do Planalto para chantagear a oposição e que já esvaziou completamente a CPI dos Cartões Corporativos.

 

A turma do PT é assim. Justifica a sua corrupção com a suposta corrupção alheia. Mesmo sendo verdadeiras as graves denúncias desse dossiê, elas jamais poderão servir de expiação às práticas anti-éticas e imorais de Lula e seus sequazes, como não poderão, igualmente, servir de justificativa para qualquer governo, em qualquer instância estatal, que for pilhado metendo a mão no erário.

 

Trata-se de mais um escândalo de proporções inauditas. Num país sério e verdadeiramente democrático a prática da chantagem é intolerável. O governo cai inteirinho.

 

Ocorre que tudo isso que se vê acontecer com o advento da chegada do PT ao poder tem o beneplácito da maioria da população brasileira. Reafirmo o que já disse aqui várias vezes: o povo brasileiro é constituído de uma sub-espécie do gênero humano. A maioria é desonesta, oportunista e mentirosa. Por isso tolera, quando não estimula, as práticas imorais.

 

Trata-se de um povo estúpido, de cérebro simiesco, covarde, pusilânime e, sobretudo, perigoso e, portanto, capaz de cometer as piores iniqüidades, como tirar a vida do próximo numa esquina para na outra brindar o resultado do latrocínio com um lauto churrasco regado à boa cerveja gelada.

 

Eis a parte inicial da reportagem de Veja e por enquanto o link está aberto. Clique AQUI para ler tudo:

 

A CPI que investiga o uso dos cartões corporativos do governo começou a ouvir depoimentos na semana passada num falso clima de cordialidade. Comandada pelo PT e pelo PSDB, a comissão não analisou os pedidos de quebra de sigilo nem os requerimentos de convocação de ministros, mas chamou atenção pelo tom desafiador de algumas declarações de representantes do governo.

 

O ministro Jorge Hage, chefe da Controladoria-Geral da União, depois de minimizar a importância das denúncias investigadas, disse aos parlamentares que "é possível que surjam coisas mais graves do que as que já foram descobertas até agora". O quê? Ele não revelou.

 

Mais explícito, o ministro Paulo Bernardo, do Planejamento, sugeriu que a comissão se dedicasse ao exame das chamadas contas tipo B, um fundo de despesas que antecedeu a criação dos cartões. Por quê? Ele também não revelou.

 

Os dois ministros do governo Lula, na verdade, foram usados como porta-vozes de uma tentativa de intimidação. O Palácio do Planalto mandou fazer um dossiê sobre os gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso em seus últimos cinco anos de governo – e ameaça divulgá-lo para tentar constranger os oposicionistas que insistem em investigar o presidente Lula.

 

VEJA teve acesso a parte do dossiê. Elaborado com base em dados considerados sigilosos pelo próprio governo, o material reúne detalhes das despesas do ex-presidente Fernando Henrique, de sua mulher, Ruth Cardoso, e de assessores próximos nos anos de 1998, 2000 e 2001 nas chamadas contas tipo B – aquelas a que o ministro Paulo Bernardo se referiu.

 

O documento lista centenas de compras realizadas pelo gabinete do ex-presidente, desce a insignificâncias, como pagamento de gorjetas e aquisição de material de higiene pessoal, e faz insinuações potencialmente graves, se verídicas, sobre a mistura de recursos públicos com despesas de campanha eleitoral.

 

Estão também discriminados compras de bebidas, alimentos e aluguel de carros. As planilhas ainda revelam as iniciais de quatro agentes da Agência Brasileira de Inteligência (JCS, PSWR, SLCC e JCSB), seus CPFs e os valores que eles sacaram em dinheiro, 1,6 milhão de reais em 2002, usando as chamadas "despesas secretas".

 

Uma simples consulta ao site da Receita Federal permite a identificação dos agentes. Os autores do dossiê queriam mostrar que no governo passado também houve abuso nos gastos secretos.

 

É grave saber que informações de estado, algumas sigilosas por lei, estão sendo usadas para chantagear políticos de oposição. Mais grave ainda saber que a estrutura funcional do estado está sendo utilizada para montar um dossiê contra adversários – e, o que é mais espantoso, dentro do Palácio do Planalto, na vizinhança do gabinete do presidente Lula.

 

Com o início da crise dos cartões, um grupo de funcionários da Casa Civil da Presidência da República se debruçou, durante semanas, sobre uma imensa pilha de processos, notas fiscais e relatórios de viagem.

 

Oficialmente, fazia um levantamento administrativo de rotina sobre todas as despesas realizadas pelo gabinete do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Extra-oficialmente, a missão tinha outro objetivo: juntar material para ser usado, se necessário, numa operação para neutralizar a ação dos parlamentares da oposição no Congresso.

 

Milhares de transações de 1998 a 2002 foram analisadas, e separadas apenas as que continham despesas pessoais do presidente, da primeira-dama e de seus auxiliares mais próximos.

 

Todas foram selecionadas em uma planilha que identifica o número do processo, o servidor que efetuou a despesa, a empresa beneficiada, a data de execução e o número da nota fiscal referente ao desembolso. Além de listar valores, o documento descreve o serviço e o beneficiário do gasto.

 

O dossiê construído dentro do Palácio do Planalto, usado pelos assessores do presidente na CPI em tom de ameaça e vazado pelos petistas como estratégia de intimidação, contém informações consideradas sigilosas e iguais às que o governo Lula briga para manter longe dos olhos da opinião pública.

 

De um universo de gastos de 408 milhões de reais, os funcionários do Planalto pinçaram 295 transações em três anos, num total de 612.000 reais.

 

A ex-primeira-dama Ruth Cardoso é mencionada 23 vezes como beneficiária de despesas com locação de carros, hospedagem em hotéis, compra de ingressos para peças de teatro no exterior e até como ordenadora da compra de um porta-retratos, no valor de 100 dólares, para presentear um oficial da Colômbia designado para acompanhá-la durante visita ao país.

 

Gastos com vinhos importados, champanhes franceses, carnes raras e até caviar foram compilados da documentação armazenada na Presidência da República e reproduzidos no dossiê.

 

O levantamento tem o objetivo de mostrar que a equipe do presidente Lula não inovou ao usar as contas tipo B e os cartões corporativos para bancar despesas exóticas.

 

Seus autores chegam a insinuar que dinheiro público usado para a compra de garrafas de champanhe teria sido desviado para a campanha eleitoral que reelegeu FHC em 1998.



Escrito por Aluizio Amorim às 18h56
[   ] [ envie esta mensagem ]




LOUCURA SEM LIMITE

 

A maluquice chamada religião

Há alguns anos até as emissoras de rádio só tocavam músicas fúnebres e tenebrosas na sexta-feira dita da paixão pelos (argh!) religiosos. Agora mesmo, na madrugada desta sexta-feira a galera agita na balada. As rádios tocam todas as músicas e a internet está aí mandando ver.

 

Daqui a alguns anos essa história de Cristo, religião, deus e igrejas desaparecerá completamente. Isto se um asteróide de bom tamanho não colidir antes com esse planetinha miserável que nem sequer existe para o cosmo.

 

O que eu fico pasmo é ver a turba botocuda acreditando em toda essa maluquice. A maior delas é que o homem, segundo as escrituras ditas sagradas, seria a imagem e semelhança de um suposto criador do universo. Vejam só a petulância dos vermes, se é que chegam a sê-lo.

 

A cada ano repete-se toda essa ladainha que envolve a tortura de um sujeito que se dizia uma espécie de embaixador de deus na terra, ou que era a sua encarnação e que depois de morto ressucitou e subiu aos céus. Ou desceu? Ora, do ponto de vista do universo esta noção de acima e abaixo não tem qualquer sentido.

 

Toda essa história do cristianismo não passa de uma tragédia que sonega o prazer e a alegria para fundar o fanatismo. Alguém já viu alguma imagem de Cristo sorrindo? de algum santo desses que ornamenta os templos com uma cara que não seja tenebrosa e de sofrimento? ou de algum lance de bom humor permeando os textos das sagradas escrituras?

 

E, para finalizar: alguém já viu algum fanático sorrindo e contando piadas? Eles estão todos hoje, contritos, num ato simbólico sado-masoquista, torturando um infeliz e, no dia seguinte, fustigarão bonecos que representam os algozes, ou seja, eles mesmos.

 

Vade retro, bando de malucos!



Escrito por Aluizio Amorim às 03h37
[   ] [ envie esta mensagem ]




PRA DESCONTRAIR

Lula, a Rainha da Inglaterra

e uma pergunta inteligente.

Lula na Inglaterra pergunta à rainha:

- Senhora rainha, como consegue escolher tantos ministros tão maravilhosos?

Sua Majestade responde:

- Eu apenas faço uma pergunta inteligente. Se a pessoa souber responder ela é capacitada a ser ministro. Vou lhe dar um exemplo. A rainha manda chamar Tony Blair e pergunta:

- Mr. Blair, seu pai e sua mãe têm um bebê. Ele não é seu irmão nem sua irmã. Quem é ele?

Tony Blair responde:

- Majestade, esse bebê sou eu.

Ela vira pra Lula:

- Viu só? Mereceu ser ministro.

Lula maravilhado volta ao Brasil. Chama a ministra Dilma Roussef e lasca a pergunta:

- Companheira Dilma, seu pai e sua mãe têm um bebê. Ele não é seu irmão nem sua irmã. Quem ele é?

A ministra responde:

- Senhor presidente, vou consultar nossos assessores e a base aliada e lhe trago a resposta.

Vai então e cobra a resposta. Ninguém sabe. Aconselham perguntar ao ex-presidente FHC, que é muito inteligente.

Dilma liga pra FHC:

- Fernando Henrique, aqui é a Dilma Roussef. Tenho uma pergunta pra você: se seu pai e sua mãe têm um bebê e esse bebê não é seu irmão nem sua irmã, quem é esse bebê?

O ex-presidente responde imediatamente:

- Ora senhora ministra, é lógico que esse bebê sou eu!

A ministra vai correndo levar a resposta:

- Sr. Presidente, se meu pai e minha mãe têm um bebê e esse bebê não é meu irmão nem minha irmã, é lógico que ele só pode ser o Fernando Henrique Cardoso.

Lula dá seu sorrisinho sabido e diz:

- Te peguei, companheira Dilma. Sua resposta está completamente errada... o bebê é o Tony Blair!  

(Contribuição do meu amigo e leitor do blog Edson Goeldner. Valeu Edson!)



Escrito por Aluizio Amorim às 12h43
[   ] [ envie esta mensagem ]




SEXO & POLÍTICA

Bush ia ser malhado pela mídia.

Mas Ashley segurou a onda.

Ashley Alexandra Dupre, a garota que derrubou o governador de Nova York, Eliot Spitzer, foi derrubada nesta quarta-feira (19) por um vídeo que ela mesma gravou em 2003. O site "Girls gone wild", que pode ser traduzido como garotas que caíram na gandaia, ofereceu US$ 1 milhão para que Ashley posasse nua.

 

Entretanto, o site exigia o ineditismo. Antes de fechar o contrato a empresa fez uma busca e descobriu nos seus próprios arquivos fotos e vídeos de Ashley, com 18 anos de idade, tirando a roupa para uma animada galera numa espécie de festinha de índio, como mostra o vídeo acima. Eita, menina danada!

 

Além de ter derrubado o governador de Nova York, com quem teve um affaire, Ashley ainda detonou nesta quarta-feira as manchetes que já estavam preparadas, evocando os cinco anos da guerra no Iraque e o baque do mercado financeiro. O judas seria o presidente Bush.

 

Sexo, ainda misturado com política, é nitroglicerina pura. Os democratas de Obama e a redação botocuda do New York Times, que desejavam espinafrar o presidente George W. Bush, devem ter ficado desapontados. Aliás, o site do Estadão passou o dia inteiro ilustrando a área das manchetes com um desenho mostrando Bush feito o satanás segurando um tridente.

 

Sabe como é. Jornalista botocudo sempre foi a favor de Saddam e da Al Qaeda, bem como de todos os terroristas. Basta ser terrorista para ganhar o status de vítima do maldito sistema capitalista.

 

Mas a providencial devassa daquilo que seria um segredo de alcova estragou os planos dos politicamente corretos. É o paradoxo das conseqüências.

 

Ashley continuou sob os holofotes da mídia internacional. É isso aí! Manda ver Ashley! Quebra tudo!  



Escrito por Aluizio Amorim às 01h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




O EXCELENTE HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA!




Escrito por Aluizio Amorim às 01h45
[   ] [ envie esta mensagem ]




CARTÕES CORPORATIVOS

E o ministro da CGU vê apenas

uma “escandalização do nada”

O ministro da Controladoria-Geral da União (CGU), Jorge Hage, classificou como um falso escândalo as denúncias de irregularidades no uso dos cartões corporativos. Ele presta depoimento na CPI mista dos Cartões na manhã desta quarta-feira (18).

 

Em depoimento à CPI, Hage classificou como um falso escândalo as denúncias de irregularidades no uso dos cartões corporativos. (Leia mais).

 

MEU COMENTÁRIO: incrível como o responsável por um órgão destinado a coibir e controlar o uso e abuso do dinheiro público se transforme num áulico do governo petralha, no seu advogado de defesa.

 

Ora, o que se sabe é que a titular de um Ministério caiu em virtude do escândalo. E mesmo que fosse o gasto de um tostão dos cofres públicos aí estaria configurado um ato ilícito.

 

Neste caso o Ministro Jorge Hage, ao negar a existência desse escândalo concorre para encobri-lo, fato que o transforma em cúmplice. A prevalecer as afirmações de Hage como verdade significa que estamos vivendo num país sem lei.

 

SERVIÇO COMPLETO: e Jorge Hage foi mais longe. Prestou serviço completo ao afirmar à CPI que a repercussão dada à compra de uma tapioca com cartão corporativo é preconceito contra o Nordeste.

 

Mais subserviência ao petismo é impossível.



Escrito por Aluizio Amorim às 11h45
[   ] [ envie esta mensagem ]




TERRORISTAS DAS FARC AGIAM NA COSTA RICA

Na casa do filósofo estavam

escondidos 480 mil dólares

A presença dos terroristas das FARC na Costa Rica já não é mais uma suspeita, diz hoje o jornal espanhol El País.

 

O laptop e uma caderneta de anotações pertencentes ao terrorista Raúl Reyes, abatido recentemente pelas forças de segurança colombianas, revelaram o endereço da casa de um filósofo esquerdista aposentado na Costa Rica onde foi encontrado um pacotão com 480 mil dólares, guardados há mais de cinco anos e destinados a deflagrar um suposto plano de propaganda do bando terrorista naquele país centro-americano. (Leia mais).



Escrito por Aluizio Amorim às 11h21
[   ] [ envie esta mensagem ]




COISA DO NOSSO CÉREBRO



Escrito por Aluizio Amorim às 03h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




UM CÉREBRO COMO POUCOS

E lá se foi o genial e criativo

Sir Arthur Clarke aos 90 anos

O renomado visionário e escritor de ficção científica Arthur C. Clarke, que publicou mais de cem livros sobre o espaço, a ciência e o futuro, morreu aos 90 anos, por volta das 17 horas desta terça-feira, 18, em sua casa no Sri Lanka. Ele é autor do clássico 2001: Uma Odisséia no Espaço, cuja adaptação para o cinema por Stanley Kubrick é considerada ícone e figura entre os melhores filmes da história.

No longa de 1968, o célebre supercomputador HAL 9000 e a cena dos macacos lutando com ossos se tornaram referências na cultura científica e base para as análises da corrida espacial vivida no período da Guerra Fria, após a Segunda Guerra Mundial (assista ao trailer aqui).

 

Clarke sofria de problemas respiratórios e lutava contra a síndrome de pós-pólio desde 1960. Às vezes, precisava do auxílio de uma cadeira de rodas. Movido por sua paixão por mergulho, o escritor se mudou para o Sri Lanka em 1956. Clarke dizia que quando mergulhava, ele se sentia leve, como no espaço. "Sou perfeitamente operacional quando estou submerso", ele declarou.

 

A morte foi anunciada por seu assessor, Rohan De Silva. "Ele teve um ataque cardiorrespiratório", disse o secretário pessoal nesta quarta-feira (horário local).

 

Para celebrar sua "90ª órbita do sol", em dezembro, o autor e teorista fez três desejos: que os ETs me chamem, que o homem abandone seu hábito petroleiro e que o Sri Lanka encontre a paz. (Leia mais sobre o genial Arthur C. Clarke).



Escrito por Aluizio Amorim às 00h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ EM DOSE DUPLA




Escrito por Aluizio Amorim às 00h01
[   ] [ envie esta mensagem ]




UMA ÓTIMA NOTÍCIA

As Damas de Branco protestaram em Havana contra a repressão

Liberdade em Cuba começa

com as mudanças na mídia

Do jeito que as coisas estão acontecendo em Cuba não será surpresa se a imprensa oficialista representada pelo diário Granma não supere qualquer dia a grande mídia brasileira, repleta de jornalistas botocudos que mantêm o pé fincado nos anos da guerra fria.

 

Com o charuto apagado e fedendo a xepa de cinzeiro, os ventos da liberdade começam a bafejar a ilhota comunista. A grande novidade é que o Granma duplicará suas páginas e começará a publicar notícias negativas sobre Cuba.

 

Sim, é isto mesmo. Em Cuba, como convém a todo regime tirânico, existem “notícias negativas”, embora do ponto de vista jornalístico isto não faça qualquer sentido. Notícias são notícias independente de seu conteúdo. Normalmente as notícias são a exceção, o excepcional, o inaudito. Sejam elas positivas ou negativas.

 

A novidade foi abre de página do jornal de forma muito explícita: “A partir de hoje, 14 de março, Dia da Imprensa Cubana, o Granma circulará às sextas-feiras com 16 páginas, como parte dos esforços para levar a informação ao povo e a qualidade de nosso trabalho”.

 

Vejam só. Em Cuba o comunismo bolorento começa a se render à liberdade. Aquí no Brasil, ao contrário, a liberdade vai cedendo à tirania por conta da criação de uma televisão estatal, enquanto nas redações jornalistas idiotas transformam os jornais em diários oficiais do petismo.

 

Reparem que já está até mesmo se iniciando movimentos libertários, com este das Damas de Branco, que protestam contra a odiosa repressão do regime implantado pelo caudilho comuno-fascista.

 

Adelante, cubanos!

 

Eis aí uma matéria interessante para ser comemorada pela Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ), pelos sindicatos a ela filiados e pelos sites como FNDC – Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação. Afinal, o que está havendo em Cuba é ou não é a democratização da comunicação?

 

Digam aí, petralhas!

(Foto do jornal espanhol Público)



Escrito por Aluizio Amorim às 14h09
[   ] [ envie esta mensagem ]




CONVENÇÃO BOTOCUDA

Briga de foice (e martelo) no

no escuro envolve PT gaúcho

Em uma prévia eletrizante cujo resultado só saiu perto da meia-noite deste domingo, a deputada federal Maria do Rosário (PT) foi escolhida candidata do partido à prefeitura de Porto Alegre. Ela bateu o ex-vice-governador Miguel Rossetto com diferença de 56 votos em um universo de 4.379 votantes. Foi tão disputado, voto a voto, que em alguns momentos da contagem militantes de ambos os lados quase se tapearam.

 

É o que informa o site do jornalista Diego Casagrande, cujo banner-link permanente está na coluna ao lado. Ou clique AQUI para ler diretamente o post sobre a agitada disputa dos petralhas gaúchos para escolher a sua candidata.

 

Diego informa que, pelo menos, essa tal de Maria do Rosário vez por outra mostra os dentes no bom sentido, ou seja, é capaz de sorrir. Coisa absolutamente rara no carrancudo mundo dos fanáticos.



Escrito por Aluizio Amorim às 00h36
[   ] [ envie esta mensagem ]




EXCESSO BOTOCUDO NO PROCESSO DE NACIONALIZAÇÃO

O Partido Nazista em Blumenau era atuante e bem organizado

Documentário mostrará outro

lado da repressão aos nazistas

A minha amiga e competente jornalista Néri Pedroso acaba de criar uma empresa de assessoria em comunicação e me enviou uma interessante matéria sobre um documentário que será rodado em Blumenau, que segue após este prólogo. Conterá depoimentos de alemães e seus descendentes a respeito do processo de nacionalização levado a efeito pelas autoridades brasileiras na época da Segunda Guerra Mundial.

 

A iniciativa do Brasil, sob a ditadura de Getúlio Vargas, aconteceu depois que o Brasil largou a macaquice nazista e resolveu cuidar dos imigrantes que formaram verdadeiros quistos raciais aqui em Santa Catarina. Entretanto, tudo “neste país” é feito de afogadilho e, no caso do processo de nacionalização foram cometidos sérios abusos contra os alemães e seus descendentes perpetrados pela horda botocuda fanática que fugia ao controle policial.

 

Claro que o nazismo tinha de ser combatido. Mas a maioria dos alemães e seus descendentes não obedecia às ordens do Führer.

 

Deve-se salientar que se não fosse a colonização alemã Santa Catarina não teria hoje essa economia progressista. Deve-se tudo à colonização alemã, embora a italiana também tenha dado a sua contribuição. Mas a industrialização de Santa Catarina foi feita pelos imigrantes alemães. Blumenau, por exemplo, continua sendo a melhor cidade do Brasil. Não tenham nenhuma dúvida disso.

 

Este também é o assunto que abordo em meu livro “Nazismo em Santa Catarina” (editora Insular, 2000) cuja capa-link se encontra mais abaixo na coluna ao lado. A edição está esgotada e estou atrás de uma editora para fazer uma segunda edição, já que há permanente demanda pelo livro.

 

Vamos então à matéria deste documentário:

 

Kátia Klock e sua equipe de produção começaram no início deste mês, em Blumenau, o documentário "Sem Palavras", um dos vencedores do Edital Cinemateca 2007, programa de incentivo a projetos de audiovisual da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

 

O medo e o silêncio estão no foco temático desta diretora e roteirista que pretende resgatar acontecimentos excluídos da história oficial brasileira.

 

O término da Segunda Guerra Mundial, em 1945, deixou mais do que o maior número de vítimas de toda a história da humanidade, cerca de 60 milhões de pessoas mortas entre civis e soldados. Ao se integrar ao Aliados em 1943, o governo de Getúlio Vargas deixou marcas invisíveis, mas não menos dolorosas. Em nome de um sentimento nacionalista, o alemão tornou-se, por exemplo, uma língua proibida.

 

A Campanha de Nacionalização do Estado Novo causou danos até hoje irrecuperáveis. Pouco se fala sobre o que ocorria no Brasil naqueles anos. A intenção é retratar esse período sob a ótica da memória e das vivências femininas de descendentes de imigrantes alemães e seus familiares.

 

Com um olhar plenamente mergulhado na contemporaneidade, que mescla memória, história, cultura e identidade, Kátia Klock mexe em sentimentos para costurar o seu novo documentário. A partir de revelações e lembranças pessoais, o objetivo é construir narrativas orais e dados históricos para estimular reflexões sobre o passado e o presente. Com 50 minutos, a produção é da Contraponto.

 

"Investigo histórias vividas por descendentes de alemães no Estado, quando foram proibidos de falar outra língua em território nacional que não fosse o português. Nesta época existiram dois campos de concentração em Santa Catarina para onde eram levados alemães e descendentes sob suspeita aos olhos dos generais brasileiros.

 

A perseguição marcou muitas famílias", conta Kátia, que, em Blumenau, entrevista pessoas que irão contribuir com suas memórias e histórias que envolvam política, cultura, educação, família e pátria.

 

A brusquense Kátia Klock é diretora e roteirista de documentários e programas de televisão. Desde 1996 dedica-se à produção independente. Dirigiu mais de 30 documentário exibidos em TVs educativas nacionais e internacionais. Como jornalista foi repórter e editora de telejornais na RBS TV (SC), na TV Bandeirantes (SP). Na revista de arte e cultura, Cartaz, atuou como editora, cargo que deixou em fevereiro de 2008 para poder se dedicar plenamente aos projetos de audiovisual.

 

Aproveito a oportunidade para enviar o meu abraço à querida amiga Néri Pedroso, desejando que sua empresa tenha muito sucesso. E aproveito também para recomendar a assessoria de comunicação que Néri está oferecendo ao mercado.

 

(Foto do meu arquivo particular em reprodução de álbum da PM/SC pelo fotógrafo Lourival Bento).



Escrito por Aluizio Amorim às 15h33
[   ] [ envie esta mensagem ]




A IDIOTICE DO ANTIAMERICANISMO

Bush, acolha bons brazucas e

e mande fogo nos botocudos.

Há pouco vi um blog de uma tal de Patrícia Campos Melo, correspondente do Estadão nos Estados Unidos, caindo de pau nos norte-americanos. Ela vive lá, estudou numa universidade americana e acaba de sair atirando, acusando os americanos de xenofobia contra os imigrantes brasileiros.

 

Registro aqui no blog, diariamente, dezenas de visitantes dos EUA. Claro, são brasileiros que lá vivem. Muitos comentam aqui no blog. Vê-se que são pessoas sérias, honestas, têm acesso à rede e são bem informadas. Duvido que esse tipo de brasileiro que lá está sofre algum tipo de perseguição. Ou será que a tal Patrícia do Estadão também está sendo perseguida?

 

Mas se sabe também que o mundo inteiro deseja ir para os Estados Unidos. Para lá rumam não só os bons e honestos, mas também terroristas vagabundos como a finalidade de seqüestrar aviões e matar milhares de inocentes como fizeram no 11 de setembro.

 

Ora, o governo americano tem o dever de cuidar de sua população. Nenhum país sério e organizado tolera imigrantes ilegais.

 

No post em que a tal Patrícia desanca os Estados Unidos, há um comentário curto e grosso de um internauta. Ele afirma:

 

“Quando o império americano cair (como vocês esperam) e os chineses assassinos de monges assumirem, lembrem-se que vocês nao poderão nem mesmo "blogar" . Vão falar: "que saudade eu tenho dos gringos".

 

Foi ao ponto. O resto é conversa mole de antiamericanismo barato e idiota.

 

É isso aí, presidente Bush. Acolha os bons imigrantes e mande fogo nos botocudos! Fogo neles!



Escrito por Aluizio Amorim às 11h43
[   ] [ envie esta mensagem ]




IDIOTICE SEM LIMITES

Patrulha tolera sempre os

bêbados e os maconheiros

Está certo que o fumo e o álcool são duas drogas nocivas ao organismo. Mas a maior implicância dos estúpidos refere-se ao cigarro. É moda patrulhar.

 

Ninguém se incomoda com os alcoólatras contumazes e com aqueles esporádicos que costumam assassinar pessoas nas estradas nos finais de semana. Estatísticas mostram que acidentes com veículos decorrem, na maioria das vezes, por haver o motorista ingerido bebida alcoólica.

 

Não há também patrulha com referência à maconha e outros entorpecentes que rolam à farta por aí. Todos sabem e se escondem na hipocrisia. Há toda uma economia marginal que movimenta bilhões de dólares com base no tráfico de entorpecentes. E todos os dias morrem centenas de pessoas, especialmente jovens, por causa do maldito tráfico de drogas.

 

Nos morros do Rio de Janeiro, por exemplo, as comunidades odeiam a polícia e afagam os chefes do tráfico. E nisto contam com a ação da mídia e esse bando de jornalistas cretinos e idiotas que ajuda a denegrir os policiais. Suponho que sejam também, eles, os consumidores de entorpecentes.

 

Na semana passada saiu primeiro uma matéria nos jornais calculando os prejuízos causados pelo fumo. Não em referência aos fumantes, mas no que concerne às despesas da área da saúde com os eventuais doentes em função do tabagismo.

 

Com referência à deletéria ingestão de bebidas alcoólicas, nem um pio. Agora os cretinos do Ministério da Saúde estão defendendo o aumento exagerado no preço do cigarro como forma de combater o consumo. Ora, trata-se de uma idiotice fantástica.

 

Os fabricantes clandestinos do Paraguai já devem estar esfregando as mãos de contentes. O contrabando do cigarro, que já existe de forma escancarada, deverá ser turbinado.

 

Ademais, essa história de patrulhar fumantes não deixa de ser hipócrita por parte do Ministério da Saúde. Duvido que quando o Ministério promove um coquetel por algum motivo não sirva aos convivas generosas doses de bebidas alcoólicas. Diga-se o mesmo com referência a todos os órgãos estatais, com destaque para o Palácio do Planalto.

 

Num país cujas cidades não dispõem de esgoto com tratamento, quando a população é molestada pela dengue e a febre amarela, implicar com os fumantes não deixa de ser uma coisa completamente idiota.

 

Ainda mais querer majorar o preço do produto como forma de coibir o seu uso. Está aí uma medida que irá apenas aumentar o contrabando e os fumantes acabarão optando pela compra de cigarros feitos sabe-se lá em que condições. 

 

Embora seja fumante e saiba dos prejuízos que pode me causar o fumo sou, evidentemente, favorável a campanhas contra o tabagismo. Mas convenhamos, essa medida proposta pelo Ministério da Saúde é inaceitável.

 

Os jornais de hoje estão noticiando que a Receita Federal já se posicionou contra a majoração via aumento do imposto que na atualidade já é alcança a totalidade do preço do produto no varejo.

 

Se o Temporão está com o prestígio em baixa que vá realizar coisas importantes, como quebrar patentes de medicamentos como fez o Serra enquanto era Ministro da Saúde. Não que ache o Serra flor que se cheire, mas pelo menos atacou um problema fundamental e contribuiu para diminuir drasticamente o preço dos remédios.



Escrito por Aluizio Amorim às 11h12
[   ] [ envie esta mensagem ]




O BOM HUMOR DO SPONHOLZ



Escrito por Aluizio Amorim às 10h17
[   ] [ envie esta mensagem ]




ARTIGO

Poder e sexo

 

Nilson Borges Filho (*)

 

Alguns tempos atrás, por volta dos anos 80, surgia um novo fenômeno na política norte-americana, que vivia ainda em luto pelos assassinatos dos irmãos Kennedy. Jovem e charmoso para os padrões da mídia internacional, o pré-candidato à presidência dos Estados Unidos, senador Gary Hart, foi alçado à categoria daquelas pessoas que, de uma hora para outra, se transformam no queridinho de colunistas sociais e de editores de revistas de comportamento.

 

O menos que diziam sobre Gary Hart era que um outro Kennedy estava apontando na política da América e que resgataria, entre outras coisas, o glamour do período em que John, Robert e Jackeline Kennedy circulavam pelos principais salões da política e do jet-set.

 

A carreira política de Gary Hart teve vida curta, após ser flagrado sob os lençóis de uma bela jovem, com quem mantinha um romance clandestino. Abatido em pleno vôo, Gary Hart, saiu da vida pública com a mesma rapidez com que apareceu para a política.

 

 Nas últimas semanas quem ocupa as páginas dos principais jornais e revistas do mundo afora é o governador de Nova York, Eliot Spitzer, envolvido com uma rede de prostituição, que oferecia garotas pela bagatela de U$ 4.800 por hora de serviços prestados.

 

Não consigo imaginar o que uma moça dessas faz para valer tanto! A denúncia partiu do jornal  The New York Times, na edição de uma segunda-feira morna em questões políticas, não fosse pela disputa entre os senadores Obama e Hilary Clinton, nas primárias do Partido Democrata.

 

Spitzer chegou ao governo de Nova York após passar pela Promotoria do Estado, onde combateu com mão de ferro a corrupção e os maus costumes, inclusive sexuais. No governo apelou para a mesma política de limpeza moral, não estivesse Spitzer comprometido com prostitutas de luxo, cujos favores recebia em hotéis cinco estrelas, nas cidades de Nova York e Washington.

 

O curioso dessa história é que o governador foi pego por acaso, pois a investigação que estava em curso envolvia transações financeiras suspeitas, ou segundo a Receita Federal dos Estados Unidos, transações incomuns por gente comum.

 

Foi numa dessas que apareceu o Cliente 9 que, para despistar dos olhos da patroa o papel de garanhão, se utilizou dessas transações como quem estivesse querendo esconder a finalidade do dinheiro. A Receita acionou o FBI, que chegou ao nome do governador Eliot Spitzer, que os levou a uma rede de prostituição de luxo. A ética protestante prevaleceu, forçando a renúncia do paladino da moral e dos bons costumes.

 

Clinton se safou porque não pegou prostitutas (moralmente desaconselhável), mas uma estagiária da Casa Branca (moralmente desculpável). Spitzer (bobão) pagou para obter os serviços sexuais (o espírito do capitalismo), Clinton (espertalhão) obteve esses mesmos favores gratuitamente e ainda provou, no processo de investigação movido contra ele, que sexo oral não pode ser considerado como se fosse uma relação sexual, uma vez que tecnicamente não houve contato físico, tampouco penetração.

 

Em 2007, o Brasil acompanhou o “calvário” do senador Renan Calheiros, que perdeu o cargo de presidente do Congresso Nacional não por causa da sua relação com a “gestante”, mas por ter utilizado um lobista para pagar suas contas pessoais e pelo espetáculo do crescimento do seu patrimônio.

 

Melhor são os franceses, para quem a vida privada do político não é do interesse público.

 

Nilson Borges Filho é doutor em direito, professor e colaborador deste blog.



Escrito por Aluizio Amorim às 10h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




LISTA DE SCHINDLER

Ludwik Kuczer, judeu salvo por Oskar Schindler, fica emocionado.

Sobreviventes do Holocausto

lembram fim do gueto maldito

Centenas de judeus lembraram neste domingo o 65o aniversário da destruição do gueto de Cracóvia com uma passeata comemorando o empresário alemão cujos esforços salvaram judeus do Holocausto.

Cerca de 700 judeus da Polônia, Israel e outros países participaram da marcha no percurso do local onde ficava o gueto até onde se localizava um campo de concentração no subúrbio de Plaszóvia, do qual muitos prisioneiros foram contratados por Oskar Schindler.

"Schindler era polêmico, talvez até um pouco louco, mas foi um dos únicos alemães que fizeram tal coisa", afirmou Jan Dresner, 86, que é de Tel Aviv. Ele foi uma das 30 pessoas presentes na passeata que foram salvas pelo empresário.

"Esta é a minha primeira viagem à Cracóvia desde então, pois eu tinha medo dessas memórias. Mas eu senti que era minha obrigação vir com a minha esposa e filha para falar sobre isso", acrescentou.

Schindler, que ficou famoso pelo filme "A Lista de Schindler", dirigido por Steven Spielberg em 1993, usou sua influência com seus amigos nazistas, propinas e documentos falsificados para salvar mais de mil judeus poloneses.

Após os alemães terem decidido matar os moradores do gueto em março de 1943, atirando naqueles que ainda resistiam no local, eles levaram os sobreviventes para o campo de Plaszóvia.

"Eu vi o gueto sendo dizimado. Eu vi centenas de corpos espalhados por todos os lados. Foi um cataclismo total", afirmou o norte-americano Edward Mosberg, que já ultrapassou a barreira dos 80 anos.

Niusia Horowitz-Karakulska, da Cracóvia, tinha apenas sete anos quando todo o gueto foi exterminado, mas ela e 15 membros de sua família devem sua sobrevivência ao empresário alemão.

"Schindler era uma pessoa amorosa e magnífica que tinha muitos problemas, mas sentiu que vidas humanas deveriam ser salvas", relatou ela à Reuters. Karakulska tem hoje 72 anos de idade.


A Polônia, que foi invadida pela Alemanha nazista e pela Rússia no começo da Segunda Guerra Mundial, em setembro de 1939, perdeu seis milhões de cidadãos na guerra, metade deles judeus.

Até 1,5 milhão de pessoas morreram no famigerado campo de extermínio nazista de Auschwitz, localizado cerca de 40 quilômetros a oeste de Cracóvia
. (Matéria do site do Estadão e foto do site UOL).

 

MEU COMENTÁRIO: lembrar o Holocausto do qual foram vítimas os judeus e repudiar o nazismo são deveres de todos os democratas. Como já declinei em outras oportunidades, embora não seja judeu, defendo o Estado de Israel e todos os judeus espalhados pelo mundo. 

 

Comentários revisionistas serão deletados.

 

SALVE ISRAEL! SALVE O POVO JUDEU !



Escrito por Aluizio Amorim às 23h41
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]




Click for Florianopolis, Brazil Forecast

Ateus.net – O Portal do Ateísmo

OBRIGADO PELA VISITA. VOLTE SEMPRE!


""""

>E-MAIL DO BLOG

COMENTE! DIGA O QUE VOCÊ PENSA!

 



Meu perfil
BRASIL, Sul, FLORIANOPOLIS, Homem, English, Spanish, Política, Música, livros

HISTÓRICO & ARQUIVOS
  16/04/2008 a 30/04/2008
  01/04/2008 a 15/04/2008
  16/03/2008 a 31/03/2008
  01/03/2008 a 15/03/2008
  16/02/2008 a 29/02/2008
  01/02/2008 a 15/02/2008
  16/01/2008 a 31/01/2008
  01/01/2008 a 15/01/2008
  16/12/2007 a 31/12/2007
  01/12/2007 a 15/12/2007
  16/11/2007 a 30/11/2007
  01/11/2007 a 15/11/2007
  16/10/2007 a 31/10/2007
  01/10/2007 a 15/10/2007
  16/09/2007 a 30/09/2007
  01/09/2007 a 15/09/2007
  16/08/2007 a 31/08/2007
  01/08/2007 a 15/08/2007
  16/07/2007 a 31/07/2007
  01/07/2007 a 15/07/2007
  16/06/2007 a 30/06/2007
  01/06/2007 a 15/06/2007
  16/05/2007 a 31/05/2007
  01/05/2007 a 15/05/2007
  16/04/2007 a 30/04/2007
  01/04/2007 a 15/04/2007
  16/03/2007 a 31/03/2007
  01/03/2007 a 15/03/2007
  16/02/2007 a 28/02/2007
  01/02/2007 a 15/02/2007
  16/01/2007 a 31/01/2007
  01/01/2007 a 15/01/2007
  16/12/2006 a 31/12/2006
  01/12/2006 a 15/12/2006
  16/11/2006 a 30/11/2006
  01/11/2006 a 15/11/2006
  16/10/2006 a 31/10/2006
  01/10/2006 a 15/10/2006
  16/09/2006 a 30/09/2006
  01/09/2006 a 15/09/2006
  16/08/2006 a 31/08/2006
  01/08/2006 a 15/08/2006
  16/07/2006 a 31/07/2006
  01/07/2006 a 15/07/2006
  16/06/2006 a 30/06/2006
  01/06/2006 a 15/06/2006
  16/05/2006 a 31/05/2006
  01/05/2006 a 15/05/2006
  16/04/2006 a 30/04/2006
  01/04/2006 a 15/04/2006
  16/03/2006 a 31/03/2006
  01/03/2006 a 15/03/2006
  16/02/2006 a 28/02/2006
  01/02/2006 a 15/02/2006
  16/01/2006 a 31/01/2006
  01/01/2006 a 15/01/2006
  16/12/2005 a 31/12/2005
  01/12/2005 a 15/12/2005
  16/11/2005 a 30/11/2005
  01/11/2005 a 15/11/2005
  16/10/2005 a 31/10/2005
  01/10/2005 a 15/10/2005
  16/09/2005 a 30/09/2005


TROCA-LINKS
  ABKnet
  A Marvada Pinga
  Aparte (Passarim)
  arkimedes
  Flanela Paulistana
  Blog Cultural Textos & Contextos
  Blog da Magui
  Stefano di Pastena - jóias com arte
  Blog do Reinaldo Azevedo
  Blog do Tambosi
  Bonassoli
  Camarada Arcanjo
  Carl Amorim
  Coturno Noturno
  Código Aberto
  Amigos de Bike
  Crítica (Visite, vale a pena)
  Da Indignação à Ação
  Deutsche Welle Brasil
  Dom Quixote
  Escrevinhações
  Elaine Borges
  Esquadrinhando
  Ex-petista
  Freeman
  Ação Humana
  Geosapiens (Portugal)
  Guanta Lamera!!!
  Gusta
  Jorge Nobre
  Jus sperniandi
  Loja de idéias (Portugal)
  MaGenCo
  Minuto Político
  Nariz Gelado
  Novas (Vera)
  Outras Letras
  Pau da Barraca
  Pérolas
  ph ácido
  Polyphrenia
  Política para Políticos
  "...por isso não provoque"
  Postura Ativa (Stella)
  Projeto Ockham
  República
  Resistência
  Rua da judiaria (EUA/Portugal)
  Serjão comenta do céu
  Shirlei Horta
  SikSite
  Soube?
  Sponholz
  The Beatles Brasil (tudo sobre a banda)
  Tunico
  União e Ação
  Ultraperiférico (de Portugal)
  Clássicos do cinema
  The Coffee Traveler (Para quem é aficcionado em café)
  Edgar Nascimento (músico amigo) - site com informações e crítica musical
  Monitor das fraudes
  Holocausto-shoah.
  Libellus (By Ana Brambilla)
  Blog do Nathal (análise de mercado, bolsas, etc...)
  Praça darmas
  Pensadores brasileiros
  Fodcast do Persegonha
  Malditos patos
Votação
  Dê uma nota para meu blog


Leia este blog no seu celular

Locations of visitors to this page

Diretorio 100% brasileiro



Subscribe with Bloglines

blogaqui?

Você aprova o governo Lula?
Não
Sim
Votar
resultado parcial...

eXTReMe Tracker

www.g1.com.br


My blog is worth $31,049.70.
How much is your blog worth?